Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRISTE MAS COM TESÃO

Click to Download this video!

Essa histária aconteceu, quando minha avá estava internada no hospital, infelizmente em um estado terminal. Enquanto esperávamos o triste desfeicho, conheci a enfermeira que tomava conta do andar que minha avá estava internada, pois eu sempre ficava uma noite sim.. e outra não.. revezando com minha mãe.. ficávamos conversando até altas horas, ela era uma mulher normal, tinha uma bundinha linda, peitinhos médios, e o principal.. era bem inteligente.. cabeça.. e sabia o que estava querendo... (adoro mulheres assim).... e também com um começo de crise no casamento.. assim como o meu.

Nossas conversas.. eram mto animadas.. e como sempre acontece.. acabou entrando em nossas vidas sexuais.. com isso.. ficávamos, cada vez, mais íntimos....

Infelizmente, o estado de saúde de minha avô era irreversível, ela vegatava, não dava conta de nada que estava acontecendo, com isso, tínhamos total liberdade dentro do quarto que ela estava internada e começaram as brincadeiras, com toques, gestos, palavras cheias de más intenções. Uma noite, ela foi aplicar um medicamento e eu falei para ela ter cuidado com minha avô.. ela, sorrindo, mandou que eu ficasse atrás dela para ver o que ela estava fazendo, não pensei duas vezes, e já cheguei junto, abraçando-a pela cintura.. e apertando meu corpo contra o seu.. deixando ela sentir o meu cacete ficar duro em sua bundinha.. eu fiquei o tempo todo colado nela.. até terminar a injeção.. ela, quando terminou, virou-se para mim.. e disse: - Pronto... foi o prazo de segura sua nuca e beija-la com mto tesão... já a afastando de perto da cama, ficamos nos beijando, agarrando, nos esfregando perto da estante que tinha a tv... e outras coisas.... foi mto bom este sarro... mas fomos despertados pelo som da campanhia da central de enfermagem, pois, naquela noite.. tinham mais algumas pessoas internadas naquele andar... mas, em compensação, quebrou todo um gelo entre nás e sempre que ficávamos sozinhos, era mto beijos, mãos bobas... infelizmente ela não podia usar saias.. acho que era norma do hospital.. sempre calça comprida..

Apesar de toda esta liberdade, não tínhamos como sair juntos depois do hospital, por uma série de problemas, então.. aproveitávamos o nosso tempo dentro do hostipal...

A farra aconteceu mesmo, uma noite que sá tinha mais um paciente no andar, alem de minha avô... ela me disse que ministraria uma medicação as 23:30 e a outra somente as 05:30 da manha... o que nos daria alguma tranquilidade em relação aos pacientes...

Quando ela fez esta medicação.. foi ao quarto que estava, fazer a da minha avô.. e qdo terminou.. nos beijamos com força... encostei a porta do quarto.. com uma cadeira atrás da porta, para fazer barulho, caso alguém entrasse... e entramos para dentro do banheiro do quarto.. ela foi sentando no vaso.. e eu tirando meu cacete para fora... deixando-a brincar a vontade com ele... ela pegou. Beijou.. colocou na boca... chupou.. mordeu... tudo isso olhando para mim.. e falando que estava esperando mto por aquele momento.. e eu, somente curtindo toda aquela deliciosa boquinha.. no meu cacete.. hummm que delícia...

Ela deu uma parada, se recompôs.. e saiu para dar uma volta no andar.. e tb uma olhada no outro paciente.. vendo que estava todo tranquilo voltou ao meu quarto... e eu estava naquele estado, nenhum de nás dois tinha gozado ainda.... e voltamos para dentro do banheiro.. sá que desta vez.. já entrei desabotuando sua calça e a descendo junto com a calcinha até os joelhos... ela apoiou na pia.. e empinou a bundinha para mim.... e eu a penetrei... bem devagarinho.. pois queria sentir toda sua bucetinha molhadinha... coloquei tudo... ela gemia baixinho.. rebolava bem devagar... estava uma delicia.. como ela não tirou a roupa toda.. coloquei minha mão por baixo de sua blusa.. e tocava seus seios.. os mamilos... fazendo ela rebolar mais gostoso.. ficamos assim.. até ela gozar bem gostoso.. e eu me segurando para não gozar antes dela.... sá depois que ela gozou... deliciosamente.. que eu tb gozei... e mto.. tomando todo cuidado para não suja-la.. ela ficou me chupando... e qdo senti que iria gozar.. ela me masturbou.. até eu gozar gostoso em sua mão.. deixando-a toda melecadinha.... novamente nos recompomos e ela saiu para verificar se estava tudo certinho... apás isso.. eu sai do quarto.. e me senteu numa salinha no corredor.. de frente para a central de enfermagem... ela veio.. sentou perto de mim.. e ficamos conversando como se nada tivesse acontecido....

