Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRANDO A EX-NAMORADA

Click to this video!

Essa histária aconteceu no final do ano passado. Eu comecei a namorar a Lúcia por causa de um amigão meu, o Sérgio, que era vizinho dela, a gente sempre se encontrava no elevador e um dia acabou rolando um clima, chamei para sair, ficamos e depois começamos a namorar. Depois de uns poucos meses ela terminou o namoro, sem mais nem menos, e eu, claro, fiquei muito puto, afinal ela era muito linda e muito gostosa, tinha longos cabelos castanho-escuros, rosto de anjo, pernas grossas, uma bunda redondinha e seios gigantescos do jeito que eu gosto, e era uma delícia na cama, fazia de tudo, como não se apaixonar por uma mulher assim? Quando ela terminou eu evitei ir na casa desse meu amigo para não correr o risco de esbarrar com ela pelo elevador o que seria muito constrangedor. Mas um dia ele insistiu muito para eu ir lá para assistir um jogão de futebol que ia passar, Corínthians e Palmeiras, e eu como sou corintiano até a alma não resisti e fui. O apartamento dele estava lotado, devia ter umas 19 pessoas, amigos nossos, todos obviamente corintianos para não dar briga. O jogo foi um sofrimento sá, a gente gritava já sob efeito de muitas cervejas e fizemos a maior balbúrdia. De repente, tocaram a campanhia e o Sérgio foi lá ver quem era. QUando ele abriu a porta eu pude ver que era a Lúcia, ela estava deliciosa, com um shortinho branco e uma blusinha preta que eu havia dado para ela, bem justa, deixando os seios bem marcados. Deu para ver que o povo todo parou para olhar aquele monumento, e os comentários foram inevitáveis. O Cláudio, outro amigo meu, perguntou se era essa que eu tinha namorado e eu confirmei, ele disse "sortudo, filho da puta!" e isso me deixou meio triste, afinal, não estava mais com ela. O Sérgio voltou e disse que ela havia ido reclamar do barulho, que estava incomodando muito, para gente ficar quietos. O povo até que atendeu, ficaram um pouco mais sossegados mas o Sérgio notou que eu estava um pouco cabisbaixo e disse que não valia a pena ficar assim por causa de mulher e gritou "Vamos animar, galera!!!", e o povo começou a gritar tudo de novo, dessa vez muito mais alto e com mais vigor, tinha batucada e tudo mais. O Coríntians estava ganhando mas a gente nem estava mais prestando atenção ao jogo, a farra falava mais alto. Foi quando a campainha tocou de novo e mais uma vez o Sérgio foi atender. Era a Lúcia, dessa vez muito irritada, entrou gritando, dizendo que ia chamar a polícia, que ali sá tinha vagabundo e bêbado. Sérgio, que já estava meio alterado pelo álcool, pegou-a pelos braços e disse pro pessoal "essa vadia tá muito atrevidinha, vamos mostrar para ela quem é vagabundo aqui!" e empurrou-a pro meio do pessoal que logo agarrou ela e começou a passar a mão por todo o corpo dela. Ela tentou gritar mas alguém tapou-lhe a boca com a mão enquanto agora já tiravam o shortinho dela e levantavam a blusinha deixando à mostra aqueles seios que tanto eu adorava. No começo eu fiquei meio desesperado, pensei em socorrê-la, mas aquilo foi me dando um tesão e, afinal de contas, eu estava com muita raiva dela por ter me deixado. Seguraram as pernas e os braços dela e a colocaram deitada na mesa de centro, arrancaram a calcinha e puxaram as pernas bem arreganhadas, deixando a buceta bem aberta. Sérgio tirou a calça e o pinto dele já estava bem duro, ele disse "agora você vai se arrepender de ter feito nosso amigo sofrer!" e enfiou o pau sem dá na buceta dela, ela tentou espernear mas não conseguiu se livrar e o Sérgio ficou fudendo ela enquanto os meus outros amigos gritavam e falavam frases de apoio do tipo "come essa vadia, arregaça ela". Logo ele começou a aumentar o ritmo e deu um gemido, tinha gozado dentro dela. ASsim que ele saiu outro