Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASA DE TIOS, PRIMOS UM PERIGO 1

Click to this video!

caro leitor eu recomendo ler o outro conto que escrevi com o mesmo titulo desse aqui que la tem todas as explicações nesseçaria ja fala a todos que por ventura vier ler esse conto .

bom depois daquela noite em que meu primo joão tentou colocar seu monstro no meu cusinho e não conseguiu, eu levantei de manha e ainda estava com o meu cusinho dolorido e logo eles levantaram e meu primo ~joão se arrumou e foi correndo trabalhar, meio dia voltou correndo, me trouxe um sonho e beliscou alguma coisa na cosinha e ja ia voltar correndo pra padaria quando me disse lucia a noite eu vou jogar bola la na quadra e voce quer vir ? claro que quero, então se apronte antes de eu chegar se não não vai dar tempo ta e voltou correndo, eu fui ver ele jogar bola e ele me apresentando para seus amigos, essa moça linda é minha prima ta e voces se comportem e me façam o favor de não ficarem falando palavrão, aquilo pra mim foi o maximo, no dia seguinte era sabado e ele ia trabalhar até meio dia e me chamou pra irmos na casa de um amigo que morava do outro lado da cidade, eu fui, no caminho de bicicleta ele pedalando e eu na garupa e conversamos até atravessarmos a linha do trem e entrarmos numa estrada deserta com mata dos dois lados quando ele perguntou ?olha que deserto lucia mas não tenha medo não que estou aqui ta, eu respondi eu não tenho medo não joão .

e ai ja sarou ai atras ?

ainda doi um pouquinho .

voce me perdoa ?

eu não fiquei magoada com voce não e pra falar a verdade eu até gostei ´so que doeu muito .

vamos fazer outra coisa e garanto que não vai doer ?

voce quem sabe ? ele parou a bicicleta entrou no matou um pouco e parou em baixo de uma arvore bem na sombra,

tirou o pinto enorme pra fora e me ensinou a bater punheta pra ele e au mesmo tempo ficou tocando uma siririca pra mim ( nome esses que vim conhecer depois de um bom tempo ) enfiou a mão dentro do meu short e ficou passando o dedo no meu clitoris e eu me derretendo até ele tirar seu pinto de minha mão e espirrar longe,dando esguichadas de porra longe, derrepente eu senti as pernas amolecer a cabeça rodar um choque correr a espinha e desfaleci, hoje sei que dei minha primeira gosada e aprendi a me masturbar tudo nesse dia, no outro dia tudo trancorreu normalmente até a noite quando o irmão dele mais velho saiu com os amigos e não iria voltar aquela noite e o meu tio, tia e o outro irmão mais novo foram rezar um terço e voltaria tarde da noite e ficamos em casa das 6 da tarde até meia noite quando meus tios chegaram, primeiro eu tomei banho depois ele então ele disse lucia vamos pro meu quarto que tenho mais brincadeira nova pra nos, entrei no quarto tirei a roupa deitei na cama ele tirou a dele e abriu minhas pernas e começou passar a lingua na minha rachinha, nossa eu fui nas nuvens e voltei eu nunca tinha sentido tamanha sensações iguais aquela quando ele falou vamos tentar outra vez mas agora vou mais devagar, eu pra mim esta bom assim mas se voce que esta bom tambem, ele me colocou na berinha da cama de quatro pé, pegou um pote que hoje sei ser vaselina, começou a passar no meu reguinho e a forçar um dedo na entrada, pincelava com o dedo e forçava até que entrou,ai foi fazendo movimento de entra e sai até eu relachar bem, eu quaze gosando no dedo dele então tentou colocar dois,ele tentava mas doia e foi tentando até que conseguiu colocar sá um pouquinho de dois dedo pra sá então se ajeitar atraz de mim com aquela cabeça enorme e foi forçando, forçava eu gemia ele voltava, forçava com mais força eu gemia ele voltava até um dado momento que derrepente ele forçou eu senti as pregas abrirem e umas se romperem e a cabeçorra entrou eu dei um grito ele parou mas com a cabeça dentro e ficou quetinho por um tempo depois perguntou ainda doi ? e eu sá um pouco ai começou a tentar colocar, empurrava eu gritava baixinho pra não ´, então como ele ja tinha colocado um pouco foi fazendo os movimento de entra e sai sem sair com oque tinha conseguido colocar até gosar e me encher o cu de porra .

