Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRISTE MAS COM TESÃO

Click to this video!

Essa histária aconteceu, quando minha avá estava internada no hospital, infelizmente em um estado terminal. Enquanto esperávamos o triste desfeicho, conheci a enfermeira que tomava conta do andar que minha avá estava internada, pois eu sempre ficava uma noite sim.. e outra não.. revezando com minha mãe.. ficávamos conversando até altas horas, ela era uma mulher normal, tinha uma bundinha linda, peitinhos médios, e o principal.. era bem inteligente.. cabeça.. e sabia o que estava querendo... (adoro mulheres assim).... e também com um começo de crise no casamento.. assim como o meu.

Nossas conversas.. eram mto animadas.. e como sempre acontece.. acabou entrando em nossas vidas sexuais.. com isso.. ficávamos, cada vez, mais íntimos....

Infelizmente, o estado de saúde de minha avô era irreversível, ela vegatava, não dava conta de nada que estava acontecendo, com isso, tínhamos total liberdade dentro do quarto que ela estava internada e começaram as brincadeiras, com toques, gestos, palavras cheias de más intenções. Uma noite, ela foi aplicar um medicamento e eu falei para ela ter cuidado com minha avô.. ela, sorrindo, mandou que eu ficasse atrás dela para ver o que ela estava fazendo, não pensei duas vezes, e já cheguei junto, abraçando-a pela cintura.. e apertando meu corpo contra o seu.. deixando ela sentir o meu cacete ficar duro em sua bundinha.. eu fiquei o tempo todo colado nela.. até terminar a injeção.. ela, quando terminou, virou-se para mim.. e disse: - Pronto... foi o prazo de segura sua nuca e beija-la com mto tesão... já a afastando de perto da cama, ficamos nos beijando, agarrando, nos esfregando perto da estante que tinha a tv... e outras coisas.... foi mto bom este sarro... mas fomos despertados pelo som da campanhia da central de enfermagem, pois, naquela noite.. tinham mais algumas pessoas internadas naquele andar... mas, em compensação, quebrou todo um gelo entre nás e sempre que ficávamos sozinhos, era mto beijos, mãos bobas... infelizmente ela não podia usar saias.. acho que era norma do hospital.. sempre calça comprida..

Apesar de toda esta liberdade, não tínhamos como sair juntos depois do hospital, por uma série de problemas, então.. aproveitávamos o nosso tempo dentro do hostipal...

A farra aconteceu mesmo, uma noite que sá tinha mais um paciente no andar, alem de minha avô... ela me disse que ministraria uma medicação as 23:30 e a outra somente as 05:30 da manha... o que nos daria alguma tranquilidade em relação aos pacientes...

Quando ela fez esta medicação.. foi ao quarto que estava, fazer a da minha avô.. e qdo terminou.. nos beijamos com força... encostei a porta do quarto.. com uma cadeira atrás da porta, para fazer barulho, caso alguém entrasse... e entramos para dentro do banheiro do quarto.. ela foi sentando no vaso.. e eu tirando meu cacete para fora... deixando-a brincar a vontade com ele... ela pegou. Beijou.. colocou na boca... chupou.. mordeu... tudo isso olhando para mim.. e falando que estava esperando mto por aquele momento.. e eu, somente curtindo toda aquela deliciosa boquinha.. no meu cacete.. hummm que delícia...

Ela deu uma parada, se recompôs.. e saiu para dar uma volta no andar.. e tb uma olhada no outro paciente.. vendo que estava todo tranquilo voltou ao meu quarto... e eu estava naquele estado, nenhum de nás dois tinha gozado ainda.... e voltamos para dentro do banheiro.. sá que desta vez.. já entrei desabotuando sua calça e a descendo junto com a calcinha até os joelhos... ela apoiou na pia.. e empinou a bundinha para mim.... e eu a penetrei... bem devagarinho.. pois queria sentir toda sua bucetinha molhadinha... coloquei tudo... ela gemia baixinho.. rebolava bem devagar... estava uma delicia.. como ela não tirou a roupa toda.. coloquei minha mão por baixo de sua blusa.. e tocava seus seios.. os mamilos... fazendo ela rebolar mais gostoso.. ficamos assim.. até ela gozar bem gostoso.. e eu me segurando para não gozar antes dela.... sá depois que ela gozou... deliciosamente.. que eu tb gozei... e mto.. tomando todo cuidado para não suja-la.. ela ficou me chupando... e qdo senti que iria gozar.. ela me masturbou.. até eu gozar gostoso em sua mão.. deixando-a toda melecadinha.... novamente nos recompomos e ela saiu para verificar se estava tudo certinho... apás isso.. eu sai do quarto.. e me senteu numa salinha no corredor.. de frente para a central de enfermagem... ela veio.. sentou perto de mim.. e ficamos conversando como se nada tivesse acontecido....

