Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHO ROLUDO

Click to Download this video!

Amado leitor a cada dia da minha vida eu aprendo que o sexo e o prazer não têm limites, que o suor, o beijar e ser uma pessoa dominante na cama são coisas delirantes.



Sempre gostei de homens, e com o passar do tempo e o descobrir dos prazeres via a diferença no sexo, descobria novas fantasias e novos modos de sentir o sexo agir mais forte.



Com tudo isto eu tinha meu corpo malhado, fazia academia já a um bom tempo, sempre fui muito discreto e jamais dizia para qualquer pessoa da minha vida intima.



Desde cedo levei a discrição como uma coisa normal e com isto aprendi a dominar meu medo e meus desejos, com isto começava também a ir alem das minhas fantasias.



Em uma tarde comecei a ver de um outro modo o meu vizinho.



Ele era jovem, deveria ter uns 19 anos, corpo magro e pouco definido e um rosto de menino.



Ele morava com sua mãe e sua esposa, pois ele era casado.



Via nele uma coisa diferente, pois ele tinha seu charme de olhar, de caminhar e sempre conversava comigo de uma forma carinhosa.



Sua esposa era uma metida, se achava, pois vivia nas custas dele e da sogra. Porem eu queria ter ele pra mim e fui à luta.



Com os dias correndo e eu e ele conversando via corredor com, o sempre jamais demonstrei minha orientação para ele.



Mas em uma noite, exatamente as 8 da noite pedi para ele vir a minha casa, pois a pia estava estragada, o cano havia soltado e estava molhando tudo.



Logo ele me atendeu e veio correndo, tirou sua camiseta e veio me ajudar totalmente de calção e sua piroca gostosa caída para baixo.



Via seu corpo magro e gostoso, seu rosto liso e sua boca macia e sem muita demora resolvemos o problema da pia, e daí sabem comecei a conversar com ele e olhar de um modo que ele percebesse.



Sem demora ele começava a fazer gestos de mexer em seu mastro e eu estava doidinho e com meu cuzinho piscando.



No entanto ele foi ao banheiro urinar e tirou com a porta fechada aquela rola grande e gostosa. Era totalmente impossível não perceber e beleza da vara daquele garoto. E ele olhando para mim e mijando logo me pergunta se eu queria pegar.



Sem pensar duas vezes e sem o deixar guardar tudo aquilo de novo coloquei minha mão. Sentia o poder da geba dele. Era grossa, quentinha e súber degustavel.



Sem muito pensar caia eu de boca, sentia o gosto da urina que havia ficado na beirada e apenas aproveitava a chance.



Ouvia-o gemer e dizer que minha boca era gostosa, ele agarrava e fazia carinho em meu cabelo enquanto eu de joelhos estava com a boca toda atolada da rolona dele.



Aquela cabeçona gostosa, aquele saco delicioso e todo o tamanho era totalmente meu. Logo saímos do banheiro e fomos para a sala e ele sentado no sofá e de pai apontado para o teto vendo o viadinho vizinho mamar gostozinho.



Nossa eu estava com meu cú em chamas por aquela vara e ao mesmo tempo sentia o gosto do leite na minha boca e o gemer delirante daquele garoto gostoso.



Na minha mente pensava na biscate da mulher dele e sentia ainda mais vontade de dar meu rabo para ele. Ele era acariciado e chupado, eu mamava seu saco, que colocado na minha boca o fazia ir alem, eu chupava com gosto cada centímetro da piroca dele e engolia todo seu saco.



Sem muita demora estava eu com aquele garotão casado e pintudo sem roupa somente para meu deleite.



Eu o chupava de cima para baixo. Suas orelhas, seu rosto, seu peitoral magrinho e seu peitinho que parecia fazer movimentos na minha língua.



Sentia sua pele macia e gostosa e logo sem muito esperar pegava o creme para sem muito esperar ser fudido com gosto por ele.



Meu rabo piscava e estava totalmente melecado de gel para ser arrombado com gosto e vontade.



Ele de inicio continuava sentado e enfiava seus dedos para saber onde iria abrir. E eu prontamente começava a sentar devagarzinho no mastro gostoso dele. Sentia cada grossura, centímetro e milímetro entrarem no meu rabo. Ele totalmente pelado e eu de cú aberto sentava no colo dele pronto para cavalgar sem medo.



Devagarzinho eu estava com a pica dele atolada dentro do meu cú. Sentia as bolas dele e sua pegada de homem começar a me erguer de baixo para cima.



E eu com a mão na guarda do sofá me apoiava a o ajudava com movimentos de vai e vem que logo me fazia gemer de dor e de vontades.



Eu estava sentado de costas para o rosto dele e com uma pica dentro de mim, rebolava e fazia movimentos que me deixava totalmente aberto e gritando de tanto prazer.



Ele me pegava com força. Me fudia, me metia com vontade e meu anu estava explodindo de tanto prazer. Sentia calafrios, desejo e muita vontade de sentir seu jato gostoso entrarem no meu rabo.



Ele era uma delicia, com carinho e ao mesmo tempo com prazer metia, abria e me fudia sem medo e com vontade.



