Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMEIRO CUZINHO

Click to Download this video!

Meu Primeiro Cuzinho



Olá, caros leitores. Mais uma vez me faço presente para contar mais um episodio de muito sexo e prazer na minha vida.Como já foi dito, todos são verídicos!



Sou um endivido negro, 1.75, 90 kg, 17cm de pica e 25 anos de idade! Perdi minha virgindade com 19 anos e tive muitas relações sexuais, mas elas nunca me deixavam comer o cuzinho delas. Diziam que meu pau era muito grande, que iria doer etc. Eu acho o tamanho normal mas...eu sempre respeitava. Cheguei a pensar em ir ao puteiro resolver esse problema, mas deixei pra lá.



Uma bela noite, num pagode numa casa noturna na Tijuca, conheci uma menina chamada Lucia (fictício). Morena, baixinha (1.55), 50 kg, 20 anos, coxinhas grossas, uma boa bunda, um excelente par de seios e um rosto bonito. Papo vai, papo vem, resolvi azarar e peguei. Ela tinha um beijo gostoso, calmo, meio diferente. Mas o que mais me chamou a atenção era a pressão que ela fazia com a buceta na minha coxa. Chamei ela para dançar um samba (adoro dançar),eu a abracei firme na cintura, cheirei o pescoço e la estava ela, pressionando minha perna com a buceta.Aí me bateu:”essa baixinha deve gostar muito de uma pica”. A noite acabou deixei ela em casa e fui para minha casa, apenas trocamos telefones.

Saímos umas vezes, mas não rolou nada demais sá uns amassos. Até que um dia a chamei para vir no cinema e a intimei a dormir comigo (já éramos mais íntimos). Ela topou. Durante o filme, a coisa esquentou, minha pica parecia que ia rasgar a calça, ela apertava meu pau e dizia: “Caralho, isso tudo que me espera, to fudida!” Eu disse: ”relaxa meu amor, eu vou te comer gostoso e com carinho!”Ela estava de saia, bem curtinha, abriu as pernas e eu vim subindo com a mão por dentro da coxa ate chegar com meus dedos naquela bucetinha maravilhosa! Botei a calcinha para o lado e meti do dedo do meio (tenho a mão grande e dedos compridos), ela já tava molhadinha e se contorcia gemendo baixinho no meu ouvido dizendo: “vai meu preto, me fode com seu dedo fode!” Brinquei mais um pouco e depois tirei meus dedos, chupei todo o líquido e disse:” Calma meu amor, temos a noite toda!” Saímos de lá direto para o motel!

Chegamos ao quarto e começamos, tirei a blusa e, ela disse:”que delicia hein? Se aproximou de min me dando um beijo gostoso! Peguei ela firme pela cintura, levantei a saia e apertei-a na bunda, contra a minha pica que já estava quase rasgando a calça. Sussurrei no seu ouvido:”Agora ajoelha e mama minha pica minha puta!”Ela ajoelhou, tirou o cinto abaixou a calça com a cueca junto revelando meu mastro, e disse:” puta que pariu, que pica!” abocanhou com vontade...mamava gostoso a vadia, lambia meu saco, engolia quase tudo, engasgava com meu pau, uma delicia! eu dizia: “ahh caralho, que boquinha gostosa que tu tem hein?” Deixei o boquete um bom tempo. Terminei de tirar a roupa, tirei a blusa dela, o sutien, revelando um lindo par de seios, peguei por baixo e chupei gostoso fazendo ela soltar um gemido:”ahhh, que gostoso!”

Joguei ela na cama, tirei a saia e vi uma calcinha mínima vermelha (adoro vermelho), beijei em volta da buceta, entre as coxas, por cima da calcinha, ate que puxei a cacinha para o lado dando uma lambida em toda sua buceta, deixando ela louca de tesão. Depois afastei os lábios e expus seu clitáris que pulsava de tesão... chupei com vontade, enfiava a língua toda dentro daquela buceta raspadinha sá com uma listrinha de pelos (adoro esse tipo de desenho, eu que mandei ela fazer), chupava devagar aproveitando o momento... ela se contorcia dizia:”vai meu preto, chupa essa buceta! Que língua gostosa!” Eu dizia:”adoro beber melzinho de buceta sabia piranha, me da melzinho da!”

