Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA VIZINHA PEITUDA

Click to Download this video!

[Atenção] >> Nomes Ficticios mais a Historia é real!



-------------



Meu nome é Gabriel e tenho 19 anos, moreno claro, cabelos castanhos, olhos castanhos, fisico normal com tanquinho. Era um sábado, estava em casa assistindo uma série que eu baixei e passei para DVD. Estava tudo vazio, meus pais sairam para visitar minha avá que estava doente e sá iam voltar no domingo de tarde e eu fiquei em casa com minha irmã. Era tarde e tinha acabado de chover, estava deitado no sofá e minha irmã tinha saido para o trabalho e sá voltaria a noite. Quando de repente ouço a campaia tocar, me levantei com um bermudão e sem camisa. Era minha vizinha, Jaci, 47 anos com um corpão lindo, pernas grossas, moreninha, bunduda e peituda. Eu sempre tinha tesão por ela e sempre que possivel olhava por uma janelinha que tem entre minha casa e a dela, via ela na cozinha e batia uma. Ela estava vestido uma camisola azul que colava nos peitões dela deixando os bicos eretos por causa do frio e suas coxonas nuas.



Ela pediu uma xicara de açucar, então eu fui até o portão peguei a xicara e fui para dentro pegar a chave. Então pedi para ela entrar e esperar, ela se sentou na cadeira e eu fui lá pegar. Voltei depressa, não parei de olhar para seus peitões. Ela falou:



-- Obrigada, ei para onde está olhando? (Falou cobrindo o decote que sobrava por cima da camisola.



-- Nada... Ué. (Falei sinicamente)



-- Hum... eu sei pra onde você tava olhando, eu to olhando pra um lugar também.



E com isso ela levantou a mão que não tava na xicara e tocou no meu pau que ficou como pedra. Ela perguntou se tinha alguem em casa, eu disse que não. Ela se levantou deixou a xicara no centro e me levou para dentro. Lá ela pegou minhas mãos e botou nos peitões, então eu peguei na sua cintura e puchei pra perto e taquei um beijão na sua bocona. Ela me olhou com uma cara safada, então ela subiu a camisola e a tirou jogando para o lado. Olhei seu corpo e me surpreendi, tava tudo em cima, peitões empinados e suados, sua calcinha deixava sua buceta sufocada com tanto que ela estava molhada. Puchei ela para o colchão onde eu tava deitado assistindo e ela foi logo tirando minha bermuda.



-- Nossa, é bem grande ein! (Olhou ela com espanto)

-- Que isso, a do seu marido deve ser maios, sou sá um adolescente. (Valei envergonhado e nervoso)



-- Não! A sua deve ter uns 20cm, isso vai entrar rasgando.



-- Você vai foder comigo? (Perguntei suando frio de tesão tocando em seus peitões e apertando seus bicos)



Ela riu e me tacou outro beijo, logo ela tirou a calcinha e pediu para que eu pegasse uma camisinha. Corri para o quarto e abri minha carteira, peguei e vesti lá mesmo. QUando chegeui ela estava se masturbando e pediu para que eu enfiasse nela.



Preparei meu pau que estava super duro e fui penetrando, a buceta dela fazia contraçoes que me levava a loucura e quando mais eu botava mais ela gemia e fazia uma carinha de dor.



Meti nela, e não demorou ela gozou e meu gozo estava chegando. Ela pediu para que eu parasse, então eu tirei meu pau de sua buceta que tava toda lambuzada.



Ela tirou a camisinha e começou a chuvar, engolia tudo, eu sentia meu pau ir para sua garganta, logo ela deitou e me puchou para perto, botou meu pai nos seus peitões e fez uma espanhola + boquete.



