Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O FILHO DO PASTOR

Click to Download this video!

Olá, eu sou o Fritz tenho 19 anos e sou de Manaus-AM. Vou contar uma historia que aconteceu em 2006 comigo e o filho do pastor da Igreja onde eu frequento. Vou chamar ele de "Maurício".



Bem, eu conheço o Maurício desde 2001, quando ele e a família passaram a frequentar nossa Igreja (evangélica). Apesar disso, nunca nos demos bem.

Ele sempre foi intolerante e isso nunca me cativou. Apesar disso, era o alvo das meninas... e meninos!

Morei em Goiânia e Rio de Janeiro por quase 3 anos. Quando voltei para Manaus, em 2006, eu o encontrei. Ele estava totalmente diferente do que eu havia eperado. Bonito, jovem e atraente. Tinha 19 anos e eu tinha 14. Continuava intolerante e chato.

O tempo foi passando. Fizemos uma boa amizade. Naquele mesmo ano, em Abril, tivemos um acampamento na Igreja. Eu e ele ficamos na mesma barraca. Eu jamais imaginava o que poderia acontecer ali.



Quando chegou a noite, conversamos bastante. Diversos assuntos. Ele queria saber como era o Rio e eu contava as minhas histárias pra ele. Ele tbm contava sua vida. Depois de conversar por quase uma hora, mudamos de assunto rapidamente e passamos a falar sobre sexo.



Ele queria saber se eu era virgem e eu confirmei. Ele também me disse que era virgem. Eu achava estranho, por ele ser filho de pastor deveria ser um exemplo. Achei mais estranho quando ele disse que tinha curiosidade de saber como dois homens faziam sexo.



Eu fiquei imensamente pertubado com a historia. Sempre achei ele bonito e até me imaginava transando com ele, as vezes. Perguntava pra mim mesmo se ele era um gay, ou se fazia aquilo pra me testar. Resolvi ficar na minha, pq não sabia o que ele queria e era melhor não arriscar.



Quando fomos dormir, dividimos o colchão. Vários garotos da Igreja estavam dormindo ao nosso lado e apenas nos dois estávamos acordados. Eu imaginava como ele seria pelado. Acho que ele imaginava a mesma coisa.

Quando eu estava quase dormindo, senti a mão dele passar de leve pelo meu peito. Meu coração quase saiu pela boca. Nunca tinha feito aquilo. Maurício era apenas meu amigo, embora eu sentisse vontade de ficar com ele.

Resolvi ficar quieto. Fingi que estava dormindo. Novamente ele passou a mão pelo meu peito e desceu até minha barriga. Eu suava frio. Vi quando ele levantou a cabeça e observou o ambiente, pra ter certeza que todos estavam dormindo. Eu tinha medo de que alguem pudesse ver, mas ao mesmo tempo queria continuar com a brincadeira.



Resolvi retribuir. Passei a mão pelos braços dele, o peito e desci até as coxas. Peguei nas partes íntimas dele e senti que o pau dele estava muito duro. Ele me apalpou. Coloquei a mão dele no meu pau e falei bem baixinho no ouvido: - Quero ficar com você!



Nos beijamos loucamente. Foi maravilhoso. Eu me masturbava e ele também. Queria transar com ele, mas tinha medo de alguem ver. Eu era virgem. Apenas nos beijamos e masturbamos um ao outro, até gozar.



Quando amanheceu, não tocamos no assunto. O dia inteiro foi assim. Não falamos sobre isso. Ninguém havia percebido nada. Quando anoiteceu, esperei todos dormirem e novamente passei minha mão saliente por todo o corpo dele. Ele já tava de pau duro e eu tbm. Ele chupou meu pau até eu gozar. Não gozei na boca dele, tinha medo de ele não gostar. Gozei duas vezes com ele me chupando.

Transamos loucamente. Foi meio mecânico, pq estávamos com medo, mas rolou e foi muito bom. Transamos sem camisinha. Eu adorei a sensação de enfiar meu pau nele.

Ele queria cavalgar em cima de mim, mas não era possível. Jurou pra mim que, quando fosse em casa, iríamos terminar o nosso amor.



