Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARINHEIRO SUECO

Click to Download this video!

Fui passar férias no rio de janeiro e no começo tudo naquele marasmo, piscina, hotel, praia e hotel de volta, até que comecei a perceber na piscina um cara novo, loiro, alto, forte usando uma sunga não muito grande que deixava seu pau deliciosamente bem marcado, pronto eu não tirava mais os olhos dele, comecei a sentar bem perto da mesa dele no café, no almoço, o tempo todo, quando soube que ele era gringo de férias comecei a andar com um guia das praias e não deu outra ele veio puxar conversa num inglês perfeito, me perguntou quais eram as melhores praias pra se conhecr etc, a conversa rendeu e almoçamos juntos eu sempre de olho naquele pau delicioso, ficamos amigos e desde então íamos para todo canto, jantamos e ele saiu, fui dormir e tomamos café da manhã juntos, em seguida fomos pra praia, eu já imaginando como faria pra agarrar aquela rola deliciosa, babava sá de pensar, cada vez que ele se mexia era um sufoco, acho que ele percebeu, não tinha como não perceber, tanto que no dia seguinte ele me perguntou se eu conhecia alguma praia mais deserta que desse pra ficar nú, eu respondi que não, mas que iria ver no guia, não deu outra foi rapidinho, foi sá aí que ele me disse que era sueco e que estava de féria da marinha. No dia seguinte lá fomos nás pra tal praia, ele logo ficou nú numa boa e eu engoli seco ao ver aquela rola monstruosa sendo colocada pra fora, meio adormecida, nem dava mais pra disfarçar, mas tinha mais gente na praia e eu disfarcei, ele ficou na dele, mas eu sempre que dava encarava aquela rola louco de vontade de cair de boca, mas me contive, ficamos por lá até o final da tarde já não tinha mais ninguém na praia, mas eu continuava sá encarando o mastro, achando que ele não tinha sacado nada ainda, quando eu dei uma fechada nos olhos ele voltou do mar, ajoelhou e colocou a rola na minha cara, esfregando ela como um pincel e dizendo que percebeu que eu gostava de rola, não neguei mas disse que ali era muito perigoso, mas ele insistiu e eu dei uma pequena chupada no seu pau, o gringo pirou me arrastou pra trás das pedras e queria me foder ali mesmo, até tentou mas não dava, não entrou seu pau era muito grande e grosso. Então voltamos pro hotel e fomos direto pro seu quarto, lá sim o bicho pegou assim que a porta fechou ele já foi me pegando e tirando minha roupa dizendo que não aguentava mais de tesão e que ia me foder ali mesmo, aajoelhei e caí d eboca naquela rola maravilhosa, mal conseguia por na boca de tão grossa, mas ele socava cada vez mais, dizia que tinha que engolir tudo, que era assim que ele gostava, tirou seu pau da minha boca e me mandou chupar suas bolas enquanto punhetava a rola na minha cara, nunca tinha visto nem chupado uma rola tão grande, grossa, dura e pentelhuda, tudo nele era grande, devo ter engolido muito pentelho sueco, até que ele me jogou na cama de quatro abriu minha bunda cuspiu nela, uma cusparada daquelas que fazem barulho e me mandou morder o travesseiro porque ele gostava de por tudo de primeira e não deu outra, ele me segurou pelos ombros me mandou abrir o cu com as duas mãos e me puxou com violência, senti meu cu rasgando todo, senti o sangue que escorria, mas ele não parava de meter, e metia gostoso quando a dor foi diminuindo é que eu comecei a sentir tesão, e que tesão, aquela rola maravilhosa entrava e saía toda do meu rabo, da minha boca sempre com força não demorou pra ele começar a esporrar no meu cu e que esporrada eu sentia cada golfada que o seu pau soltava quente como lava, não cabia mais nada lá dentro e começou a escorrer pelas minhas pernas, ele então lambuzou seu pau naquela porra e me fez chupa-lo todinho, depois pegava o seu gozo com a mão e esfregava na minha cara deliciosamente, no que eu chupava tudo é claro deixei sua rola e sua mão limpinha, depois íamos tomar banho onde é claro sempre rolavam uma sacanagens do tipo dá mais uma chupadinha, ou três ou quatro dedos no meu cu, mais umas estocadas até ele se cansar e terminar mijando em cima de mim, principalmente na car, ele adorava me ver beber, ficamos assim até o fim das férias, metíamos todo dia, meu cu e minha boca já se moldaram naquela rola deliciosa, tudo era motivo pra trepararmos ou pra uma gozada na cara, de um jogo de cartas a um filme na tv. Mas a coisa não ficaria sá nisso porque conhecemos um negro americano, jogador de basquete universitário que também chegou no hotel, agora as trepadas seriam a três, e sá posso adiantar que a primeira vez que fiquei de quatro entre essas duas rolas tive medo de morrer sufocado, mas isso eu conto depois....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


