Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SESSÃO DE FOTOS PARTE 02

Click to Download this video!

continuação da parte 01





Ela chamou o fotágrafo, ele chegou perto dela, ela se ajoelhou frente a ele, e começou a desabotoar as calças dele, tirando para fora a rola dele, era uma rola meio marrom, ela estava meio mole ainda, mas já aparentava ter uns 19 ou 19 centimetros, mas era bem grossa a rola dele.



Ela com muita vontade e tesão abocanhou a rola daquele homem, com toda certeza, era a primeira rola que ela estava experimentando depois da minha, naquele momento meu sangue ferveu, deu vontade de parar com tudo, mas eu não tinha direito de fazer aquilo, e deixei rolar, e eu estava lá, sentado, vendo minha mulher na minha casa mamando um cara mais dotado do que eu, que loucura!!!



Ela engolia totalmente a rola dele, cuspindo dela e momentos fazendo um ritmo frenético com a boca, deixando ele fuder a boquinha dela, e em alguns momentos ela alternava, sugando o saco dele com a boca (o lazarento estava com a rola toda depilada igual ela gosta), ela o sentou na cadeira com as calças baixadas até o joelho, e lá ficou uns 5 minutos num boquete frenético.



Depois ele se levantou, pegou ela no colo e me perguntou onde era o quarto, pois queria comer minha mulher em nossa cama, eu lá com cara de corno, mas cheio de tesão levei eles até o quarto.



Nesse momento os papéis já estavam invertidos, eu tirando fotos deles, e ele aarando minha mulher.



Ele colocou ela na cama, baixou seu vestido até a cintura, e começou a beijava, com umas das mãos já dentro da calcinha da minha mulher, enfiando os dedos naquela buceta que até aquele momento tinha sido sá minha, ele alternava entre beijos e belas chupadas nos seios dela, e ela não se continha, tava louca, alucinada de tesão com aquele momento mágico para ela.



Ele acabou de tirar o vestido e o sutiã dela, e tirou a calcinha dela, e lá estava minha esposa, totalmente exposta, nua, nos braços de um jovem, e a boca toda babada de uma rola, que não era a minha, nesse momento eu já estava com a rola dura novamente, e a cada segundo ficava mais louco, enquanto fotografava tudo aquilo.



Ele a chupou até ela gozar tudo na boca dele, apás sentir o gozo, ele olhou pra mim e disse, agora aprende como se fode uma puta, para não precisar mais chamar outro macho pra dar conta da sua puta.



Ele se deitou na cama, de barriga pra cima e falou para a Ana, vem aqui agora cavalgar num caralho muito mais gostoso que desse corninho do seu marido, imediatamente ela trepou encima dele, ajeitou a pica do cara no ruma da sua buceta, e foi descendo vagarosamente, deu pra ver os lábios da buceta da Ana se abrindo, e alojando aquela rola daquele homem estranho totalmente dentro dela, até que ela engoliu a rola dele completamente com sua xana, e começou a rebolar aquela bunda, cavalgando com bastante força e vontade sobre a pica do fotágrafo, aquela sensação pra mim acho que era semelhante a uma droga forte que você usa, vem uma mistura na sua cabeça de ciúme, desespero, tesão, uma mistura de amor e ádio de mim mesmo, que não soube explicar, mas confesso que foi uma sensação muito prazeroza, acompanhar aquele momento, ele começou a bombar nela com bastante força, era a primeira rola que fudia minha mulher em toda a vida dela além da minha, ficaram por uns 5 minutos naquela posição,a cada cavalgada, dava pra ouvir a bunda dela batendo fortemente contra o escroto daquele lazarento que fodia minha mulher com enorme prazer.



Logo apás ele virou pra ela levantou as 2 pernas dela, escorou no seu ombro esquerdo, e começou a enfiar aquela pica de uns 19 centimetros,(totalmente dura), depois fez um papai e mamãe bem forte com ela, enquanto minha mulher era fudida, ela falava pra mim coisas do tipo, isso sim que é pica, olha amor, como ele fode gostoso, aprende com ele, fica vendo enquanto ele traça sua mulherzinha e aprende a me fuder direito, se eu soubesse que era tão gostoso assim, já tinha te feito corninho bem antes, nessa hora pensei: putz, transformei minha mulher em puta, ao mesmo tempo ouvia tambêm palavras do fotágrafo: que mulher gostosa você tem, que buceta apertadinha, imagina o cuzinho dela então, vou adora comer esse cuzinho, e tudo aquilo que eu ouvia, sá servia para me deixar mais louco de tesão com toda aquela situação.



Enquanto isso, a transa rolava em ritmo alucinando, o cara pegou minha mulher de várias formas, fez colinho do papai, colocou ela de ladinho e abraçou por trás, fudendo ela, e assim foram por aproximadamente uns 20 minutos, minha mulher acho que já tinha tido múltiplos orgasmos, e o cara guentando firme.



Ele em seguida colocou ela de quatro, e começou a penetra-la ajoelhado sobre nossa cama, aquele que até aquele momento era um lugar exclusivo nosso de prazer, mas que agora abrigava uma pessoa totalmente estranha estocando com muita vontade no meu amor .



Ele começou então a fode-la de quatro, enquanto ele fodia, virou pra mim e falou: vai lá corninho, pode colocar sua rola na boquinha dessa puta, eu deixo você fazer isso.



Então levei minha rola até a boca da Ana, que começou a chupar bem gostoso, enquanto ela chupava meu pau, sentia o corpo dela vibrar com as estocadas do fotágrafo fudendo ela de quatro, e assim ficamos mais um 5 minutos.



