Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESCOBRINDO O AMOR

Click to this video!

Estava eu lá por volta dos meus dez anos de idade,e já brincava de sacanagem com uma prima que morava comigo na casa dos nossos avás,que nos criavam enquanto nossas mães trabalhavam para nos sustentar,não tendo condições de ficar com nosco,tudo isso lá em Salvador cidade quente e apimentada.A minha prima era uns tres anos mais velha do que eu na época,sempre que meu pai digo avô pedia para ela pegar algumas compras em um armazém que ficava a uma certa distância de nossa casa,ela vou chamala de Camila mim fazia uma proposta que era poder na volta ou até mesmo durante o caminho brincar com a sua bucetinha,para isso eu tinha que acompanha-la até o tal armazém a onde nosso avô mantinha uma conta abertar para poder pegar mercadorias fiado,pagando no final do mês quando recebia a sua aposentadoria,sempre é claro de bom grado eu acompanhava a minha prima,que se arrumava colocando um short largo ou uma saia comportada para não chamar atenção de nossos avás ou da nossa tia quarentona e muito esperta que morava ali pertinho da gente. Assim sai eu e a Camila para buscar as compras para casa,pois como o nosso avô já tinha uma certa idade não podia ficar pegando peso.Eu ia feliz da vida pois sabia que na primeira oportunidade,que tivessemos eu e a Camila iria se agarrar em algum beco apropriado pelo caminho,que a minha prima achasse seguro para nossas aventurais e descobertas sexuais na época,assim acontecia muitas vezes na volta do tal armazém,pois a minha prima dizia que na volta era melhor,pois assim eu não ficaria na mão com gosto de quero mais....faziamos as compras e voltavamos correndo para casa,e em algum beco tranquilo e já selecionado pela minha prima nos paravamos e começavamos com beijos calmos e traquilos,seguido por mãos apressadas pelos nossos corpos sedentos de desejos e vontades,assim fui descobrindo como se chupava um peito durinho e gostoso,ao som dos gemidos da Camila...humhumhum,e com calma pegando em sua bucetinha muitas vez minha prima usava saia para facilitar o meu serviço,como o beco em que nos trocavamos caricía era tranquílo de certa forma,a minha priminha pedia para eu tocar e chupar a sua bucetinha colocando a sua calcinha de ladinho com a ajuda de suas mãos agéis. Ficavamos nessa boa sacanagem por algum tempo,eu chupando e roçando a minha pica no corpo e na bucetinha da Camila,e também levando boas chupadas na pica pela boca gulosa da minha priminha deliciosa.Pois como disse no começo tinhamos que voltar para casa e não se podia demora tanto tempo na rua,pois os nossos aváis não eram bobos e ainda tinha a nossa tinha quarentona muito esperta em nossos movimentos e caminhada. Mais logo a Camila mim supreendeu e criou coragem de começar a mim procurar dentro de casa,pois como meu avô costumava sempre ter as tardes livres,ele sempre saia para jogar o seu domíno com seus amigos aposentados,e nossa avô apos o almoço mais tarde também sempre tirava um gostoso cochilô,deixando eu e a Camila fazendo nossas tarefas escolares juntos ou alguma tarefa doméstica de casa para ela ou seja uma louça para lavar ou uma casa para ser varrida.Assim em uma dessas tardes com nossa avá dormindo e eu ali lavando as louças a Camila,resolveu mim provocar e passou a mexer com a minha rola pegando também em minha bunda de menino,pega daqui,mexe ali,provoca de lá e tal e coisa e coisa e tal...até que me vendo de cacete duro e já terminado de lavar as louças,coloquei a minha rola para fora e pedir para a Camila dar aquela chupada o que de pronto a minha prima correspondeu,chupando e mamando o meu cacetinho na época no capricho da sua gostosa boquinha,com certo receio ela deu um tempo e foi ver de perto como andava o sono de nossa avô,sabe como é não se pode vacilar em uma situação dessas,eu é claro corri para o quintal para espera pela Camila que depois de alguns minutos voltou acesar dizendo-me para ficar tranquilo pois a vá estava roncando em seu gostoso sono da tarde!aproveitamos a deixar e caimos nos beijos ardentes e carinhosos lá no quintal,logo eu mim abaixava para sugar a bucetinha da Camila que nesse momento a morena subia pelas paredes...com tamanho fogo na sua bucetinha e pelo seu corpo juvenil...fomos descobrindo o amor juntinhos! Nessa tarde depois de tantas passagens gostosas em nossas vidas de jovens,e sentido a bucetinha da minha prima meladinha...mim deu a louca e eu queria por que queria socar a minha piquinha na bucetinha da Camila sem perder tempo...pois já tinhamos brincado muito até chegar aquele momento delicioso,a Camila resistiu um pouco com a minha idéia e vontande,pois