Mandei ela ficar de quatro pois queria chupar seu cu... abri a bunda e cai de boca naquele cu delicioso, apertado... enfiava minha língua quase toda nele, forçando mesmo.. ela gemia:”aiii, aiii, que gostoso, chupa meu cu vai cachorro!” Eu alternava entre o cu e a buceta, chupava o cu dedando a bucetinha, que já estava encharcada de tesão. Ela não aguentou e disse:” caralho, me come agora seu puto mete essa vara em min mete!” Obedeci na hora.. virei ela de frente segurei uma das pernas e meti devagar explorando aquela buceta, como era apertada! Fui metendo ate o final, engoliu tudo! Depois comecei a bombar mais forte...ela gemia:”vai meu preto me fode vai! Come essa buceta come, me arromba toda com essa pica!” Eu ficava com mais tesão e metia mais forte e, eu dizia:”caralho, que buceta funda que tu tem, gostosa, piranha, vou te comer a noite toda putinha!” Ela dizia:”então come porque eu gosto muito de uma pica!”

Deitei e ela veio por cima... ficou de pé na cama sá dobrou os joelhos, pegou minha pica, apontou na buceta e sentou devagar.. engolia tudo com vontade! Começou a sentar com força! Batendo com a bunda na minha coxa, (como fudia bem aquela baixinha) rebolava com um talento incrível... mandei ela virar de costas e continuar, linda visão daquela bunda subindo e descendo... minha pica entrava e saia num movimento constante...deitei-a sobre min segurando suas pernas, mandei ela relaxar enquanto eu metia e chupava seu pescoço e sua orelha, dizendo:”sente essa pica te fudendo sente, ta gostoso minha puta ta?” Ela dizia:” caralho garoto tu fode muito! Mete mais mete...”deitei ela de costas sem tirar a pica, afastei as pernas dela, vendo uma linda bunda e uma buceta arrombada, (nessa posição entra tudo e eu adoro) metia com vontade fazendo ela gritar:” aii porra, ta bantendo no utero caralho!” Eu disse aguenta cachorra eu sei que tu gosta!” Ela disse:” adoro, mete mais seu puto!”

Botei-a de quatro e enquanto metia na buceta, molhei meu dedo e comecei a bolinar seu cuzinho, sá na portinha, ela não disse nada, então comecei a meter um dedo..devagar sem pressa..

Não resisti e disse: deixa eu comer seu cuzinho deixa ( já esperava um não, como sempre), mas ai ela disse:” pô, vai doer, não tem lubrificante...” eu disse:” você que pensa”. Ela disse: “vc trouxe seu puto?”, eu falei: “claro, nunca se sabe...” ela falou:” então pega la!” (quase não acreditei, o dia tão esperado havia chegado) levantei peguei o KY no bolso da calça e voltei.. Mandei ela deitar de barriga p cima porque relaxa mais o ânus, chupei a buceta um pouco e enchi o cu dela de KY massageando com os dedos enquanto chupava sua buceta, ela gemia como louca:” ai caralho que dedo gostoso nu meu cu, alarga ele pra tu meter vai, deixa molhadinho...” me deixou com um tesão incrível... depois de um tempo me levantei e envernizei meu pau, punhetando devagar, mandei ela segurar as pernas, apontei na porta do cuzinho e, enquanto brincava com o clitáris com o polegar, ia empurrando e rodando a pica dentro do cu bem devagar.... mais um pouco.. ia entrando cada cm..botei ate a metade e esperei ela se acostumar... ainda brincando com a bucetinha comecei a bombar lento e curto... fui aumentando... ela gemia:” ai meu cú caralho, que gostoso porra!” Eu dizia:” que cu gostoso que tu tem, vou te arrombar toda sua puta! E metia mais forte e fundo... depois de um certo tempo eu já tava tirando até a cabeça e metendo ate o talo! Muito bom! Ela gritava:” vai meu preto, fode o cu da tua puta fode! Me arromba toda porra!” Eu sentia as pregas se desfazendo na minha pica! (sensação deliciosa por sinal), às vezes parava e contraia minha pica lá dentro alargando ainda mais fazendo ela grtar: “ai ta me arrombamdo porra!” Eu dizia:” não e isso que tu queira piranha, então toma pica no cu toma!” Tirei a pica e botei ela de quatro revelando um cu arrombado e uma buceta larga, ver aquilo me deixou com um tesão imenso, meti no cu, mais fácil dessa vez, e mandei ela brincar com o clitáris... fui bombando devagar, curtindo o momento enquanto ela gemia:” ai que pica gostosa no meu cu, assim eu vou gozar...” eu disse: “então goza pelo cu goza...” mantive a velocidade enquanto ela se concentrava, ela aumentava os gemidos:” ai caralho ta vindo.. ai ta quase.. vai gostoso não para!” Peguei pela cintura firme e continuei metendo...ate que ela anunciou o gozo:” ai caralho, mete que eu to gozando! Mete filho da puta, mete! AAAIIIIIIIIIIIIIIII!” Eu disse: gozou gsotoso foi? Agora e minha vez!” Peguei ela pelo cabelo e comecei a meter mais forte, dava tapas na bunda e dizia:” Vou encher teu cu de porra agora! Vou gozar la dentro!” Ela disse:” vai gotoso, me da porra no cu da!” Olhei pelo espelho e vi a cena, uma morena de quatro na cama, cabeça para trás, eu metendo no cú todo suado.. fiquei louco, meti mais rápido e disse: “ai caralho eu vou gozar, ai porra! Ela disse:” vai gostoso, da leitinho no cu da! Me enche de porra enche!” Eu disse:” ahh, ahhh, ai porraaaaaaaaa! Meti lá no fundo e gozei! Caí exausto ao seu lado. Ficamos em silêncio abraçados por um tempo.

