Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENCOXANDO NEGUINHA BUNDUDA BAIXINHA NO TREM

Click to Download this video!

Olá. Deixe-me fazer uma breve introdução neste meu primeiro conto.



Durante muitos anos fui Office-Boy e costumava pegar vários ônibus todos os dias. Isso me fez ficar craque na arte das encoxadas por muito tempo.



Infelizmente, esse tempo passou; mas não quer dizer que não continue encoxando ocasionalmente. Trabalho de roupa social todo dia, e costumo utilizar o transporte coletivo em São Paulo por conveniência e por prazer ;)



Outro dia, por exemplo, estava pegando o trem lotado, sem estar muito mal intencionado. Porém, o trem estava realmente lotado, e fiquei na parte que menos atrapalharia quem estivesse entrando: do lado da porta, mas não de frente para ela. Existe um pequeno espaço nesse local, onde estava eu e, do meu lado, uma mulher de jeans e virada de lado e de costas para mim. Eu e ela segurávamos no cano acima de nossas cabeças, e eventualmente ela dava alguns esbarrõezinhos com sua bunda em minha coxa.



Porém, no começo do corredor, quase do meu lado, estava uma neguinha meio gordinha, baixinha, com uma cara de poucos amigos, mas com uma barriguinha deliciosa que dava para ver o umbigo e uma bunda extremamente grande e redonda para sua altura (eu não sou alto, mas ela era mais baixa ainda!).



Fiquei secando demoradamente aquela barriguinha e aquela bundinha deliciosa, mas em nenhum momento saí do meu lugar inicial do trem. As pessoas é que iam passando para o corredor ou saindo dele.



A baixinha neguinha vestia uma pequena blusa aberta e um top, onde conseguia se ver sua barriguinha meio redonda com peitões bem generosos. Do lado de baixo, uma daquelas calças e moleton branca com figuras bem apertada. Uma delícia para encoxar, pois ela sente seu pênis se esfregando, e você sente a bunda dela, que no caso era um pouco mole mas com muita "sustância", do jeito que eu gosto.



Mas não tínhamos encostado um no outro ainda. Um senhor bem mais velho entrou em uma estação e resolveu encostar-se bem atrás da neguinha. Enquanto isso, flertava levemente com a outra mulher e sua bunda dentro do jeans.



Eis que entra mais uma mulher na jogada: uma negra de altura mediana e vestido alaranjado, que vai do ombro aos pés. Ela entra meio apressada naquela algazarra e eu deixo um pequeno espaço para que ela fique do meu lado. Ela vem com uma certa pressão e vai se colocando aos poucos na minha frente. Como eu já estava esfregando minha coxa em sua bunda, não grande, meio mole e que dava para ver o "meinho", ela foi cada vez mais ficando perto de mim, até que na práxima estação, que encheu mais ainda o trem, ela se agarrou no cano, ficando perto dele mas um pouco afastada, e eu fiquei bem atrás dela, já mirando meu pau bem no meio da bundinha dela.



Fique então esfregando e ajeitando meu pau atrás dela. Ele naquele dia estava mais virado pra direita, mas eu endireitei ele com uma mão e deixei bem de frente para o meio da bunda dela, pois minha posição estava bem "privativa" naquele trem, com ela sá pra mim, que, pelo jeito, estava gostando muito.



Então eu comecei a empurrar levemente para a frente e para trás, pros lados, no ritmo do trem, e ela foi levada junto comigo. Parecia que já estava estocando no meio daquela bunda que encaixada direitinho com minha altura.



Até que tive que dar licença para um monte de gente descer em uma estação intermediária. Isso fez com que eu fosse "espirrado" de volta do lado da negra mediana. Por outro lado, a neguinha baixinha já estava meio irritada com o velho atrás dela e se colocou na frente da negra de laranja, ficando com sua enorme bunda agora do lado do cano, quase onde eu estava.



