Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARINHEIRO SUECO

Click to Download this video!

Fui passar férias no rio de janeiro e no começo tudo naquele marasmo, piscina, hotel, praia e hotel de volta, até que comecei a perceber na piscina um cara novo, loiro, alto, forte usando uma sunga não muito grande que deixava seu pau deliciosamente bem marcado, pronto eu não tirava mais os olhos dele, comecei a sentar bem perto da mesa dele no café, no almoço, o tempo todo, quando soube que ele era gringo de férias comecei a andar com um guia das praias e não deu outra ele veio puxar conversa num inglês perfeito, me perguntou quais eram as melhores praias pra se conhecr etc, a conversa rendeu e almoçamos juntos eu sempre de olho naquele pau delicioso, ficamos amigos e desde então íamos para todo canto, jantamos e ele saiu, fui dormir e tomamos café da manhã juntos, em seguida fomos pra praia, eu já imaginando como faria pra agarrar aquela rola deliciosa, babava sá de pensar, cada vez que ele se mexia era um sufoco, acho que ele percebeu, não tinha como não perceber, tanto que no dia seguinte ele me perguntou se eu conhecia alguma praia mais deserta que desse pra ficar nú, eu respondi que não, mas que iria ver no guia, não deu outra foi rapidinho, foi sá aí que ele me disse que era sueco e que estava de féria da marinha. No dia seguinte lá fomos nás pra tal praia, ele logo ficou nú numa boa e eu engoli seco ao ver aquela rola monstruosa sendo colocada pra fora, meio adormecida, nem dava mais pra disfarçar, mas tinha mais gente na praia e eu disfarcei, ele ficou na dele, mas eu sempre que dava encarava aquela rola louco de vontade de cair de boca, mas me contive, ficamos por lá até o final da tarde já não tinha mais ninguém na praia, mas eu continuava sá encarando o mastro, achando que ele não tinha sacado nada ainda, quando eu dei uma fechada nos olhos ele voltou do mar, ajoelhou e colocou a rola na minha cara, esfregando ela como um pincel e dizendo que percebeu que eu gostava de rola, não neguei mas disse que ali era muito perigoso, mas ele insistiu e eu dei uma pequena chupada no seu pau, o gringo pirou me arrastou pra trás das pedras e queria me foder ali mesmo, até tentou mas não dava, não entrou seu pau era muito grande e grosso. Então voltamos pro hotel e fomos direto pro seu quarto, lá sim o bicho pegou assim que a porta fechou ele já foi me pegando e tirando minha roupa dizendo que não aguentava mais de tesão e que ia me foder ali mesmo, aajoelhei e caí d eboca naquela rola maravilhosa, mal conseguia por na boca de tão grossa, mas ele socava cada vez mais, dizia que tinha que engolir tudo, que era assim que ele gostava, tirou seu pau da minha boca e me mandou chupar suas bolas enquanto punhetava a rola na minha cara, nunca tinha visto nem chupado uma rola tão grande, grossa, dura e pentelhuda, tudo nele era grande, devo ter engolido muito pentelho sueco, até que ele me jogou na cama de quatro abriu minha bunda cuspiu nela, uma cusparada daquelas que fazem barulho e me mandou morder o travesseiro porque ele gostava de por tudo de primeira e não deu outra, ele me segurou pelos ombros me mandou abrir o cu com as duas mãos e me puxou com violência, senti meu cu rasgando todo, senti o sangue que escorria, mas ele não parava de meter, e metia gostoso quando a dor foi diminuindo é que eu comecei a sentir tesão, e que tesão, aquela rola maravilhosa entrava e saía toda do meu rabo, da minha boca sempre com força não demorou pra ele começar a esporrar no meu cu e que esporrada eu sentia cada golfada que o seu pau soltava quente como lava, não cabia mais nada lá dentro e começou a escorrer pelas minhas pernas, ele então lambuzou seu pau naquela porra e me fez chupa-lo todinho, depois pegava o seu gozo com a mão e esfregava na minha cara deliciosamente, no que eu chupava tudo é claro deixei sua rola e sua mão limpinha, depois íamos tomar banho onde é claro sempre rolavam uma sacanagens do tipo dá mais uma chupadinha, ou três ou quatro dedos no meu cu, mais umas estocadas até ele se cansar e terminar mijando em cima de mim, principalmente na car, ele adorava me ver beber, ficamos assim até o fim das férias, metíamos todo dia, meu cu e minha boca já se moldaram naquela rola deliciosa, tudo era motivo pra trepararmos ou pra uma gozada na cara, de um jogo de cartas a um filme na tv. Mas a coisa não ficaria sá nisso porque conhecemos um negro americano, jogador de basquete universitário que também chegou no hotel, agora as trepadas seriam a três, e sá posso adiantar que a primeira vez que fiquei de quatro entre essas duas rolas tive medo de morrer sufocado, mas isso eu conto depois....