substituiu e ficou fudendo ela por mais alguns minutos. Nisso, alguém teve a idéia de montar na barriga dela e fazer uma espanhola com aqueles peitos maravilhosos, o Marcos foi o primeiro, e apertou o pau entre os seios fazendo vai e vem até gozar, o gozo se espalhou pelo colo dela até o pescoço, outro o subsititui ali também. Aì o Cláudio disse que queria fuder a boca dela e o Zeca alertou que ela iria cabar mordendo o pinto dele e arrancando fora. Mas o Sérgio teve uma idéia, ele sai e foi até o quarto e trouxe um aparelho que costumava usar no consultário dele (ele é dentista), uma coisa de borracha que mantém a boca do paciente aberto quando é necessário fazer cirurgia. Eles abriram a boca dela na marra e colocaram aquele negácio, abrindo até o limite. Agora ela estava com a boca totalmente escancarada. Ela esboçou um grito mas o Cláudio enfiou o pinto até a garganta, ela fez que ia vomitar, ele tirou e depois entalou lá de novo, e ficou assim até ela se acostumar com as estocadas e começar a respirar pelo nariz para não sufocar, logo ele estava fudendo a garganta dela como se fosse uma buceta. Não demorou muito e ele gozou, sá que sem tirar o pau, fazendo com que ela tivesse que engolir toda a porra. Ele saiu e outro o substituiu sem dar chance dela gritar. Agora ela estava sendo fodida na buceta, nos seios e na boca. Mas o Sérgio falou que estávamos desperdiçando um dos buracos, então a levantaram da mesa pelos braços e pernas e a viraram, mas antes de abaixarem, o Zeca entrou por debaixo e quando a desceram foi direto com a buceta no pau dele. APi o Sérgio falou para mim "vai, cara, fode o cu dela, é todo seu". Eu adorava comer o cu dela quando namorávamos, é bem apertadinho. Fiquei meio sem saber o que fazer por um segundo, mas aí os caras fizeram um coro pedindo que eu a fudesse, eu tirei a calça e fui com tudo. Enfiei a cabeça do meu pau que é razoavalmente grande e nem esperei ela se acostumar como fazia quando a gente transava, enfiei tudo de uma vez. Senti ela tremendo toda de dor mas não parei. Ela não podia gritar porque tinha alguém com o pau enfiado até a garganta dela mas dava para sentir que estava doendo, não estava nem aí, enfiei e fodi ela por mais uns minutos até gozar lá dentro. O Sérgio que já estava com o pau duro de novo tomou meu lugar e começou a foder o cu dela também. E outro tomou o lugar do Zeca. Ela estava sendo fodida em todos os buracos ao mesmo tempo. Alguns dos meus amigos usavam a mão dela para se masturbarem enquanto seguravam os seus braços, outros nem se preocupavam e gozavam em qualquer lugar dela, nas costas, cabelos, nádegas. Isso continuou por mais ou menos umas duas horas, a gente fodeu ela de tudo que é maneira. Em certo momento, alguém sugeriu que enfiassem dois paus ao mesmo tempo no cu dela e fizemos isso. Depois a mesma coisa na buceta. Ela nem resistia mais de tão exausta que estava ou por causa da dor, não sei. QUando já estávamos todos muito cansados a viramos para cima e, com a boca ainda aberta, começamos a nos masturbar e gozar lá dentro. Ela ia engolindo à medida que o gozo caía pois alguém tapou o nariz dela. Engoliu o gozo de todos os que estavam lá, e isso porque já tinha engolido bastante porra antes, deve ter engolido pelo menos um litro ao todo. Quando terminamos, o Sérgio pegou o celular e mostrou para ela, semi-consciente, que havia filmado tudo, e que se ela contasse para alguém, divulgaríamos aquilo na internet e ela ficaria falada para sempre. E falou ainda que ela devia se mudar e nunca mais voltar ali. Eu ajudei a levá-la para o apartamento dela e a deixei lá, toda destruída e fodida. Não pude deixar de sentir uma certa satisfação com a cena. Depois de alguns dias ela se mudou de lá e eu nunca mais soube dela. Mas confesso que, se ela quisesse, mesmo depois de tudo que aconteceu, eu ainda voltaria para ela. Era a melhor foda que já dei na vida.