Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA VIZINHA PEITUDA

Click to Download this video!

[Atenção] >> Nomes Ficticios mais a Historia é real!



-------------



Meu nome é Gabriel e tenho 19 anos, moreno claro, cabelos castanhos, olhos castanhos, fisico normal com tanquinho. Era um sábado, estava em casa assistindo uma série que eu baixei e passei para DVD. Estava tudo vazio, meus pais sairam para visitar minha avá que estava doente e sá iam voltar no domingo de tarde e eu fiquei em casa com minha irmã. Era tarde e tinha acabado de chover, estava deitado no sofá e minha irmã tinha saido para o trabalho e sá voltaria a noite. Quando de repente ouço a campaia tocar, me levantei com um bermudão e sem camisa. Era minha vizinha, Jaci, 47 anos com um corpão lindo, pernas grossas, moreninha, bunduda e peituda. Eu sempre tinha tesão por ela e sempre que possivel olhava por uma janelinha que tem entre minha casa e a dela, via ela na cozinha e batia uma. Ela estava vestido uma camisola azul que colava nos peitões dela deixando os bicos eretos por causa do frio e suas coxonas nuas.



Ela pediu uma xicara de açucar, então eu fui até o portão peguei a xicara e fui para dentro pegar a chave. Então pedi para ela entrar e esperar, ela se sentou na cadeira e eu fui lá pegar. Voltei depressa, não parei de olhar para seus peitões. Ela falou:



-- Obrigada, ei para onde está olhando? (Falou cobrindo o decote que sobrava por cima da camisola.



-- Nada... Ué. (Falei sinicamente)



-- Hum... eu sei pra onde você tava olhando, eu to olhando pra um lugar também.



E com isso ela levantou a mão que não tava na xicara e tocou no meu pau que ficou como pedra. Ela perguntou se tinha alguem em casa, eu disse que não. Ela se levantou deixou a xicara no centro e me levou para dentro. Lá ela pegou minhas mãos e botou nos peitões, então eu peguei na sua cintura e puchei pra perto e taquei um beijão na sua bocona. Ela me olhou com uma cara safada, então ela subiu a camisola e a tirou jogando para o lado. Olhei seu corpo e me surpreendi, tava tudo em cima, peitões empinados e suados, sua calcinha deixava sua buceta sufocada com tanto que ela estava molhada. Puchei ela para o colchão onde eu tava deitado assistindo e ela foi logo tirando minha bermuda.



-- Nossa, é bem grande ein! (Olhou ela com espanto)

-- Que isso, a do seu marido deve ser maios, sou sá um adolescente. (Valei envergonhado e nervoso)



-- Não! A sua deve ter uns 20cm, isso vai entrar rasgando.



-- Você vai foder comigo? (Perguntei suando frio de tesão tocando em seus peitões e apertando seus bicos)



Ela riu e me tacou outro beijo, logo ela tirou a calcinha e pediu para que eu pegasse uma camisinha. Corri para o quarto e abri minha carteira, peguei e vesti lá mesmo. QUando chegeui ela estava se masturbando e pediu para que eu enfiasse nela.



Preparei meu pau que estava super duro e fui penetrando, a buceta dela fazia contraçoes que me levava a loucura e quando mais eu botava mais ela gemia e fazia uma carinha de dor.



Meti nela, e não demorou ela gozou e meu gozo estava chegando. Ela pediu para que eu parasse, então eu tirei meu pau de sua buceta que tava toda lambuzada.



Ela tirou a camisinha e começou a chuvar, engolia tudo, eu sentia meu pau ir para sua garganta, logo ela deitou e me puchou para perto, botou meu pai nos seus peitões e fez uma espanhola + boquete.



Fui a loucura e gozei na sua cara, mais estava com muito tesão e me recuperei em 4 minutos. Vesti uma nova camisinha e voltei a mater nela de quatro, de surpresa eu tirei meu pau rapidamente e meti em seu cuzinho, doeu, mais valeu a pena, ela gritava muito e pedia para que eu parasse, depois de um tempo ela voltou a gozar e eu também. Nos nos beijamos e eu dei mais algumas chupadas dos peitos dela, nos limpamos e ela saiu se despedindo com um beijo.