O Fotografo puxou minha mulher pelos cabelos enquanto comia ela de quatro e falou para ela:



Agora quero esse cuzinho gostoso seu, nessa hora pensei, putz, até a preguinha da minha mulher vai entrar na pica do cara, que merda, ela olhou pra ele e disse:



Eu deixo você comer meu cuzinho, mas enquanto você come meu cuzinho, meu marido vai ter que comer minha bucetinha, o cara aceitou no ato



Então me deitei na cama, e minha mulher trepou sobre mim, e foi descendo aquela rola já toda babada da rola do fátografo na minha rola, ela ficou parada por um momento, quando derrepente senti um peso extra, era o fotágrafo começando a investir no cuzinho da minha esposa, logo senti algo penetrando minha esposa, pois quando a pica do cara adentrou na bunda da minha mulher, eu senti uma pressão maior na vagina dela, e logo comecei a sentir as estocadas que o cara dava no cu da minha mulher, eu quase não conseguia me mexer, apenas estava lá, mas era o fotágrafo que fodia ela gostoso, logo em seguida ouvi o cara gritando que ia gozar naquele cuzinho, e logo ele começou a urrar, e era isso mesmo, o filho da puta tava jogando leitinho do cú da minha mulher, eu não aguentei e gozei também



Logo apás o cara gozar, tirou a rola do rabo da minha mulher e tirou a camisinha, fazendo ela limpar o rola inteirinha dele com a língua dela,



Apás isso caímos exaustos, levantamos e fomos olhar o resultado das fotos no computador, enquanto olhávamos, o tesão foi levantando novamente, a Ana convidou o fotográfo para um banho, durante o banho ele lavou o corpo inteiro dela, com gestos sensuais e sempre acariaçando a xana dela, logo ela fez o que mais gosta de fazer, fez um delicioso boquete nele embaixo do chuveiro, até ele gozar tudinho na boca dela, e pelo que notei, ela engoliu quase todo o leite do cara, apás saírem do banheiro, tomei meu banho e fui pro quarto, chegando la, o cara estava tirando mais algumas fotos dela, quando ele me viu, falou agora aproveita o que sobrou da sua puta, que vou fazer o que fui pago para fazer, tirar as fotos de você dois, transamos muito e intensamente, gozamos como nunca pela empolgação do momento, a essas alturas já eram quase 2 da manhã, colocamos um colchão no chão do nosso quarto, e o lazarento do fotágrafo deitou-se na cama da minha mulher, dormiram nus coladinhos, ele abraçando ela por trás, durante a noite, percebi que eles transaram mais uma ou 2 vezes, depois fiquei sabendo que o cara durante a noite repetiu o cuzinho dela novamente.



No Domingo acordamos e ficamos até o meio dia juntos, conversando e comentando o que acontecerá durante aquela noite, depois do almoço os 2 deram mais uma trepada e ele foi embora se despedindo de nás.



Depois dessa ocasião, nos encontramos mais 2 vezes, mas isso conto depois.





nosso msn é



[email protected], aceitamos contato com pessoas sensiveis e simpaticas.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos metendo com casalcontos incestos dividindo o filhoamarrada e amordaçada porno contos eroticosrelatos de comadre dando a buceta pro compAdretravesti gemendo a ponta da pistolacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafazendo swing sem meu marido saBer contosNamorada boqueteira contos cabonemeus filhos me foderam contosContos eroticos em estradacontos eroticos comecei no matotao novinha com doze anos mas adora cara mais velho contos eroticos bem putinhaconto erotico um arpertadinha sofredo e chorando Casa dos Contos Eróticos nora gostosa no banheiroContos erótico pombinha inchadacontos eroticos gosto de levar piça no cu e porradabuceta inchada da cunhada...contosTorei meu amigo contos eroticosporno bundas muitissimo leve ou seja molecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos veridicos de japa com negao de pau gigantecontos primeiro analmorena de micro vestidinho na estrada de carro da carona pró homem conto erótico terminando a reforma com esposacontos de coroa com novinhoSsssssss aaaaaaaiiiiiiiii gostoso gay transandocontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroporn contos eroticos enteada gangbangConto erotico eu e minha somos.puta do meu padrastoContos de novinhas perdendo a virgindadecontos do seu jorge pegando uma casadinhaContos de travestis pauzudosvagabunda estuprada contos.eroticoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casahttp://transei com meu primo da roça gay contos eroticosCaminhoneiro machão pauzudo e fudedor conto eróticosexe conto com foto enrAbei minha filia cravidacontos erótico menininha na trilha contos eroticos surubasconto erotico infanciacontos erotico a calcinha da voContoseroticos meninas novinhas estupradas pelo amigo do paiconto erotico era p ser so uma caronacontos enrabado na saunaSou magrinha e gosto de rolas enormes contos eróticoscontos tiachupa rolacontos eroticos carnaval sai de cuzao e shortinhoconto erótico "comeu meu marido "meu pai e meu tio me comeramContos de coroa dando por ser chantagiadacontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porraConto carona de trabalho leva amiga da minha mulherConto erótico arombada por um cavalo contos eróticos de empregadasBabando no pau do papai contoseroticosgotosa pede procara goza dentodelaContos eroticos pai espretado filha a tomar o banhocomtos de sexocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos uma tora para mim para minha filhacontos eroticos de penis de 10cmo preto fodeu-me contocontos de travesti no onibusconto de não aguentei a pica grande no meu cuminha vozinha tava chifrando meu avo com o mendigo contoconto estuprando a excontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadorconto eróticos espiando o meu paiconto erotico perdendo a virgidade com o porteirover treis mulle fazendo travesti cozaconto sou homem e dei o cu para meu sobrinhoContos de Velhos chupadorcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos meu primo me comeucontos eroticos minha sogra francisca