Eu parecia um viadinho totalmente preso em uma pica de um verdadeiro macho. Eu gemia de tanto prazer que logo se transformou em eu estar de quatro para ele no sofá. E ele logo atrás de mim fazendo movimentos fortes de vai e vem.



Ambos estávamos satisfeitos e a pegada dele nas minhas ancas traduzia todo o prazer que eu estava sentindo.



Aquela rolana grossa estava me abrindo de verdade e eu estava prestes a sentir aquele macho gozar delirantemente.



Logo neste misto de vai e vem e eu de quatro a mercê da sorte aquentava sua rola mijar porra dentro de mim, e logo atrás e fazendo uma forte estocada o sentia urrar de tanto prazer. Chamava-me de viadinho gostoso e de putinha rabuda.



Eu estava caído no sofá, com porra escorrendo pelas pernas e ele logo me surpreende e me manda lamber o pau dele. Eu vejo o estado que estava, todo melecado de porra quentinha da hora e sem pensar abo calho novamente e deixo e ele e sua piroca limpinha com minha língua.



Sem mais o meu gostoso vizinho sabia que agora tinha uma putinha que queria mais e logo com o passar dos dias ele voltou para me comer novamente e eu ao encontrar com a vagabunda da mulher dele dava risada da cara dela, pois alem de mau de cama a bichinha era corna conformada.



-FIM-



ASS – ThyAggo



MSN:



[email protected]



---------------------------------------------------------------------------------------------------------



Acesse:



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


noite maravilhosa com a cunhada casada contoscontoseroticosviolentadacanto erótico meu marido viajou ficou em casa eu e minha filhacontos reais punheta gozadascontos eróticos viajando com mamaeDei meu cu para um amigo do meu maridonegro beijando garotabranquinhavisinha casada o novinho contos com fotoscontos verdadeiro dei sonifero pra mulher do meu tiocontos erotico de travesti no bairro campo limpobotando caralho no cu do bebadoconto erotico tiraram minha roupaFiquei parado olhando a bunda delaamiga a emprega e a tia contos eroticosfui enrabada no velório do meu marido contos eróticosNovinha Bebi porra do meu amigo contoContos erotico negao seduziu a coroa casadaconto erótico prima da minha amigacontos porno esposas estuprados submissosFicaram satisfeio com meu Cuzinhoirma vagabunda safada irmao pirocudo contos cunhado corninhocontos eroticos padrescontos xxx briga entre primos gaySeios grandes e buceta Luisinhacontos eroticos deixando estruparcontos erotico velha casa abandonada noiteMães chupando filho contoseroticoscandidato comeu a buceta da eleitora safada contos eróticoscalcinhas usadas da minha tia,safada contosSou casada fodida contominha esposa me contando os detalhesContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmâcontos eroticos esposa fumantecontos de mulher chupando o pinto.contos eroticos esposa fumanteconto erotico de casada cim tesao em pau grandeamiga a emprega e a tia contos eroticosCasei com um cornocontos eroticos de incesto com filhinho viadinho com a mamãeconto porno eu comi minha cunhada coroa de 69 anoscontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimporno club conto eroticos de meninos gayscontos eroticos da esposa escravizadaconto erotico sou viado e vendi meu cuconto erotico meu compadrer e minha esposadepois de casado entrei na piroca grossa e viciei contosContos.eroticos.crentizinha.abusada.no.cuzinhodando/o cabaço pro titio conto exitantecache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos casada cago no pau do negraovi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gayminha mae e eu conto eroticoler contos eroticos de travesti de incesto real gratisminha sogra foi estuprada e gostou contoschupava o pau do meu tio desde novinha enquanto bricava de esconder com os priminhosxvideos das yravesti gostosas trepano com outra travesti surper gostosaestuprada na festa contos eroticoscontos comi minhas filhasquero assistir você para minha mulher rapadinha pau entrandotouro estrupado uma. gostosa e ela fica muito esitadaconto porno puta suja de estradanoite maravilhosa com a cunhada casada contosComtos xxx minha mulher crente de tanto dar o cu ela levadedada e nem sentecontos porno travestis estupros sadomazoquismoconto erotico maes rabudas na praia c facontos mais exitantes q ficamos exitadissimosCasada viajando contoscontos erotico quando pequena chupei caceteconto dei caralho goela minha vizinhaContos erótico eu casada dando na pescariacontos eroticos gays no futebolcom fotosdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticomenina defisieti dado ocu e chupadoConto erotico enfermeiro taradocontos eroticos gays e mendigocontos eroticos gay ficticiospassou ky no pau e empurou no cu delaincesto meikilainiciando minha filha contocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoEu contei para o meu marido que dei o cuminha tia tava dormindo gozei nela contoscontos eróticos namorada tirou a roupacontos eroticos ele insistil que deixei tira camisinhahttps://idlestates.ru/conto_29032_espiada-no-natal.htmlcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaatolando pau grosso nas.vellinhasconto minha-s irmã-sContos eroticos com amigo do meu maridoEu contei para o meu marido que dei o cucontos tia marta rabao e margaidaabundadetitiaDeu o cu sem querer querendo contoConto picante familia incesto agressivo bisexual agressivocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacont erot recem casada um velho meContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemCumi minha madastra na cozinha contoscontos fudi a filha do meu manomalhando bundunda