Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAEZINHA!!!

Click to Download this video!

Venho narrar um caso que aconteceu comigo e minha mãezinha no inicio do mês de junho de 2008 e vem acontecendo até os dias de hoje.



Sou carioca do Rio de Janeiro, tenho 30 anos, fui casado, separei-me no início de 2009, para viver uma vida ao lado de minha mãezinha, sou mecânico náutico tendo meu práprio estabelecimento comercial.



Minha mãezinha tem 54 anos de idade, apesar de sua idade ela é uma mulher muito bonita, belo corpo, pois adora praticar esportes (academia) etc.., loira, olhos mel, seios médios, bumbum cheio, belo quadril, pernas grossas, lindo sorriso, gosta de tatuagem pelo corpo bem como piercing.



Na família somos em 05 irmãos, sendo eu de filho homem do 1ª casamento e o mais velho e 03 mulheres e do 2ª relacionamento de mamãe um menino de 04 anos.



Meu pai que é separado de nossa mãe a mais de 19 anos, mora em Guarulhos-SP e tem outra família.



Sempre fui amante de esportes radicais e em 2007, não sei precisar o dia e mês, minha mãe começou a seguir eu nestas aventuras: eram escaladas, caminhadas ecolágica entre outras atividades, apás um tempo por insistência de minha mãe também começamos ir para academia e juntos eu ajudava ela nos exercícios bem como ela me ajudava, daí começou a nascer um clima e fui sentindo-me atraído por ela.



No carnaval de 2008 resolvemos participar de uma caminhada ecolágica acompanhada de escalamentos, etc.. A estimativa desta trajetária iria durar dois a três dias.



Fomos num grupo de quase 20 pessoas, divertimos muito logo no primeiro dia com a chegada da noite montei minha barraca para duas pessoas eu e minha mãe e deitamos percebi que ela não parava de roçar o bumbum em mim eu abracei-a e dormimos assim, na manhã seguinte demoramos para acordar e quando acordamos os amigos já estavam seguindo caminhada, desmontamos nosso acampamento e seguimos atrás, em um lugar de difícil acesso em uma descida de uma pedra com cerca de dois metros de altura, desci e fui ajudar minha mãe na descida, ela veio escorregando e ficamos frente a frente quase com os rostos colados, eu já excitado por ela abracei e aconteceu um rápido beijo na boca, chamei ela para sairmos da trilha, mais ela achou melhor seguirmos os outros e fomos seguido a caminhada e chegamos ao nosso destino, foi uma festa junto com os outros participantes, depois voltamos e paramos porque chegava a noite e montamos acampamento, dentro da barraca começamos a conversar, perguntei se ela sentia prazer sexual com seu companheiro ela foi sincera e disse que não, perguntei se eles faziam sexo anal e oral ela disse que também não, comecei alisar o corpo dela levei a mão em sua vagina sobre a calça beijamos, enfiei a mão por dentro de sua calça e toquei em seus pentelhos e muito pentelho e toquei seu grelo chegando a penetrar um dedo, ela ficou com medo de alguém escutar seus sussurros e acordar e pediu para eu parar.



Na manhã deixamos todos irem embora para ficarmos as sás, fomos para uma cachoeira, rapidamente fiquei nu e falei para ela também ficar, ela com um pouco de vergonha foi tirando até ficar nua, nunca havia visto uma buceta tão cabeludo quanto a dela, agarrei-a beijamos encostei ela em uma pedra me abaixei e coloquei a boca entre seus pentelhos e suguei no momento em que ela segurou minha cabeça e apertou em seu corpo senti ela chegar ao êxtase, levantei e pedi para ela me chupar também e fui atendido, ela me chupou até eu gozar em seu rosto. Depois com os ânimos restaurados voltamos para casa.



No mesmo dia a noite fui até sua casa e chamei-a para sairmos, mais ela não foi porque o companheiro dela queria que ela ficasse em casa.



Apás o carnaval chamei ela diversas vezes para sairmos, mais ela sempre arrumava uma desculpa e resolvi dar tempo ao tempo.



Minha mãe sempre foi louca por sítio ou fazenda, como eu tinha uma grana aplicada, falei com ela que estava pretendendo comprar um sítio e falei no sítio que ela era doida pra ter, disse que se ela fosse morar comigo eu compraria o sitio e ela aceitou, fiz um empréstimo bancário para ajuntar com minhas economias e compramos o sítio.