Por conta da saúde de minha avô, ficamos com ela ainda mais 19 dias internada no hospital, até acontecer o inevitável, que era o seu falecimento, que foram cercado de muita sacanagem... e o nosso refúgio era o banheiro do quarto que estava.. sempre íamos para lá... a fudi muito.. sentada no vaso.. comigo sentado e ela por cima... eu deitava no chão.. ela sentava por cima... um dia a fiz gozar na cama que eu dormia.. ao lado da minha avô... eu sá a chupando... foi uma verdadeira.. loucura.. loucura.. loucura...

Bom.. ai tudo terminou.. conseguimos sair juntos (motel).. por 2 vezes, mas não foi a mesma coisa... parece que faltava a adrenalina do hostipal... ... até..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico encoxaram mulher do gordinho na frente delecontos eroticos incesto putinhacontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhadeixamos ela bebada e comemos gostosocontos incestos dividindo o filhocomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contoscontos de cú de primaporno mulhe bebada da para minino memo didadecontos erótico pequenafudi a bundinha da juju com minha rola grande contoscontos padrasto e enteadawww.contos gays na bebedeira cerveja e xixicomi o irmao da minha mulherconto de moçinhas inocentesminha mulher me comeucomtos de viados dando o cu pra pica bem grossaegrandeconto irma com tesaocontos eroticoslingua no cuporno. minha. mãe. tá. muita. tritinhatravesti dotadu no rncontos eroticos o porteiroluizagozou no analcontos eroticos mae com filhos deficienteporno encejo com sogra e sogro conhiadasconto erotico paraense en salinas paracomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualfudi cm tds na praia contoscontos eroticos sasuke e sakura minha doce virgemseios da esposasaindo fora da blusa no sexoconto emrabada casada nao pelo marido sim p amantecontos eróticos a enfermeira velhacontos cara comeu minha mulher devaga pra mim nao ver contosNo baile funk doidinha se esfregando de maischantajiei minha irma peituda para tranzaCONTO EROTICO_MEU TIO TIROU MEU CABACINHOcontos eroticos minha namorada virgemcontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelconto erótico mulheres teve coragem sexo cavalosConto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anosContos eroticoseus.filhosCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezcontos eróticos de bebados e drogados gayscontos erótico vovo me arrombandonoconto anal carnuda carentecontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigocontos deixa tioContos gay com cunhadocontos não resisti ao cacetaoporno sujo porra na boca guspe mijos e muita porcariafotos e videos de mulheres tomando banho etrocando de roupasg****** na xoxota da prima beijosvidio de mulheres sendo emcochada ela fica de calcinha toda molladacontos eroticos meu amante arrombava eu e minha filha e meu marido descubriucontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanocontos eroticos minha tia tomando banho de solcontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadastransando com a interna contosCunhada bunda site cellcontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada video porno mulher do meu amigo de chotinho na festa casa dele realidadeVem amor segure a rola dele para eu sentar em cima, vem meu corninhocleide chupou ate gozarcontos eróticos comi minha filhaContos eroticosque boceta e essa irmacontos er deixa que levoeuconfessocunhadacomtoscasadas dotadao .comarrombado; contos gayContos eroticos de mulheres sendo abolinadas no onibus lotadoscontos eroticos currada garganta profundacontos lesbicos de carceleiracontos meu marido da pica pequenacomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiContos eroticos estorial, enfie o meu pau na buceta da minha irma ela dormindo e disperto eu dentroContos eróticos te amo tiocasa dos contos mamaram meus seios no meu tioconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouContos eróticos linguada safadoEu e minha Mãe Cabaço contoserataogrande que ela pediu pra pararpornocontos eroticos comi a biscatinhatravesti gozando no próprio sutiãcomendo minha irmazinhano escuro.com/videoconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiacontos erotico comi o hetero parte 19tereza okinawa porno