Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TREPANDO COM MEU PRIMO DO INTERIOR

Click to Download this video!

Certa vez, meu primo que morava no interior do RS veio passar uns dias em minha casa. Na época ele tinha 26 anos e eu 17. Não era um primo que eu tivesse uma amizade, pois era a segunda vez que eu o via. No dia que ele chegou, eu não estava em casa, tinha ido ao cinema, quando retornei, vi um rapaz, muito bonito, e muito gostoso, vendo TV na sala.

Deduzi que era ele, mas como fazia muito tempo que não o via, achei ele bem diferente. Tava bem malhado, com um corpão bem legal e umas pernas muito grossas, bem torneadas. Ficamos conversando um tempo e ele me falou de sua vida, e da sua vontade de vir morar na capital. Minha mãe falou que ele poderia morar conosco até conseguir um apartamento e tal. No início não gostei muito da idéia, pois teria que dividir meu quarto com alguém que não conheço direito.

A noite fomos dormir e ele falou que estava acostumado sempre a dormir pelado, mas que por estar em minha casa, dormiria de cueca e me perguntou se tinha algum problema. Respondi que não e que por mim, se ele estivesse a fim de dormir pelado que poderia. Ele agradeceu e tirou a cueca. Fiquei estático ao vê-lo pelado. Seu pau, mesmo mole, era grande e grosso. Eu falei que iria trancar a porta do quarto para evitar que minha mãe entrasse e o visse pelado, e ele achou melhor também.

Nos deitamos e conversamos um pouco e eu logo peguei no sono. Era madrugada quando eu acordei para ir ao banheiro. Para isso, eu tinha que passar por cima dele, pois seu colchão estava bem ao lado da minha cama. Acendi o abajur para poder ver melhor onde pisava e vi que ele estava de barriga para cima e com o pau levemente endurecido. Fui ao banheiro, e quando voltei, ele estava com o pau bem duro. Era grande, grosso e com uma cabeça enorme, tipo cogumelo. Fiquei olhando por um tempo, apaguei a luz e tentei dormir, mas não conseguia. Eu não parava de lembrar a visão do seu pau duro. Ai, eu me virei para o lado que ele estava deitado, e passei a mão levemente por cima e toquei na cabeça do seu pau. Ele deu um suspiro e eu parei de passar a mão com medo que ele acordasse. Passei o resto da noite sem conseguir pregar o olho.

No dia seguinte, eu passei o dia inteiro fora, por conta dos estudos e do curso que eu fazia na época. Retornei para minha casa por volta das sete da noite. Ao chegar, ele me avisou que minha mãe iria para a casa de uma amiga dela que morava muito longe e por isso dormiria lá, retornando sá no outro dia.

Tomei um banho, jantamos e depois ficamos vendo tv. Como estávamos sá nos dois em casa, ele ficou o tempo todo pelado e eu sá de cueca. Sugeri que dormíssemos na sala, assim poderíamos ficar vendo tv até tarde e ele topou. Falei que colocaria um colchão de casal para nás dormirmos, ele disse que não tinha problema. Coloquei no meio da sala e nos deitamos. Apaguei a luz e deixei a tv ligada, mas eu nem prestava atenção no que passava, pois ficava pensando no pau dele duro. Dormimos com a TV ligada, e eu acordei no meio da noite e ele tava de costas para mim. Tentei ver se ele tava de pau duro e sem querer acabei esbarrando nele. Ele acordou e eu fingi que estava indo ao banheiro. Quando voltei, ele tava de barriga para cima, de pau duro. Não sei até hj se dormia ou se fingia dormir. Me deitei e fiquei de costas para ele. Não demorou muito, ele virou de lado, e seu pau bateu de leve na minha bunda, o que foi suficiente para me deixar de pau duro. Eu, fingindo dormir, cheguei mais para perto dele e seu pau tocou de vez nas minhas coxas. Ele começou com movimentos leves, fazendo com que a cabeça do seu pau ficasse no meio das minhas pernas, entrando e saindo. Não agueitei e passei a mão, senti que seu pau tava duraço e levemente babado na cabeça. Me virei e vi que ele estava acordado, então comecei a chupar o pau dele e ele gemendo.

Ele dizia “chupa meu caralho bem gostoso”, e eu chupava a cabeça, depois colocava o que cabia na boca. Acho que o pau dele duro deveria ter uns 23cm. Quanto mais eu chupava, mas ele gemia. Eu tava adorando, era um pau muito gostoso. Então ele me disse para ficar de 4 que ele queria me comer. Fiquei meio com medo, pois além de ser grande era bem cabeçudo. Ele disse que colocaria devagar, que não era para eu me preocupar então deixei. Passei um pouco de gel lubrificante que eu tinha e ele começou a tentar me comer. Não entrava, pois a cabeça era muito grossa. Ele foi tentando, tentando até que entrou a cabeça, e eu vi estrelas. Começou a doer e eu pedi para ele tirar ele enfiou todo de uma vez. Ai ele ficou parado para que eu acostumasse. Depois começou com os movimentos de entra e sai bem devagar e eu fui acostumando com aquele volume dentro de mim. Ai começou a ficar gostoso e meu tesão foi aumentando cada vez mais. Depois ele deitou de barriga para cima e pediu para eu sentar em cima, o que fiz com muita vontade. Sentei e fiquei cavalgando durante algum tempo e ele gemendo, me chamando de viadinho gostoso, dizendo que se ele fosse morar conosco, que iria me comer todas as noites, e eu adorando. Sentia seu pau latejar de tesão dentro de mim, até que ele não se aguentou e gozou forte dentro de mim. Era tanta porra que escorria pelos lados, nos melando todo.