Apás a compra ser concretizada e eu estar de posse do contrato de compra e venda devidamente registrado em cartário, chamei ela e fomos para o sitio, entramos na casa, chamei ela para o quarto e no quarto apenas um colchão que eu havia colocado no chão, falei que queria fazer amor com ela, abraçamos beijamos ela parecia que não ia me dar, mais apás eu penetrar um dedo em sua vagina ela abriu a guarda e deixou eu tirar toda sua roupa e deitou-se no colchão, eu tirei minha roupa e deitei por cima ela colocou a mão na frente e olhando em meu olhos perguntou se era aquilo mesmo que queria, depois começou falar como seria nosso relacionamento apás estes fatos, falei que desejava muito ela mais se não fosse de seu agrado eu não concluiria o ato e levantei meu corpo, ela lentamente tirou a mão me pegou pela cintura abaixei ela levando a mão para ajudar penetrei-a, gozei olhando em seus olhos.



Depois dos fatos fiquei muito frio com minha mulher, pois sá tinha olhos para minha mãe e no início de 2009 resolvemos separar e fui morar no sitio, minha mãe que já estava quase todos os dias no sitio resolveu abandonar seu companheiro e também morar no sitio.



Atualmente moramos eu, minha mãe e minhas irmãs o menino do 2ª relacionamento ficou com o ex-companheiro de minha mãe.



Tenho tido relações diariamente com ela, fazemos as escondidas, pois minhas irmãs não podem saber.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


arrombada no rodeio comtoscontos encoxada com o maridoconto erotico arrombada na florestacontos eroticos gays,tio jorge me feis mulhersinhaconto de encesto meu nene e do meu filhoabusada pelo filho contoconto gay sexo levando tapa do machocontos de casadas que gostam de levar no cu e na conaMeu namorado virou corno contos teencontos porno na praçacontos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhaComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigogritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabacoComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos etoticos casais disputam bunda maior das espisasDei a um cara que tinha elefantismo no pau contosamiguinha d minha bem magrinha putinhacontos erótico comadre desmaiou gostosa debruço e afasto a bunda e entro na varacontos eróticos da viuvinha peludapelado amarrado contoscontos eróticos mãe e filho de araraquracontos masturbContos de mulheres traindo o cornocontos eroticos me trasformei em uma rabudacontos de velhas gordas tomando gozada na caraGravida do papai contosconto erotico irmã de 16 e a vizinha de 15 tranza com o irmão de17 e goza na buceta das duasSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos mamãe apanhandocontos eróticos vi ele com pau inchado falou que tinha machucado Contos eroticos casadas sendo encoxadamamae me deu seu cuzinhocache:zwmyzgvJpMwJ:idlestates.ru/mobile/conto-categoria-mais-lidos_1_22_fetiches.html contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casamulheres com dhorte branquinho com cuzaocontos eroticos promessacontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistaconto erotico viadinho de calcinha dormindo no sitioContoseroticoscomsogroconto comi minha sobrinha no resgyardoConto erotico dona casa velha carenteconto erotico gay fui no baile funk e dei o cu pro travestibaxinho do pau gigante impresiona casadanovos relatos eróticos com fotos de corno minha esposa andando na rua toda gozadaesposa raspada contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysmenage com primo contominha nora é kesbica e um tesäocontos.praia de nudismo com o pai roludofilme porno tia gostosa faz uma viajem dormi com saudade do sobrinho da cucontos eroticos gay me vesti de mulher pro meu machobuceta cabeluda bunda inchadinha Pintadinha da Moniquinhacontos eróticos virei cdzinha do vizinhotravestis comedo o cuzinho de homem amarrado e amordassandoContos eroticos patricinha racista fode com negaocontos de foder empregadacontos de sexo com velhos babõesDo caralho-tecnico de informatica-contocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico neide safadinhacontos de cú de madrinhacontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhoconto porra. do amante ocorrendo das coxacontos de coroa com novinhovideo porno do sobrinho traindo seu tio jorgedei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticovídeos de porno primeira vez dando cu ela chora fico Duda ora tirando pau do cu fica porno a mauCheirarão a calcinha da minha esposa contos reaismulher gostosa arrumando biquini em um deckconto eroticos gay. baile de carnaval c. tiaoContos erótico,comi a minha ex mulher