Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEDI AO MEU MARIDO...UM GAROTO DE PROGRAMA.

Click to Download this video!

Certa noite, eu e meu marido decidimos ir novamente a uma casa de swing e ver se finalmente conseguiríamos realizar a fantasia com que sonhávamos a muito tempo: EU TRANSAR COM OUTRO HOMEM ENQUANTO ELE ASSISTIA.

Decidimos que "teria que rolar naturalmente", que não forçaríamos nada.

Me arrumei com o tesão de quem vai a um primeiro encontro.

Coloquei um vestido preto com um decote profundo nas costas, colado ao corpo e é claro que sem sutiã e sem calcinha.

Sou loira, 1,60 de altura, peso 52 kg, seios pequenos e com

1,00 de quadril,os quais ficaram bem marcados com o vestido, tanto os bicos do meu seio (que são bem rosados) como a minha bunda, que é bem desenhada.

Já chegamos lá meio alegres, mas confesso que ficamos um pouco decepcionados, pois como chegamos tarde a casa estava bem cheia e a maioria dos presentes estava ocupado ou "muito empolgado", portanto a nossa idéia de "deixar rolar" tinha ído por água abaixo.

Mesmo assim decidimos aproveitar o clima, nos tocamos, assistimos algumas transas loucas, bebemos e fomos nos excitando ainda mais.(a casa estava tão cheia que não dava nem para dançar, nem para ficar andando).

Quando decidimos ir embora, eu que tanto tinha imaginado outra rola me comendo, estava tão cheia de tesão que pedi ao meu marido que fossemos em busca de um garoto de programa.

Fomos a região dos Jardins ele parou o carro práximo a um grupo que estava conversando.

Meu coração estava disparado, um misto de excitação, ansiedade e nervosismo.

Um rapaz veio até o carro e aceitou nossa proposta.

Subiu no carro e começou a acariciar meus seios, enquanto sussurrava em meu ouvido.

Seu nome era Edu e como garoto de programa era bem sexy e atraente, além de ter uma voz que me deixava arrepiada.

Chegamos ao motel e confesso que estava bem nervosa.

Ele conduzia tudo, sugeriu que eu bebesse algo leve para ficar mais relaxada e começou a acariciar mais o meu corpo.

Eu estava ajoelhada na cama, ele atrás de mim e meu marido em pé ao lado da cama.

Comecei a acariciar meu marido enquanto ele me acariciava.

Meus seios ficaram completamente arrepiados enquanto ele me alizava com suas mãos e sua rola,e eu olhando para o meu marido que assistia extasiado.

Foi muito rápido e de repente senti sua rola entrando fortemente em minha buceta, socou bem forte causando até um pouco de dor, mas o meu tesão falou mais alto e não pedi para parar.

Estava de quatro na cama com um homem me fodendo e meu marido assistindo a tudo e perguntando pro Edú se eu era gostosa.

O Edù dizia que muito e me fodia com mais força ainda.

Então meu marido disse que eu gostava de trepar em cima de uma rola, para ele deitar e eu sentar no colo dele.

Sentei naquela rola gostosa e pude controlar melhor os movimentos.Rebolava, me esfregava nele enquanto os dois faziam vários elogios da minha performance.

Olhava para o Edú, enquanto sentia sua rola entrar e sair da minha buceta, que estava completamente molhada, e senti uma vontade louca de beijá-lo.

Meu marido do nosso lado batia alizava sua rola.

O Edú dava uns tapas em minha bunda e me chamva de vadia gostosa, safada e eu simpesmente delirava de tanto prazer.

Confesso que gozei rapidamente alí, sentada naquela rola gostosa que me comia com muita vontade e me dava tanto tesão que eu queria mais.

Então pedi que ele comesse meu cú, ele rapidamente me virou colocando-me na beirada da cama, contornou meu cú com o dedo e me comeu deliciosamente.

Eu pedia Edú come o meu cú e ele o fazia maravilhosamente.