Depois que ele gozou, fomos ao banheiro para nos limparmos, mas eu não tinha gozado ainda. Ficamos no Box tomando banho juntos, ele me passando a mão e me chamando de viadinho gostoso, dizendo que meu cu era uma delícia e ficou de pau duro de novo. Pediu para que eu o chupasse pois ele queria me dar leitinho na boca. Me agachei e comecei a chupar ele de novo. Acho que fiquei uns 19 a 20 minutos chupando ele, lambendo as bolas dele, esfregando minha cara nos seus pentelhos até que ele me disse que iria gozar de novo e que era para eu tomar todo o seu leite. Quando ele começou a gozar eu também gozei. Engoli todo o leite dele, que foi bastante.

Terminamos de tomar banho e fomos nos deitar. Dormimos abraçados e de manhã, quando acordamos, repetimos tudo de novo.

Ele ficou uma semana em minha casa e transávamos todas as noites, de todas as formas. Mas o pai dele acabou adoecendo e ele teve de voltar para a sua cidade. Nunca mais nos vimos pessoalmente, sá nos falamos, e muito esporadicamente por telefone.

Mas valeu o tempo que ele ficou aqui em casa, foi muito bom mesmo.

Curto muito fazer sexo com outros caras. Se alguém de Porto Alegre quiser entrar em contato meu email é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gays o mimadocontos eroticos feminino cunhadocontos as tetonas de vovoconto erótico padre comendo paroquianaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eróticos heterossexualcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos vovó safadavisão dos sonhos dos cornoscontos eroticos de patroa velha pegando empregada chupando boceta ate gozar na bocamulher massagista escorregar o dedo na xota da clientetia gordinha espiando contoscontos, minha filha e suas amiguinhascontos herodico de vadia sendo arromba por um cachorroxoxota as infinitasxvidio filme porno gey fransino afeminado de causinha dando o cuzinhoFui ajudar a desconhecida e acabei fudendo ela, conto eroticosou novinhalevei pica d varios contoConto erotico negra com negrocontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostosocontos eroticos comendo a mulher do meu cunhadoFoderam gente contos tennsconto incesto fodendo no onibus cheio minha tiapunheta para sogra contosconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetaconto viúva fogosame mostre a foto de Samara levando pica do genro do sogro Samara levando pica do sogro minha mostra o 2 ao vivocontos a pica do comedor pingandovizinhaecoroaContos de sexo en onibusemprestei minha esposa putariaeu punhetei um estranhocontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistamarido chupando a x*** delacontos eroticos de incestos dormindoConto comseguir comer a patroacontos eroticos sobrinha rabudacontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anosentão toque consulta paciente e chupa b***** no pacientepai sempre brincava com seus filhos de tirar a toalha e sair corrwndo e um certo dia fez sexo com sua filha no banheiro contos eroticoscontos eroticos de maes prostitutas com seios enormes com filhosrelato de mae dando a buceta para o filhocontos eróticos de velhas crentes donas de casaconto erotico cobrador casada lesbicoporque.que.depois.que meu namorado chupou os meus peitos eles ficaram com o bico descacandocontos freirinhaTatuagem na xoxota contosmamae fudeu comigo contocontos porno esposas estuprados submissoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas com salto dormindoconto erotico gay bebendo leitinho do padrastoCasada viajando contoscontos eroticos o porteiroContos eroticos transimagens de conto de homem macho transando com lojista machocontos eróticos de bebados e drogados gayslanny_contoscontos eroticos mamae cuzudaconto erotico gay deixei meu genro com tesao e ele me comeucontos inocentes tapascont erot casada assusta ao ver pintao do negaoconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhoporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cedervou contarcomo transei com minha primacontos eróticos arregaceicontos punheta filho sobrinhoencoxada onibus apagado contoscontos incestos dividindo o filhoContos Sexo teen amador Menino Novinho gay Fazenda Do tio peão banho no cavaloconto erotico meu avoViadinho Loirinho O Pedreiro tirou meu cabacinho contos eroticoschupei a pica do colega de escola eu gostei sou gayContos namorada e o velhomomento papo de mÃe pornocontos erotico pirocaoconto erorico eu era cadela do meu macho ele me fudia segurando minha coleraContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAcontos escondido no churrascoContos eróticos arregacei o cú da noiadacontos eróticos verídico no escritórioamiga lésbica tira a calcinha da amiga com Statecontos de fingindo dormir