Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A DESCOBERTA DE DAYANE

Click to this video!



Num sábado à tarde, estava em casa tomando cerveja sozinha, um baita calor, e tocando violão, ouvi Dayane me chamando no portão, pedi pra ela subir, e segurei meu cachorro, ele não morde, mas pula em todo mundo que entra em casa...

Ofereci um copo pra ela enquanto ela se acomodava no sofá da sala, com regata e mini saia, aquelas coxas a mostra sempre me chamavam a atenção, mulata, do jeito que gosto, nariz fininho, olhos claros, cabelos longos e cheirosos, super gata. Como sempre não deixo mostrar meu interesse, afinal, minhas amizades com hétero sempre foram preservadas com cautela...

Ela estava meio chateada, pois acabava de descobrir que o namorado tinha traído ela, e me pediu para gravar um mp3 pra ela, pois o que eu tinha gravado estava na casa dele, ela resolveu não buscar, era folga dela, e ela queria ficar em casa na fossa.

Disse: fique aqui, a gente toma umas cervejas, e fica conversando e ouvindo música, você se distrai na sua casa você vai ficar chorando...

Resolveu ficar, e conversando sobre as aulas de estágio que ela estava dando, do nada, me pergunta: o que eu tenho de errado?

Respondi: ter escolhido um canalha pra namorar, por que de resto, você é perfeita...

Ela me encarou por um instante, deu um gole na cerveja e veio em minha direção, me encarando com um olhar triste e meio tímido, me abraçou alisando minhas costas, e eu fiquei imável naquele momento, sentindo o toque suave de mão macia deslizando sobre mim.

Sentindo aquele cheio bom que saia dos cabelos dela bem de pertinho, fiquei excitadíssima, meu grelinho pulsava de tesão, mas fiquei com receio e deixei ela continuar a acariciar, e foi descendo a mão apalpando minhas nádegas, percebi que era a deixa para avançar o sinal, e coloquei meu nariz no pescoço dela e cheirei aquela pele macia e adocicada de creme de chocolate, dei um beijo de leve, e apertei o abraço que recebia, o copo dela caiu no chão, levei um susto, esperando um tapa ela pediu desculpa por ter deixado cair, balancei a cabeça como quem diz, não foi nada, e ela veio em minha direção de novo me olhou outra vez e me beijou, quase me engolindo viva me empurrou no sofá, subindo em cima de mim continuou me beijando, ficamos nos amassos, e senti a mão dela procurando o feche de meu sutiã com um sorriso meio tímido no rosto mas decidida em seguir em frente, parei um instante e perguntei a ela: Tem certeza? É isso mesmo?

Ela responde: é o que eu mais quero nesse momento!

Levantei a blusa dela a procura de seus seios e comecei a devo ralos com um tesão louco, enfiei a mão entre as pernas dela e senti sua calcinha pequena toda umedecia, fiquei louca, e por cima da calcinha alisava suavemente à deixando mais excitada, me debrucei sobre ela, chupando os seios, puxei a calcinha de lado, coloquei meu dedo no grelinho dela e senti seu sexo extremamente encharcado, e acariciei bem de leve em movimentos circulares, ela gemia e apertava suas unhas em minhas costas com força, eu nem percebia mais nada, sá a empolgação dela, e desci até o grelinho, puxei ela um pouco pra frente, ela ficou meio sentada no sofá e me ajoelhei bem de frente daquela delícia, abri as pernas dela, puxei a calcinha de lado, e de um lambida bem de vagarzinho na sua bucetinha, ela gemeu, e eu me deliciando meti minha boca no grelinho dela chupando como um beijo e respirando pela boca pra ela sentir o hábito quente da minha boca, ela se contorcia no sofá, e eu não parava de chupar,ela segurava meus cabelos com força e empurrava minha cabeça para seu sexo com muita fome, eu não parava, e aumentei a velocidade, no instante em que penetrei meu dedo em sua bucetinha ela solta um grito estrondoso, até levei outro susto, mas não parei, e ela puxa meu cabelo com tanta força que rançou um tufo. Olhei pra ela, sem entender ela me pergunta...

O que aconteceu?

Eu disse: você acabou de gozar meu amor...





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos sempre quis da meu cu pro vizinhoconto gay sai da urgia acabadaquero ouvir o funk mais soltinho bem curtinho cunhadoconto erotico novinhos no semáforominha mulher para transar logo Ricardo que eu quero vermulheres peitudas contos eroticosas meninas brincaram com meu pau contosver tv pornô mulher que tem a vajina muito linda e grade gozando na pica sem para vaquira com o cavalochantagiei minha irma casada contoscontos eroticos bebi demais e comi minha tiaContos eu e as colegiascontos sobrinha veio cuidar da sogracontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos enchi a boca da ninfetinha de porracontos meu chefe me comeu e minha filhacontos eroticos o garoto perdidocontos eróticos passando o pau no cuzinhocontos eroticos traindo na Lua de Melhistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarmunher ce mastuo eu fixxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5minzoofilia negao comenorme pau deixando putia loucacontos eróticos comi minha quando ficamos só em casaReatos eroticos quando eu era uma moça meu tio me penetrou com forçaEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticovidio porno corno mulher da em cima do jsrdineiro e empregada ver e participacontos minha mulher pagou minha divida com a bundaconto erotico lesbico chupa meu grelinho ai vou gozar isso não para ai ai ai to gozandovideos a muher levantado o vestido pra maridocomer a buceta delacontos eróticos praia de nudismo dois idosos gays fudendo contosvadiagozamosContos de travestis pauzudosvídeos e contos eróticos de gays novinhos bonitos afeminados perdendo a virgindadeContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bundaContos eroricos esturpo seios mordidasconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdoconto erotico joga quem peder tira a roupas tinha uma supezaDesvirginando a sobrinha de 18 anosmeio das pernas uma pica dava inveja grossura esposarelatos eroticis minha esposa eu e nossa amiga Lucontos eroticos a gostosa da jussaraesposa raspada contoscontos eroticos guei meu colega de quarto me fes sua femeacontos gay menino bundudocontos de incestos gays org oline- contos- maduro comendo cu de menino novinhocontos putinha do matagalChantageei minha tia escrava lesbica contocontos tio enrraba sobrinhocontos de zoofilia em bordeiscontos gay negrinhocontos eroticos adolescencia gayHistorias eroticas Swingcontos de incestos posando na sogracontos de incesto menininhaconto erótico da esposa do meu irmãocontos eroticos gay vadiaao meus 19 anos cumi um cuziho bricando d esconde esconde contosgayconto gay sai da urgia acabadarelato da tia grávida transando com sobrinhoporno amador em festinhasparticularesgaroto pelado no rio e tia veno imprecionada/contoseroticostia travesti contoscontos eróticos de menina transando com o tio bonzinhocontos eronticos sou crente mais minha buceta vivi picandocomi muito minha irmãconto eu e meu sobrinho metendo vai fode o rabo da titiawww.contoseroticos eu e a minha vovócom.br/conto_4323_tudo-em-casa-real-mae-e-filho.htmlporno mulhe bebada da para minino memo didadecontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosamanda meu marido.é corno mesmo contoscontos gay calcinha motdei para o comedor do bairro filhos contocontos eróticos da em cima da irmacontos mostrando o piru para a vizinhaconto erotico real meu marido me liberou dar o meu rabocontoa eróticos de uma mulher dando pra dois home mmcontos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiaContos eroticos filha rabudaConto puta fode com o vizinhoo tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"contos minha sogra me vendeu seu cuzinho