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico gay cuzinho cagando piscando matoestava carente contos eróticoszoofilia conto como treinar sua cadelacontonaturismocontos de sexo sogrocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaCasada viajando contoscomto erotico tia fudeu a sobrinha virgem com comsolo gigantecontos eróticos estupro coletivo aline parte trescomi a enfermeira contosincesto meikilacontos de atiivo x passivo fodendobaxinho do pau gigante impresiona casadaconto gay ele descobriu sobre mim contos eroticos moleque e mulhercontos eroticos na praiabucetas lindasdormi bebado perdi as pregaspai com meleque desde pequenos contos eróticos proibidos gaysConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroaminha mulher puts molecada contosconto erotico mulher casada gostosa ninfomaniacapuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestobebadas na piscina contoscontos de cú por medoContos eroticos danadinha colo do vvelhoconto erótico "comeu meu marido "disvirginei a minha professora contos erodicoscontos fui banha no rio e minha tia foi atrazcontos eróticos fio dental debaixo do ternoIrmas casadas taradas carentes sendo enrabadasconto erotico pai come nora e o filha veconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuincesto furapornocontos sexo meu marido rebolou na pistolaasalto que.virou.suruba videosconto praia de nudismo com a esposa continuacontos de incesto - despedida de solteiro foi com minha linda irmãcontos eróticos gay malucoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeumulher rebolando de costa para o espelho de fio dentalcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontocasadacarenteeu e minha mulher somos moreno meu filho loiro sou corno ?Noiva dei meu cu ni churrasco da empresa meu marido tava la contoscontos eróticos esposa tímida no swingcontos de quen comeu coroas dos seios bicudosinfancia contos de encestominha nora adora dar o cu conto eroticochupando o pau e.lambendo o cinema caracontos eroticos - isto e real. parte 3Tennis zelenograd contohttp://googleweblight.com/i?u=http://tennis-zelenograd.ru/conto_265_meu-tio-foi-o-meu-1xaa-homem.html&grqid=yBm1GLRi&s=1&hl=pt-BR&geid=1054vendo namorada pau grande grosso traindo gozada porra contosPai filha chuva dourada contos euroticoscontos de incesto dez anosConto erotico dei pro meu papai e tioconto erotico incesto sonifero filhacoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegrecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaminha filha e meu genro vieram me visitar bucetaconto erótico dominando casada bravaconto erótico estuprada usando mini saiatarado.tira.vigidadi.da.entidas.novinhas.come.o.cu.elas.gritaconto erotico, mamae foi. arrombada pelo marido da vizinha enquanto ela viajavaUi ui meu cu contocontos armei estrupo para minha esposamulher do gelou grande fudedoContos eróticos bizarros de zoofilia: cães vira-latas colaram em mimcontos ele gozou no meu cuzinhocontos eroticos meu padastro mim estropo no onibusrasgando um cu virgem da freira- contosvamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupaconheci a vara do meu padrasto muito novinha contos eroticossou casada loba contoseu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delafui arrombadacontos ninfeta lesbica fodde casada hererocontos gay meu primo ensinoumeu namorado e meu irmao contosmarido chama primo pra tranzar com sua espozasomos putas no colegio contosvidio negao fes travesti loirinha urra com baita pau ate o talo no cuzimcontos enrrabado na saunacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaporno doido costureiro medindo os seiose foi assim que comeram minha esposacontos erotico cumendo o cusinho danielacontos eroticos com menino bundudo e o negao do pau grossoconto real meu vizinho me estuprouconto erotico fui abusada no