O amigo dele me comeu contosconto erotico sogra Alzheimerporno gey contos eroticosincesto contos minha,filinha meu pecado adorava chupar sua bucetinhaminha mulher e o filho do jumento contos eroticosDeusa mulata levando pica branca na bucetaContos eroticos estruparam minha avo e mamaecontos de tirador de cabaçoconto erotico arrombada na florestacontos eroticos de como eu perdi minha virgindade aos 16conto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsoQuero ler contos homem fudendo meninho baiano viadocontos eroticos porteiroconto negro taradocontos meu pai me arrastava pro matominha professora me deu carona e pegou mo meu cacetesurra vaginal amordaçada contoEnganei e estrupei conto eroticoconto de marido e esposa e velhomeu filho xerou meu cucolo do velho. contoContos eroticos dor no sacocontos eróticos mamãe mim deu de bandeija para seu namoradoConto erotico socando rolaconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salacontos sem pudor com a menininhaAtras da casaxvidiocontos incesto engravidando a propria tiaConto titio meteu a pica na minha xoxotinha.contos eroticos fragei minha esposa com a tora do vizinhoconto erotico vi minha esposa dando pra outro sem querer estava escuroconto erotico judiou da namoradinha do amigowww.porndoido.com.be/tio esfregando cabeça do pau na buceta novinha dormindoO amigo dele me comeu contoscontos eu tenho um bar e dei o cu pro meu freguês amelhor buseta de bashia do mundo gosanovirei putinhaimagem cuzinho irma contoscomi minha sogra todo mundo viaja so tinha eu e elacontos cachorro lambendo penis de homemgoza nuoutro egravidacomtos erotico sou casada mas o marido ta preso to dan de masconto crente bunda desproporcionalcontos erótico pai ficou muito bravo ao saber que seu filho é gayComtos xxx minha mulher crente de tanto dar o cu ela levadedada e nem sentenovinho sofrendo na rola do pai bebado contos gaycontoa eroticos estuproO cara desmaior a mulher e.meteu o.pou no.cu pornocontos eroticos advogadacheiro de mulher conto eroticovideo de porno o cara foi concerta o icanamento e comel elacontos eroticos com coroa taradocontos eróticos lado solteira e sua filhinhacontos er¨®ticos incesto ensinei minha filha a ser cadelaContoseroticos meninas novinhas estupradas pelo amigo do paiCasada narra conto dando o cucontos gays cheirando paucontos eroticos. gay. meu sobrinho pequeno xorou em meu pauzaocomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contoscantos erótico só dei do Forró Bombadocontos irma viajou no meu colocontos punheta com a maecasada se vendendo pro caminhoneiro-contos sou tarado para fuder o cunhadinho afeminadoprima madura solteira na casa de praia contos eroticos pornoeu sou o viadinho do meu cunhado contos eroticoscontos eroticos adoro ver ele dando leite pro meu negaono onibus de excursao sem calcinhacontos tava batando uma derrepente minha prima me pegaconto erotico velho me come desde garoto na frente dos amigoscontos-teu pau entrando com força no meu cuzinhominha sogra trepo com ela contos