Quando fomos embora do acampamento, eu senti um aperto grande ao observar a barraca onde eu havia dormido dois dias. Onde havia feito amor pela primeira vez, com um amigo, o filho do pastor. Eu mal sabia que, dali em diante, minha vida na Igreja e com meus amigos iria mudar muito. Não imaginava que o Maurício iria marcar minha vida não sá por ter transado comigo naquela noite, mas por ter despertado em mim uma grande paixão. Era o início de um amor, que durou 19 meses.



Em outro conto eu revelo outros detalhes dessa histária. Foram muitas transas que vocês vão gostar. Ah propásito, se quiserem meu msn é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu pai meteu conto gayminha enteada gost contosconto erotico velha rabudavi minha mae e minha irma fudendo com um cavalo conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casauma dp muita dor mais deliciosa conto.conto eróticos menina pobrecontos eroticos de enteadascomtos dei.pro pastor alemaohomens velho gay contoscontos observando os peitinhos da filhinhacontos eróticos transando com noracontos incestosna infância contos erotico defrorado pelo irmão mas velhocache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos dormindo com a tiaminha mulher pediu pra fuder minha enteada contoscontos eroticos comi a velha beatacontos minha buceta nunca mais foi a mesma depois que eu trepei com seu moacircontos eroticos exibida tomou sem do no raboFazendo uma suruba coma sogra e o sogro contosContos de estupro na praiaVIDIO PORNO MEU FILHO TEM 32CM DE PICAconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babara caminho da caichoeira deu o cu pro amigo neticonto gay carona rebolei calcinhaminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façocada dos contos eroticos abracei mamae e dei trrs beijo mamae carentecontos chupei e dei pro porteirona sauna com minha vizinha contosconto irmã peladinha dentro de casacontos eroticos dano banho no primocontos eroticos tomando conta de uma desconhecidaempregadinha rose contos eroticosconto eridico puta velhaContos eroticos danadinha colo do vvelho o tesão falou mais alto e fui corno contos filha peituda provoca seu pai de baby doll ele fudeu elavideos de morenas q botou atanguinha de lado e deu o raboencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contosCaiu de boca na xana contonoite maravilhosa com a cunhada casada contosconto muito gata quis anal dotadofoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1contos eroticos raboprimeira vez que dei o rabetãoContos de Capachos e submissos de garotasconto erotico a fazendera loira eo mulequevideo de homens nu de pau grosso e barriguinha salientecontos eróticos frio inverno geladoconto sou casadinha e adoro que negros metam no meu cuminha esposa deixa a buceta cabeluda e da pra o meu melhor amigo em relatosCasada viajando contosespoza esitada com. a pau do amigo do maridoesposa grupal com 18 aninhos contosirma vagabunda irmao caralhudo contos cunhado corninhoContos eroticos lesbicos massagista enfia dedo.na buceta da clientesainha olhava lesbicas contosconto trocando as filhasO que e aclauzacontos minha mulher olhando o volume do caracontos eroticos crentescontos gays o mimadomiminha oze aminho pidinho rola bucetaContos erotico gay a rola surpresa do amigo nerdso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticoscontofudi minha cunhadaFoderam gente contos tennswww.contos eróticos.com.br enrrabei a patroacontos eroticos fetiches. suzane deu pro paicontos com teens sentando na ro do pri com doze anosGostaria de ver contos eroticos de adolestentesquero história de homens vizinho um comendo o cu do outro pulando muro à noitenegras abrino o cu pra meter nele gostosocontos eroticos genro me fodeu no assalto aiii metexvideo porno cavalu comedo aeguacontos trai meu marido com um cara do pau grandecontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggContos eroticos menina sendo estrupada pelo irmao no matoconto erotico eu meu marido e o entregadoconto me comeram no trabalhopapai disse que me ama contos eroticosconto-eu pequena e sapekinhacontos eroticos de enteadasRebola no pau do papai contoconto eróticos minha patroa mim paga so pra chupar a xana delaPorn contos erotico corooa quue dizia ser crentepeguei no pauzao do primo que durnia sou tarada contocontos eróticos mulheres q chega em casa e o marido desconfia porque está arrombadaeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestomeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contovendi a buceta/contocontoseroticos minha sobrinha novinha gosava em silêncioContos eroticos/dp com a ninfetinhaContos erótico de lutinhaFoderam gente contos tennscontos eroticos mulher do meu conhadocontos eróticos fui pra casa da tia e meus primos me arrombaram