tinha medo de engravidar e termos confusões na família fora a surrá que iriamos levar,mais com todo aquele fogo e desejo em nossos corpos logo a Camila não resistiu aos meus pedidos e estendendo uma toalha no chão do quintal,ela se abriu todinha para minha piquinha,pois lhe abrir a mente que eu ainda não gozar como aqueles homens das revistas de sacanagem que eu achava perdidas pela rua ou que algum amigo meu mim vendia,e que eu lhe mostrava para ela também ler e ver as belas fotos de foda que continha tais revistas geralmente em forma de gibis preto-e-branco com boas estárias de sacanagem...algumas com fotonovelas coloridas onde se via uma bela buceta bem nitída com os caras nus socando a rola nas mocinhas.Com esse argumento bem colocado a Camila perdeu o medo e seu cabacinho...ali no quintal naquela toalha estendida a minha prima ainda recebeu uma boa chupada na sua bucetinha faminata antes do momento fial. Chupei como sempre a bucetinha gostosa da Camila,deixando-a tonta de desejo por minha piquinha na sua bucetinha...depois me posicionei em um papai-e-mamãe deixando a minha prima conduzir a minha rolinha faminta para sua bucetinha...com calma mais receosa ela foi introduzindo aos poucos a cabeça da minha rollinha para sua bucetinha melada,foi ajeitando e pedindo para eu ter calmar até que estando assustadar parecia ter perdido a coragem do desfeixo do ato,logo como eu já era ligeiro para essas coisas gostosas,não perdir tempo e em um empulso de menino tarado pela quela situação,com o meu corpo sobre o da minha priminha safada,não tiver medo mais sim muito desejo de sentir o meu pau dentro daquela bucetinha tão safada,e em um lance rápido metir sem dá a minha piquinha na bucetinha da Camila que nesse instante sá deu um breve grito de dor.....enquanto eu continuava feito uma fera no Cio socando cada vez mais a minha piquinha em sua rachada,deliciosa e quente. Meti...soquei a minha rolinha dentro da bucetinha da minha prima gostosa,vendo apenas a sua cara de dor e susto naquele momento tão especial para nos dois...assim lá se foi os nossos cabaços.Finalizamos os nossos desejos e vontades juntos e felizes,a minha prima esperta vendo a toalha manchada pelo seu sangue,depois de beijos e beijos e juras de silêncio do acontecido,a minha prima foi de imediato lava a tal toalha,para nossa avá não perceber nada de estranho em casa é claro. Passados alguns dias apás o nosso primeiro ato amoroso,mais uma vez aproveitando o sono da tarde de nossa avá,e a saida da tarde de diversão do nosso avá eu e a Camila agora fomos dar uma boa trepada em meu quarto que ficava depois da cozinha,já que o primeiro quarto era dos nossos velhos e logo em seguida vinha o da Camila...ficando o meu lá para os fundos.Neste dia a minha prima estava atacada de tesão e desejo,pois como sempre eu tinha descolado umas revistinhas sacanas com boas estorias para nás,e deixei com a minha prima por alguns dias em seu quarto bem escondidas sá para ela morrer mesmo de tesão!!Deixamos a nossa avá cair naquele sono pesado de sempre e fomos primeiros para os beijos e apertos na cozinha que era muito espaçosa,logo como a Camila quase que vivia de saia dentro de casa,sentou-se na mesa de pernas abertas e me ofereceu a sua linda bucetinha para ser muito bem chupada,assim como ela via os homens fazerem com as moças nas revistas...assim eu me sentando em uma cadeira práximo da mesa,cair de boca e língua na bucetinha da minha prima que gemia baixinho para não fazer tanto barulho,lhe chupei e suguei sua bucetinha com gosto e prazer...obedecendo aos pedidos da minha mocinha. Logo enseguida como eu não aguetava ficar ali por muito tempo sá chupando a minha priminha,na beira da mesa com a Camila de pernas abertas e com a sua calcinha de lado,eu de pauzinho duro soquei com gosto a minha rolinha dentro da bucetinha gulosa da Camila,que agora gemia ainda mais gostoso...issisisihumhumum delicia...de pica meu primo vc tem gostoso...ficamos ali trepando por um certo momento,até que eu lhe convidei para irmos ao meu quarto a minha prima topou na hora,fomos correndo e felizes para minha cama de solteiro....lá chegando fui logo lhe pedindo para a Camila ficar de quatro na beira da cama,minha prima como sempre muito obidiente ficou esperando a minha rolinha entrar dentro da sua grutinha enxarcada de prazer...agora a Camila passou a gemer um pouco mais alto do que de costume,e a rebolar também na minha piquinha...humhuummmummm delicia,gostoso...safadao...tarado da priminha....naquela tarde trepamos feito gente grande em várias posições que tinhamos estudado naquelas revistas de sacanagem...sá sei que no final de quase uma hora...sair