Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A GRÁVIDA QUE CAGOU NO MEU PAU

Click to this video!

Sou conhecido como o Jardineiro-Shameless. Sou de Sampa.

Adoro uma aventura com mulheres casadas, coroas, mães carentes, e, inclusive, com mulheres grávidas. Curto muito sexo anal, principalmente, com as cagonas e mijonas. Já fiz três mulheres cagarem no meu pau. Adoro ter no meu pau o cheiro da dona. Também curto chuva dourada.

Mas, vamos ao fato !!!

Em dezembro, minha vizinha Dona Dalva que estava grávida de 6 meses, me contratou para fazer o seu jardim.

Ela preferiu marcar para um sábado que estaria sázinha em casa, pois com o marido e seus filhos viajando, ninguém nos atrapalharia. Achei magnífico, pois eu tinha muito tesão por ela. A Dona Dalva, 35 anos, é loira, olhos verdes, linda !!! Eu fiquei sá fantasiando se rolaria alguma coisa. E, rolou !!! Assim que, cheguei lá, a Dona Dalva começou a conversar e foi bem direta no assunto. Disse-me que, há tempos, percebia o meu olhar de tarado pro lado dela. Perguntou-me se estava correta em suas conclusões. Mesmo arriscando a perder a sua amizade, e também, aquele serviço, resolví encarar a situação. Respondí que era apenas a uma fantasia. Aproveitei e me aproximei dela. Por impulso ao tesão da conversa, agarrei-a pela cintura e beijei-a na boca. A safada não sá permitiu, como enroscou a sua língua na minha. Em instante, estávamos pelados na sua cama de casal. Fizémos um torturante 69. Fiz a Dona Dalva gozar três vezes na minha boca. Depois, coloquei-a de joelhos na minha frente e falei que antes, iria gozar na boca dela, pois eu pretendia demorar o máximo possível no sexo anal. Estando um pouco aliviado, com certeza, eu conseguiria retardar a ejaculação e ficaria um tempão enrabando-a. A Dona Dalva entendeu o recado. Obediente, ela abocanhou o meu pau e mamou carinhosamente. Levando-me à loucura. Gozei intensamente, enchendo-lhe a boca de porra. Ela engoliu tudo, até a última gota. Sem dar tempo para relaxar, ainda de pau duro, coloquei ela de quatro em cima da cama. Cuspi em seu ânus e no meu pau. Assim que escostei a cabeçona roxa do meu pausão naquele orifício anal marron, a Dona Dalva chegou a peidar de tanto tesão. Fui forçando aos poucos, até enterrar a minha tora naquele cú piscante. Ela apertava o seu anelzinho em torno do meu pau. Apertava, soltava, apertava, soltava. Aquela grávida cagava o meu pau prá fora e eu tornava a enfiar. Enquanto enrabava ela, fui dedilhando a sua vagina. A Dona Dalva chegou a mijar na minha mão e eu começava a soltar aos poucos o meu esperma. Não aguentando mais, gozei fartamente dentro daquele rabo guloso. O meu pau saiu com fezes dela. Depois daquele dia, transamos outras vezes. Se alguma madame querer me contratar para fazer o jardim é sá me procurar. E-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha esposa mostra a buceta para meu padeiroso p****** do metrô mulher relata conto eróticopeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticochupou pau de flanelinha dentro do carrocontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primacontos com fotos flagrei meu marido com a viúva do vizinhoContos eroticos engravideicontos eroticos meu avô me obrigou a chupar eleContos.eroticos..de.incesto.no.dia.decasarbatendo uma punhenta para o marido sem calcinhaminha esposa e sua namoradinha contomenininha contos eroticosesfrega conto heroticocontos eróticos sendo tratado como mulherencostou o cotuvelo no meu peito fiquei loca conto eroticocontos eroticos eu gravida com vontade.di fufercontos meu chefe me comeu e minha filhaMinha esposa arregaçadasConto ui ui mete paizinhoAcordei com o cuzinho cheio de porra contoscontos eróticos de velhas crentes donas de casacarnavaldeputariascontos eróticos trai meu marido numa rapidinhacontos eroticos de casais realizando fantasia com comedoramiga coloca a cabeça dela ensima da xana delacontos eróticos namorada outravedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhafoda louca na empregada até o orgasmoconto erotico minha prima dedando meu pruquito a noitecontos eroticos de prima puta safada e com um rabo de puta que foi fazer uma visitinha pra tiaconto erotico arrombei o travesti do baile funkmarido prende a nulher com algema e negro arromba sua xanacontos de sentadinha com o cuzinhohistoria comendo eguaso rendudo socando ni bundao enormecontos eróticos meu filhocontos eroticos gay vadiaConto de puta metendo com todos no posto de gasolinapornodoido transando com mulher peituda e fim de noite espíritaConto porno de estuprada por pai da mim amigacontos eróticos eu e minha amiga transamos na baladacontos porno meus amigos colocaram dois pau no meu cuzinhocontos eróticos eu e minha mãe na praiachupando a esposa gozada de biquininhocontossexotravesticontos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescariaesposa chupeteira contosdeixei meu vizinho me desvirginar contosconto incesto minhas irmãs gritaram no meu paucontos eróticos comi minha cunhada que tinha raiva de mecontos eroticos chupando a pica do meu filhocontos eroticos esposa exibicionista ficou curiosacontos do vaqueiro esposa evangelica traindo o maridocontos eroticos porno medinga deu cuconto:enrabadoselma melando a pica de cocorcomto erotico de esetos de novinhas vigecontos eróticos brincadeirascontos eroticos meu cunhado me comeu na epoca eu so tinha 11comto gay mecamico perfeitoContos eroticos dor no sacocontos eroticos fui com meu sobrinhocontos eroticos tirando virgindade de netinhaconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaminha filha fudendo com nosso impregados contosminha esposa me contou suas aventuras sexuaisconto erotico homens velhosContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaasconto bricano com o primho de escondercontos gay travesti apostaconto erotico de orientadoras gorads dando cucontos eroticos novinha espiando seus tios transaremcontos pornô casal fudendo com a empregadinha