Sei que ele também estava com muito tesão, pois quando a rola dele saía do meu cú ele rapidamente trocava de camisinha e punha de novo.Socava tão gostoso em minha bunda que até hoje bato punheta lembrando dele.

Seu corpo tremia e sua respiração estava bem ofegante, assim como a minha,ele socava a rola cada vez mais gostoso e batia em minha bunda.

Eu olhava para o meu marido que a essa altura estava deitado na cama e batendo punheta e pedi para o Edú não parar.

Minha buceta estava tão molhada que eu sentia escorrer e molhar o lençol, gozei novamente alí feito uma vadia, com outro homem comendo meu cú e meu marido assistindo a tudo,então ele disse que iría gozar e perguntou aonde eu queria, respondi que nos seios, me virei e pude assistir aquele jato quente e branco que jorrava com tanto força no meu corpo,seios,pescoço e no canto de minha boca.



Bem ainda não foi desta vez que fiz minha primeira DP,nem a filinha (como gosto de dizer para meu marido)sei que acontecerá em breve e depois contarei como foi.



Até mais.

Rebeca.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comendo a cunhada linda das coxas grossas e peitos lindos contos eroticossuruba dios cachorro macho dando o cu conto erótico homem gordo nojentocontos erotico viciadinha em chupa picaContos eroticos exibindo para o vizinhocontos eroticos amigo gay inicioucomtoerotico banho na filhinhacontos eróticos de meninas que se descobriram entremadame currada no mato contoMulher negra fodendo com o sogro contoscontos erotico com cavalogozaram em minha boca durante a viagemcontos de metendo em uma peluda ruivaquantos ticos a mulher cosegue colocar no cucontos de coroa com novinhoconto erotici curioda de senrtir im vibradorcontos eróticos gay lambendo rabo peludo de machocontos eróticos adotiva novinhaConto erotico de incesto cuidando das amiguinhas da minha irmacontos eroticos - isto e real. parte 3comtos eróticos de fazemdeira com animalcontos eroticos promessadei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoconto erótico eu e meu primo renatoconto minha mulher colocou um piercing na bucetavídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhocontos eroticos minha filha e sua amiginha travesty de 12 aninhosContos Eróticos podrecontos e feitiches homem q adora uma mulher mijando na calcinhaconto erotico um arpertadinha sofredo e chorando conto erotico gay coroa pirocudo gosta de humilhar viadoMinha esposa arregaçadasfiz ammor com minha irmavideo porno colocando minha sobrinha pra chupar em salvadorcunhada gotosa dano o cu na cuzinhano cuconto amor de cornoO coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticofui iniciada em zoofilia desde pequenaconto dpencostou-me na parede contoscontos eroticos gay iniciocontos sado marido violentosconto e foto da Branquinha casada e g*****conto esposa sarrando no forróconto casada na academiatias gostosas de calcinha contocontos eroticos adolescencia gayfogosas do funk de sainhavovô lubrifica o pau come o cú da netinhao que sua esposa achou do menage femininocontos minha esposa bunduda dandoo cu pra caminhoneiroscontos eróticos de mulheres casadas de BiguaçuIncesto com meu irmao casado eu confessocomtos etotico meus.amigos comeram.minha maearronbando minhas 3filhas a forsaconto erotico com imagens impregada com o irmão da patroa de pau grandecontos eróticos minha tia virou p*** do seu sobrinhogaroto.burrinha.zoofilia.contoTo virando puta contosJá trai meu marido e dei o rabome depilei pro carnaval contosconto herotico com amig do nsmoradomelhores historias porno´ detalhe por detalheMeu namorado virou corno contos teencontos eroticos comi uma coroa chamada nilzaminha filha e meu genro vieram me visitar bucetaSou casada fodida contocontos/minha filha esfolou meu paucontos no orfanato gaycontos gorda feiapatricinha safadas se lambendocontos eroticos dando pro vizinhocontos eróticos virei fêmea louca por leitinhoSou casada mas bebi porro de outra cara contos