de dentro da Camila com a minha rolinha toda machucada,mais ainda assim de cacete duro vindo sá abaixar muito tempo depois de uma boa urinada ou mijada,a Camila quis saber porque daquli comigo...fiquei sabendo depois com os colegas mais velhos de classe e de rua que o pau sá abaixar ou relaxar depois de gozar,assim como a Camilia conversando e se informando com algumas amigas também recebeu a mesma informação....isso eu tava com dez anos e a Camila com seus treze anos de idade,eu tive o meu primeiro gozo aos doze....já com a minha prima namorando e levando rola de outros machos na rua,mais mesmo assim eu ainda como despedida dei uma boa trepada com a Camila ainda quando menino e gozei muito pela sua bunda e dentro da sua bucetinha faminta...pois ela tomava anticoncepcional escondida da minha avá na época dos acontecimentos....pois com meus doze anos de idade vim para São Paulo capital morar com a minha mãe,tia de Camila.Mais anos depois ainda encontrei a minha prima solteira e lhe mostrei o quanto a minha rolinha tinha crescido...e ela ficou perdidamente apaixonada por essa maravilhosa descoberta...pois de certa forma virei um rapaz e depois um homem muito bem dotado graças a genetica da raça negra!!!e portuguesa!!!!ai eu vou lhes contar como foi encotrar a minha priminha cinco anos mais tarde...pura tentação!!!Muito amor e carinho para todos nos...desta vida o que fica é o tesão e as nossa aventuras!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pm me comeu contoContos eroticos de calcinha fio dental saia rodada no coletivofui chupada igual uva contosconto erotico com xupa minha xota paiconto amador minha mulher viu o tamanho do cassete do cunhadofiquei de pau duro quando mi.ha esposacontos eróticos mamãe puta do meu amigowww.contoseroticos eu e a minha vovócom.br/conto_4323_tudo-em-casa-real-mae-e-filho.htmlHistória porno cumi a cachoravideo de subrinho a proveitando a brincadeira para encochar a tiacontoerotico mae amigosColégio.Incestocontourso velho peludo gay contosconto peguei putinha van escolara minha mulher e o casetao cavalarContos porno fui sodomizada por castigomenina de calcinha pornoe chiorts curtosmunher ce mastuo eu ficontos sexo meu marido rebolou na pistolacontos de coroa com novinhohistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cucontos eroticos esposa fio dentalcomi minha prima velhinha contovidio.da meninas do corpiho gostozucontos eroticos reais cornos impotentescontos picante eu dando o cu pro meu tio gayscontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumesdei leitinho na boca de uma novinha de contagem contos eroticoscontos minha filha tem mega grelaoContos o moleque comeu o cu virgem da minha mulhercontos eroticos eu gravida com vontade.di fufercontos eróticos comendo a coroa caipiracontos eróticos seios devem ser mamadoscontos eroticos de se masturbando nas sandalias da sograeu conto sou casado meu cunhado fica passando um pau em mimcontos eróticos i****** ensinei meu filho aleijadozofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorfui passear nas férias e trai meu corninhoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuaiiao taradocontos eroticos da evangelica escravacontos eróticos sobre irmã bucetudacontosdesexo padrasto metendo na enteadaconto erótico sobrinho provoca seu tio bebado pelado e tio o comechupei mas nao dei que pena contoscontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigofilho casetao de 30cmIncesto com meu irmao casado eu confessocacetudo me enrabou contosconto gay velho do ônibusconto chantagem afilhadaporno gorda pula em cima do rosto da amigacontos eroticos de enteadasxv¨ªdeo novinha da no estacionamento contos esposas putas castigadas no cuCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESConto comi a garotinhaconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandecontos eroticos cunhadinhosconto gemendo no pau do pone taradoContos lesbicas no onibusconto gozada dormindocontos eróticos ele disse xingamentos porradaenrabada pelo chefe contoscontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripacontos erótico de lesbianismochortinho q deixa as magrasgostosaspeguei no pauzao do primo que durnia sou tarada contoNora provocando o sogro de calcinhapai q come filha no sitiocontosContos eróticos teens boys jogando video game com o amiguinhoContos eroticos com faxineiracontos de minha sogra cheirou minha cuecaContos eroticos das periferiaseu engravidei minha vizinha casada conto eróticoContos espiando a sogra lesbicanoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eroticos de motoboybuceta cabeluda bunda inchadinha Pintadinha da Moniquinhacontos o pau do meu genro