Nos recuperamos e começamos a conversar, eu disse que esse tinha sido meu primeiro cu, ela ficou toda feliz e excitada também, disse que gostou muito e etc. Fudemos mais 2 vezes, comi o cu dela de todos os jeitos. ( aguentava minha pica sem reclamar, brilhante desempenho). Esse dia tive uns dos melhores orgasmos da minha vida. Ficamos saindo por um tempo, ela chegou ate a querer namorar, mas eu não estava a fim, ai paramos de sair. Hoje ela namora e nos falamos de vez em quando. Quem sabe rola de novo.

Espero que tenham gostado. Mulheres do Rio de Janeiro, á procura de um sexo bem feito e caprichado, ou somente amizade mesmo, favor enviar e-mails para: [email protected] Enviem comentários também, dizendo onde devo melhorar. Ate a práxima caros leitores!



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico esposa sendo duplamente penetradagarota de kize anos sedo em coxadacontos eroticos dormindocontos eróticos irmão e irmãcontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotomeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposacontos eroticos comi a bunda da minha tiaconto casa de praia estouro cabaçocontos de pura putaria entre pais e fcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacilindro meloso gostosop*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandecontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiaFoderam gente contos tennsMimha mae me obrigava dar a peluda para o picudoconto esposa viu amigo nucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafudi cm tds na praia contosconto sexo bandidos comeu eu e meu marido contos exitantes de sexo na marrra delicioso historias reaisConto eroticos sogra selmaconto menino eu era fudido pelos meninos negrosconto gay minha madrasta me viu vestir as calcinhas delacasada relutante cedeu desconhecidoconto erótico. eu minha esposa morando perferiaContos Reais Minha Mulher Me Chifra Com Pauzudoscontos eróticos 69 com ex cunhadasobrinha de 9 contoso pai da minha amoginha me comeu contosvai me arrombarEu quero filme pornô de uma dentista de saia jeans com avental bem peitudaO amigo dele me comeu contoscomi minha tia conto realistaselma melando a pica de cocorcommini vidio porno so rabudas epitudasconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotadoCasada viajando contosContos comi a racha da minha maecontoseroticosdegaysconto eróticos a patinha da minha sograconto erotico madrinha pediua patroa e a filha. conto eroticoContoserotcos surpresa para meu marido no seu aniversárioconto esposa mostra para molequesconto erotico dividir a pica do namoradocontos de coroa com novinhocache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html contos de comi o cuzinho da irmã na banheiragrelo xoxotudavideo d gostosa se ensinuando na camamenininha conto eroticocontos eroticos "minha namorada" "ela tentou sair"mae me seduziu de calcinha conto eroticoa novinha com cachorroxx.comcontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinhos vermelhoscoloquei minha sobrinha de quatro virgemcontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primachupada buceta contocontos eróticos cunhadaconto a coros e o jardineiro pauzudomeu pai fogoso contoconto ela estava no quarto nua e o sobrinho na salatentando escapar mas ficou sem as pregas do cuconto sexo casada proposta indecentedei o cuzinho é fiquei arrombandoela pegou no pinto dele na marra mais ele gozoucontos me vesti de mulherConto erotico aproveitei e forceiminha primeira transa lesbica com minha irmazinhacontos amigos esfregando o pau no outroConto erotico forçada a ser lebisca ou chupa ou leva porrandacontos eroticos gay mamando leite grosso do aposentadocontos reais eroticos na formatura casais