Fui a loucura e gozei na sua cara, mais estava com muito tesão e me recuperei em 4 minutos. Vesti uma nova camisinha e voltei a mater nela de quatro, de surpresa eu tirei meu pau rapidamente e meti em seu cuzinho, doeu, mais valeu a pena, ela gritava muito e pedia para que eu parasse, depois de um tempo ela voltou a gozar e eu também. Nos nos beijamos e eu dei mais algumas chupadas dos peitos dela, nos limpamos e ela saiu se despedindo com um beijo.



Dai em frente, quando eu fico sá em casa ela vem na minha ou quando ela fica sá na loja dela ela tranca tudo e me chama.



Eu fodi minha vizinha!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cucontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona comi a adilhada novinha loira olho azul contocontos eroticos exibi minha mulhercontos eroticos de mulheres traindo marido com caseiro e porteirobuceta velha contospeguei carona com caminhoneiro conto sexocontos eróticos chupeiContos quero goza muito na minha filha quando ela nasceContos sou viadinho dos tios e amigos delesquero ler conto erótico sogro f****** com a noraConto erotico minha irma evangelica minha putinhacontos eroticos da evangelica escravaContos de voroa estrupada por tres negoes e gostandocontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogoDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos comi a casada carentePorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contoszoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maevídeos e contos eróticos de gays novinhos bonitos afeminados perdendo a virgindademãe c eroticosontosconto erotico com novinha no ponto de onibusporno contos filha mais resenteconto fui enrabado na frente minha esposaconto na festa aqui em casa meu primo comeu minha maeguiando a tia gostosa no quartocontos eroticos podolatria com a minha maefilme porno com gay aguentado dois punho no cu de uma vez mais grinta de dorContos sogra medindo o tamanho do paucom colega de trabalho contosnoiva vagabunda safada titio ccaralhudo noivo corninho safado ontos roticos com fotoscontos eróticos troca de casalChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contoContossafadezasmeu filho mete o dedo no meu cu e eu gostocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos fui comer uma bct chegou na hora era homempais se esfregando na filha shortinho corcontos erotico esposa propoe procontos minha mulher foi fodida na praça por estranhosMinina cazada mo a bucetaconto erótico sequestradoresconto erotico estrupo treinador conto fui comido por doisa filhinha pequena que minha esposa cuidava era safadinha contoscontos. eroticos enteado novinho pau de jumento.esposametenocomoutro.com.brA filha do meu amigo veio do interior pra ser minha empregada conto eroticowww.tirei o cabaço da irmã caçula na casa da vovó.comsou casada e gozeino pau do meu genro sem camisinhaconto erotico novinha viu cavalo arregaçando eguacomtos eroticos peituda na escolacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos meu primo mauricinhomeu sogro me estuprou contosmocinha bonitinha filha de papai de calcinha fio dentalcontos por causa da chuva comi um cucontos sexo.como tornei escravacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casavizinhalesbicacontocontos eroticos gay inrustido com montacontos eroticos duas menininhas me chantajearam e tive que mostrar meu pauzao para elascontos eroticos dei pra dois caras no cinema e depois um travesticontos eróticos só no cu das coroascontos velhinha doida pra trepacontos erótico de joguinho com a mamaeconto ele me convenceu a da meu cuzinhominha sogra deu o cu para o cachorro contocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos envangelica marido e pai roubaram o chefecontos meu vizinho tira o pau pra foravideo para baixa de porno home com olho vexadoconto erótico O Despertar de uma casadanoiva dando para varios em lua de mel ficando toda arrombada Conto erótico fui comida por mendingosdei o cu p meu filho roludo conto eroticcontos eróticos incesto férias com mamãedevavar descobri que meu marido queria ser corno homens lanbendo o xinou da mulher na cama fotosContos eroticos gay olixeironora bunda gostosa provaca sogro conto eroticocontos eroticos punheta na frente da vovo cegaConto erotico rasgando dentro do carrometendo na barba de shortinho atoladoO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticohumilhada e sem pregas contosConto nem acreditei mas tirei o cabacinho da menina.Contos eroticos da 3 idadesobrinho de caseteduro amContos eróticos noite inteira