Daí foi inevitável. Aos poucos parte da polpa de sua enorme bundinha foi se alojando do lado da minha coxa, e pelo jeito era exatamente isso que ela queria, pois estava indo cada vez mais ao meu encontro. Meu pau estava a riste, e ela em uma série de movimentos ajudados pelo trem, e eu, "indefeso" e sendo jogado do lado dela, encostei brevemente, mas deliciosamente, meu pau todo melado em volta de sua bunda reconda e deliciosa, molinha como eu pude constatar dando pequenas apertadas com a coxa.



A grande vantagem dessa vez foi que ela era bem baixinha, de forma que conseguiu passar de baixo do braço da negra de vestido, e se achegou mais perto de mim. Era uma neguinha bem safada, pois fingia que estava irritada com a situação, mas cada vez ia mais perto de mim.



Quando o trem saiu de uma estação e foi para a nossa, me inclinei e virei para o lado da porta. Ela fez a mesma coisa, quase se colocando na minha frente. Mas não foi dessa vez. Já estava extasiado e valeu a experiência, para quem não esperava nada naquele dia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico castigocontos eroticos com vizinhas casadasContos zoofilia traicoes caninaporno fode minha buceta vai étoda sua vaiahhhhwww condos erotiscos garotas mastubandoCorno em calcinha contoContos eroticos curtos com detalhes por detalhes falas e falas eu era uma menina virge de 12aninhos e um tarado me comeconto eroticos aniversario da minha esposa de 30 ano na buateconto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandosou novinha a timo porra contospegando em uma rola a primeira vez conto gayconto hetero dei o cu na academiameu amigo chantagia minha mãe. conto eroticopassou a pamadinha e epurrou no cu da esposaFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticoconto erotico mulher fodendo escondido no pomarconto erótico comendo o passivo de calcinhacontos erotico comido a forcaSou casada fodida contocontos eroticos meu exConto gozou muita porra no meu cucontos eroticos boqueteiraFlagasdeencestominha calcinha no banheiro contosvidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhaconto erotico mae ensinando Foderam gente contos tennsos viadinhoboquetetia gordinha espiando contosjoana meu sogro comeu cuMadre contos eroticobrincado de cavalinho conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaConto erotico Gay gozei dentro do cuCasa dos Contos Eróticos nora gostosa no banheirofui assistir filme acabei chupandoconto eonico de sexo analcontos eroticos dando pro vizinhogozei dentro da minha mae bebada drogada contos eroticosconto de quarentona a fuder com desconhecidoconto erotico gay jericonto de insesto fode essa buçeta meu filhoconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhouma semana de pescaria,contos eroticoscontos eroticos dormindo e acordando com cutucadascontos das danadinhas perdendo cabaçinhoSequestrei e estrupei conto eroticocontos eróticos minha nora cuidando de mimconto erotico sou viado e vendi meu cuO amigo dele me comeu contoscontoa eroricos minha mulher meu inimigocantos eróticos estrupada na frente da família econto fui na praia de nudismo so pra ve as buceta cabeludacontoa eroricos minha mulher meu inimigoMeu namorado virou corno contos teeneu minha esposa meu comadre ea comadre contoLua de mel contos eroticosfetiche mulher atola cueca no rabo do caracontos eróticos estrupada pelo professor de judoCasada viajando contosmão amiga trêm metrô onibus show contos eróticosMinha irma pos uma legue sem calsinha para mim ver contosminha esposa e o porteiro1contoeroticoscontoseroticos/minha tia e seu shortinho socadocoroa cintura fina e coxas largas e gordashttp://cafajeste comendo a medica casada conto eroticoconto erotico comi a professora do meu filhocontos eróticos enteada me provoca eu goza dentrocontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi elácoroas cavalas emsabuando travesticontos erótico putinha de zonaConto comseguir comer a patroaconto erotico casada carente badoo conto curto de travesti com hermafroditechupei Pau ee um estranho no ônibus conto eróticos conto erotico infanciacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoconto.meu sogro me fez viadinho na fazendavideornpossminha entiada me pega batedo uma punhetaesposa do amigo minha cadela contoputa do meu funcionário contopapai me ensinado mamar contosabaxar video porno de coroas de 20 anosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas gostosas dormindoconto erotico a senhoraconyor ele domou minha bucetaComtos casadas fodidas pelo patrao