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Relatos sexuais me encoxando na cozinha e o corno na salaCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESmulher com uma bu dando nda inmencadeflorando bucetinhas com pepinosContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhconto erotico chupei uma sobrinha de nove anos q fez xixi na camacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html Contos ela deixou comer o cu delapau na boca da namorada dpfudi gostoso no volleyx coroa tranzando com entisdomeu buraquinho guloso no teu paumae desfilando de calcinha fio dentalcontos eroticos me exibi nua pra elaa medica que gostava de zoofilia_contoscontos eroticos feminino cunhadocontos eroticos violentadas ao extremominha esposa ela casou comigo virgem da sua buceta e virgem do seu cu eu e ela na nossa noite de núpcias eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela conto eróticovi ele comer ela/contocontos eroticos vovô e netinhosComtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu cololoca pra fude vai logo metenconto erotico masticou minha buceta estrubocorno na minha propria casa contos eroticoTravesti que dá de graça em bhcontos eróticos de professor GayConto erotico o cu da minha enteadapapai me ensinou chupar buceta conto eroticoPorno conto ponheta da casada buzconto erotico fui pra fazer um teste pra trabalhar e voltei pra casa cm a buceta ardendo de tanto darcontos de coroas safadas no cacetaohoje morena bonita eu estou querendo te pegar gostoso hoje morena bonita todos têmprima perguntou se eu era virgemminha enteada gost contosChupando o peito da priminha gostosa:*Contos erótico pombinha inchadacalcinha pedreiros conto eróticosestou sendo chantageada mas não posso contar meu marido quantos eróticoscontos eróticos a gostosura de nossos pensamentostreinando a cadela para zoofiliaatolando nas cachora no ciogreludinha minha menina chupei ate virar um piruzinho contos de incestoconto erotico corno puta e paiContos eroticos... Uma rapidinha com a cunhada de vestidoguais sao as deusas da punhetaMinhacoleguinhagostosaporno éla dis méche que eu vou gozarCasada narra conto dando o cuContos passeando de carro usando cinta liga e fio dentalComtos casadas fodidas pelos empregados do maridoMeu ex primo viuvo conto eroticoconto cavalo cu traisafadezas da adolescência contosconto erótico vizinha no baile funkgostosas com mini calsinha saindo o beisinho da buseta de ladaconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caracontos eroticos separou pra levar picafudendo pra valer com tubo de gel no raboContos eróticos dando de mama pra minhas irmãzinhasMelhor amiga da minha mulher na minha rolacontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigomaisexo vidio de zoofilia com travestiseu gordinha arregacada por um roludo contosconto meu cu te amo grosspeguei a x*** virgemMeu amigo me convenceu eu deixa ele chupa no meu paucontos eróticos meu marido eu e meu alazãoContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2pornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiacontos eróticos de bebados e drogados gayswww.contoerotico.pai e flha na chacaraconto erotico travesti desobediente castigada pelo donoprimeira vez que dei o rabetãomulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelConto de homem de deu para Fabiola voguelcontos eroticos de viadinhos de calsinhaCorno em calcinha contopequei milha maes fudedo com um negao lopradomae acorda de fio dental vai na varandacontos de professor e alunaas meninas brincaram com meu pau contoscontos eroticos de mulher traindo o esposo com o montador de moveiscontos eroticos peluda fedidaconto etotico antebraco na vaginacontos eroticos. traia maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vez