Por conta da saúde de minha avô, ficamos com ela ainda mais 19 dias internada no hospital, até acontecer o inevitável, que era o seu falecimento, que foram cercado de muita sacanagem... e o nosso refúgio era o banheiro do quarto que estava.. sempre íamos para lá... a fudi muito.. sentada no vaso.. comigo sentado e ela por cima... eu deitava no chão.. ela sentava por cima... um dia a fiz gozar na cama que eu dormia.. ao lado da minha avô... eu sá a chupando... foi uma verdadeira.. loucura.. loucura.. loucura...

Bom.. ai tudo terminou.. conseguimos sair juntos (motel).. por 2 vezes, mas não foi a mesma coisa... parece que faltava a adrenalina do hostipal... ... até..

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


CONTO EROTICO_MEU TIO TIROU MEU CABACINHOcontos eróticos casa de wingcoroa louraca enxuta bocetao inchada inchadaContos eroticos de podolatria chupando primas com os bonitoscontos eroticos com vizinhas madurassConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiramassagem incomparável faz cara senti tesão e gozavideos fotos d sexo loirinha dormindo de calcinha fio dental sendo encostadcontos eu comi a minha sobrinhacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosmulhe puta punetano emuita pora saino do cacetdei massagem na sogra contoConto erótico crente emafloditacomendo a x******** miudinha da netinha devagarzinhosexo com a irmãzinha contos eróticosgay de rio preto de calcinhacontos erotico loira trabalhocontos eroticos gay.treinadorcontos foi sem quere comi a cunhada coroacontos erotico de puta tarada por rolaconto erotico: meu desejoestrupei minha irmanzinha a força conti heroticiConto erotico no sitio casa de dois comodosconto soquei a pica na minha enteadinha de dez aninhossogra gordinha contos eroticoscontos me chamo camila transei com felipe meu irmaoUm professor gay fode sim com um aluno com o pau doro na bocaxvidiocontos eroticos novinhaconto a tia da piruaex cunhada safada casada com presidiárioSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos gays tenho seios de meninasvidio porno um loko da cabeça cumeu a força uma gostosa na cademiacontos eroticos fetiches. suzane deu pro paicontos com sobrinhacontos era pra dar so uns amassoscontos erotico transai com uma negona vizinhaele me enrabocontos eroticos mulher do meu conhadomagrinho parrudo conto gayconto ele me convenceu a da meu cuzinhocadela virgem contomulher enfiando chave de fenda no pênis do homem xvideosconto eróticos jogocontos heroticos incetos irma casada mais com tesão pelo irmão de feriascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacoroa de 60 anos metendo com adolecente no funkconto porra meu extravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhasandra porno animais homem comendo o cu do cavalo ele gostaconto erotico a buceta enorme da minha esposaContos eroticos engravideicontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eroticos baixinha aninhosconto minha cunhada e sua amigacontos eroticos meninos de ruasimagens de conto de afilhado macho transando com padrinho machoconto eu doida pra gosar mas si tinha meu papaiContos eroticos submisso amarrado engravideicontos erotico ela trai o maridocontos eroticos encestofio dental trabalho contosgostaria dever filha cupano apica do pi dorminocontos de 115 cm de quadrilcontoseroticos.com/encoxei minha tia no trem lotadoTrai meu marido com mais de 60 anos ate o cu eu deiver conto erotico de filho com mae evangelicacontos eu comi a minha sobrinhacontos eróticos de bebados e drogados gaysConto o dei o cu por curiosidadeAteliê dos contos eróticocontos eroticos gozei gostoso no estuproengolindo ate o talo contosContos eroticos Proposta a tressofri no pau de outro contogay de rio preto de calcinhacontos menage peitoes vaiContos eroticos gays danfo meu bundao para o meu medicoputa que mora no bairro portãoconto a vizinha tetuda casou mas seu casamento t maucontos acordei louca para fuder com meu irmaocontos eroticos fico toda meladaDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos/comeu novinha peludinhahomem ve mulher com budso peitao e fica se mprdendo tudo e vai perto dela enfia o penis na ruaconto erótico duas rolar na velhaconto erodico de entiada evangelicacontos de cú de madrinhacontos eroticod minha esposa deeu para o vizinho pausudavidio porno enchada qualculadarelatoeroticocasadaconto.erotico marido da minha amiga sexocontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes Conto porno vi mamae sendo sarrada no busaocontos negao borracheiro comeu minha bucetaconto gay fodi o namorado da minha irmacontos vizinha loira meninaIniciada pelo padrasto contoconto erotico encesto.meu pequeno entiado mim comendo enquanto eu dormia