tirou de dentro e me pegou no colo e me levou no banheiro, me deu outro banho sá então me dando banho que ele percebeu que tinha saido um pouco de sangue e eu me sentindo estranha era como se eu fosse oca no lugar do cusinho não tivesse nada era uma sensação estranha mais estava satisfeita, afinal meu primo tambem estava satisfeito e era muito carinhoso comigo,



o resto eu conto no final

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto ajudou cornoxvidio preza na ilhacontos eroticos mandei meu filho mete no meu cuzaoMinha filhinha com shortinho muito curtinho ve contoscontos eróticos incesto o homem da minha vidaconto erotico gay viciei na porraPeguei o amigo d meu esposo cheirando minha calcinha meladinha,contos eroticosminha esposa me contando os detalhesum careca inesquecivel contosMinha esposa no rancho com outroconto de meu avô rasgou meu cuminha esposa vestida à vontade em casacontos fudendo vizinha novinhaContoerotico descabaçando meninas de seis a doze anosmeu irmao tirou minha virgindadeContos Marido virou viado na lua de melContos de ninfetas dando o rabo no trabalhomeu cachorro meu machoEnrabei a sobrinha da minha esposa contoschantageada e humilhada pela empregada negracontos eróticos com vizinhacontos Rabuda com cheiro de bundacontos porno sou putinha pra minha mae no puteiro da familiacontos eróticos gays metrocondos erodicoscontos eroticos meu tio meu amante casa de vovocomtos eróticos de fazemdeira com animalcontos eróticos mamãe deu o cu eu vichupando o pau e.lambendo o cinema caracontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidocontos eroticos de mulheres coroas fodedeirasComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigocontos de insesto fatos.comreaisconto minha cunhada me surpreendeusantinho do pau na boca uma laranja viu pau na boca na bunda na sua boca a bocaconto de enteadavideoo porno da bundona de chorte de burmivelhos acabam com as tetas da vadia de tanto mamar contosConto erotico vizinha bobinhacontos erotico eu minha esposa e meu primoa madrasta ingênua contos eróticosdetalhes como fui estupradocontos erroticos de incestos filha amante do paiRelato de zoofilia dando o cabaço pro burrominha sogra pediu pra ver meu pintoContos de casadas inrrustidascontos gays teen dando o rabotentando comer a sobrinha contoscomo comecei a ser enrabada pelo meu cachorrocontosinsesto novinha tava bricano e fico engatada com cachorromulher tranzndo com ponei realcomia mae contoscontos eroticos de puta submissacontos eroticos gozei no pau do meu irmaocontos eroticos de enteadasnão aguentei e chorei na dp anal contoscasada reclamando do vizinho contos eroticosRelato minha mulher no shopping sem calcinhacontos eróticos cantada na rua não resisti e traíContos de ninfetas que gostam de andarem nuasDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos mulher carinhosabuceta velha contoscom doze aninhos estrei na vara contos eróticos gaycondos erodicos contos eroticos gatinhasbumbum de mocinha injecso porno contome foderam muito cedo contoseroticosdei pros amiguinhos do meu filho contos eróticoscontos eroticos experiência inesquecívelmachos arrombador de gay afeminadoconto ertico lambendo buceta ela gem mtoConto sexo em grupo quatro caralhoscontos safadezas com a tia casada inrrustidaconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouegua.ficou com a buceta meladacontos recentes incestos encoxados segredos flagradoscunhado homem no dia do casamento come a bunda do cunhadinho homem novo no quartocontos minha mulher colocou bolinhas no meu cu