Dai em frente, quando eu fico sá em casa ela vem na minha ou quando ela fica sá na loja dela ela tranca tudo e me chama.



Eu fodi minha vizinha!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay o negao comeu meu cuconto erótico paixão de irmãcontos eróticos de velhas crentes donas de casano cu nunca mais contoscontos eroticos um negro me arrombandona quarta feira de cinzas contos de sexocontos eróticos comendo minha patroaconto ele me comeu a força meu noivo bebadomeu pai me arregasou todaContos eróticos teens gays chupando o filhinh da minha amigacontos pornos mamae carinhosaViciada em siririca contosconto erotico gay pai ensinando o filho a beijarbuceta na praia toninhasno aniversario conto erotico gayconto gay fui abusado no alfanato pelo os fucionarioesposa de camionero e fragada fasendo sexo com padreporno home gozando forddecontos eroticos olhano meu marido jogando trucoconto erotico corno mi ajudoucontos eroticos pai filha e genro porno conto meu primeiroamorcontos incesto sobrinha da tia crente lesbicasconto erotico minha mae me fazchupa -lavideo sexe etiado pauzudo emadrastacontos eróticos meu padrasto lambia minha buceta como loucocontos sobrinha veio cuidar da sogralevantou umas da minhas pernas,se encaixou na minha entradinha e foi metendo devagarzinhoMinha irma pos uma legue sem calsinha para mim ver contoscontos eróticos com mulher q usa vestido coladocilindro meloso gostosocontos de incesto minha filha sendo comidacontos traindo meu maridono hotel com meu filho contos de encestocomtos de incesto com subrinha bebada depos da balada no carrocontos eroticos adolecentes brincando de esconder comessaram a dedar meu cu nao demorou e me comeramcontos eróticos- virei mulher do meu paicontos erotico com foto de mulhe trasado gozado gostosocasa conto - eu minha namorada e sua amiga part 1minha calcinha no banheiro contosno onibus de excursao sem calcinhaporno minha tia foi la emcasa e eu tavabatendo punhetacontos comendocontos de zoo trinamento de cao para casadasmelhorescontos eróticos gosando pelocurelatos comi a crente na marraCasa dos contos zoofilia o cao que gostava de ser cadelaComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paiMinha cona molhada relatoscontos notei que minha namoradaEscravo de minhas cruéis donas (conto )contos eroticos encoxada na linha azul de calça brancacontos realizei o sonho do corno engravidei de outrocontos colega safadinhacontos eróticos cheirando a bunda de minha sogracontos presenciei minha irmã fudendo com um dogcontos eroticos de sobrinho roludoComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocalcinhas usadas da minha tia,safada contostoco siririca na madruga contos de casadasconto erotico com o velho padrinhocdzinha dando bundinha vestida de sainha rosa gosando gostoso sem tocar no paucontos não acreditei que meu sogro ia fazer aquiloconto policial comeu.minha mulhercontos erótico menininho na faxina conto gay comi o malhadinhoCasadoscontos-flagrei.contos eroticos de padrinhos super dotados comendo casais e comadresbronzeamento com a amiga greluda contomalhadinha de cabelo vermelho malhadinha malhadaencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contosconto erotico incesto sonifero filhamulher pohen o muscolu da buceta pra forachupou tio i phonecontos sexo minha mae me transformou em meninaConto de casada estupada e gostandocontos de coroa com novinhoPrepara a sua mulherzinha pra dar o cuzinho para aquele cacetão ali!”,mulher dando pra piazada contos erpticodcontos eroticos silvana no casamentominha esposa me convenceu dedos no cu conto hormonal femininoscomi minha comadre drogada contoconto porno madame s putasconto corno tapacontos de incestos posando na sogracontos de menininhas sentando no colo de homensconto ertico esibicionista biCasa da maite erotico tia bebadaporno pesado arrombando relatoso travesti apertou os meus mamilos e me comeubranca gordinha casada estrupada por maniaco no cudisvirginei a minha professora contos erodicosconto erotico construcao estupradatia bate no casa sobrinho contoconto erotico cuidando das amiguinhas da minha irma viirelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando menina