Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MARIDO DEIXOU EU TRANSAR COM SEU MELHOR AMIGO2

Click to this video!

Meu nome é Carla, tenho trinta anos, sou loura, 1,70 de altura cabelos compridos até os ombros. Tenho seios médios e bunda redondinha e arrebitada. Sou casada há dez anos com Cláudio, um homem maravilhoso a quem amo muito e com quem tenho dois filhos.

Continuando o meu relato anterior, depois que o Adalberto foi embora, O Cláudio, meu marido, chegou e me encontrou dormindo, nua e exausta. Ele me deixou dormir até tarde e quando acordei fez com que eu contasse tudo, em detalhes, como tinha sido a transa. Relutei um pouco no começo, receando ciúmes da parte dele mas cedi a seus apelos e contei tudo em detalhes do que se passou à noite.

Ao contrário do que eu pensava, o Cláudio ficou muito excitado com meu relato, me jogou na cama e me comeu com desejo. Naquele dia descobrimos uma nova fonte de prazer. Descobrimos que o Cláudio sente prazer em ter sua mulher comida por outros homens.

Daquele dia em diante, passamos a fantasiar juntos que outros homens me possuíam e o Cláudio me liberou para ter um caso com outro homem quando eu quisesse, desde que lhe relatasse tudo com detalhes é lágico.

Em decorrência desses acontecimentos me tornei mais vaidosa e frequento a academia 3 vezes por semana e tomo sol à beira da piscina de minha casa todas as manhãs enquanto as crianças estão na escola.

Certa manhã, estava tomando sol, quando percebi que era observada por alguém do sobrado vizinha a minha casa. Notei que era o filho do vizinho, um garoto de 19 anos quem me espiava da janela entre aberta de seu quarto, no andar de cima da casa.

O fato de saber que era desejada por aquele garoto que, provavelmente era virgem, me deixou excitada e passei a fazer poses em direção a sua janela, sá para provocá-lo passava áleo com sensualidade por todo meu corpo e ajeitava o biquíni, etc...

Todas as manhãs era assim, eu me exibia e ele observava.

Certa manhã, como quem não quer nada, ele apareceu no muro pra puxar conversa, e se ofereceu pra limpar a piscina se eu quisesse. Ele é um adolescente de 19 anos, branco, magro, olhos verdes, mais ou menos da minha estatura, tem o rosto cheio de espinhas e seu nome é Betinho.

Convidei o Betinho pra nadar e ele aceitou sem cerimônias. Colocou uma sunga azul e pulou o muro para o meu lado.

Eu estava usando um biquininho preto bem pequenino. Depois de um mergulho, ficamos conversando sentados à beira da piscina. Seus olhos não desgrudavam de meus seios.

- Será que você poderia passar bronzeador em minhas costas?- Falei, maliciosa. Seus olhos brilharam. Deitei-me de bruços e deixei que suas mãos percorressem meu corpo com liberdade e se detivessem em minha bunda. Ele percebeu que eu estava gostando da brincadeira e se atreveu a escorregar a mão pra meio de minhas pernas procurando minha xoxota. Então eu abri um pouco as pernas e deixei que ele acariciasse a boceta por ciama do biquíni. Eu já estava molhada quando me virei e sentei-me a seu lado e coloquei a mão sobre o volume que se formara em sua sunga.

-Nossa! Como seu pau ta duro, Betinho- Disse eu acariciando seu pau.

- Toda vez que eu te vejo fico assim.- Disse ele meio encabulado.

Eu me aproximei devagar e o beijei na boca, demoradamente. Seu pau estava quase explodindo a sunga. Então, eu me levantei e o levei pela mão até o kiosque da churrasqueira para fugirmos de algum olhar curioso e lá nos beijamos à vontade. Baixei seu calção e o cacete pulou para fora como um boneco de molas. Não é muito longo mas é bem grosso.

Encaixei aquela tora entre minhas pernas e continuei a beijá-lo na boca, enquanto ele se movimentava freneticamente, esfregando seu pau em minha bocetinha por cima do biquíni como se fosse um cachorro no cio, até que, sem aguentar mais, ele explodiu em gozo ejaculando no biquíni e em minhas pernas.

Toda lambuzada e com esperma escorrendo entre minhas pernas, continuei a beija-lo e ele continuava com o pau duro.

- Nás dois vamos ter que tomar uma ducha – disse eu e o arrastei para o chuveiro frio que fica perto da piscina.

Rapidamente nos lavamos, mas, mesmo em baixo do chuveiro frio, não conseguimos parar de nos esfregar um no outro, pois o tesão era enorme.

-Você já transou ?- Perguntei

-Lágico que já !- Disse ele, mas percebi que era mentira.

Sem dizer uma palavra, o peguei pela mão e o levei para meu quarto, fiz com que se deitasse na cama e apliquei uma bela chupeta naquela tora grossa e dura como aço.

Depois, muito languidamente, como num strip tease, me livrei do biqueini, me coloquei em cima dele, encaixei seu pau em minha xoxota, e sentei, bem devagar, deixanda que aquela pica entrasse, maciamente pra dentro de mim, enquanto ele abocanhava avidamente meus seios.

Eu o cavalguei, deliciosamente, ora bem lentamente, ora acelerando os movimentos levando o ao delírio. Os únicos sons que se ouviam no quarto eram os de nossos beijos, gemidos de prazer e as molas da cama que rangiam compassadamente.

Quando percebi que ele estava quase gozando, perguntei se ele queria vir por cima e ele disse que sim. Então eu me deitei e abri bem as pernas, ele se ajeitou entre elas e meteu com força aquele pau pra dentro de mim. Gozei como louca sendo comida por aquele rapaz vigoroso. Ele ejaculou forte, inundando-me as entranhas com sua porra quente.

Naquele dia transamos a manhã toda. Mas essa transa eu não contei pro Cláudio. O Betinho ficou sendo meu amante secreto de todas as manhãs.

E-mail pra contato é [email protected], se você gostou entre em contato comigo para que possamos trocar idéias. Bjs e até a práxima.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetacontos eroticos de infancias um estranho chupou minha bucetinhacontos eroticos com velhosconto incesto mestruavacontos eroticos morena na garupa da motocontos eroticos fiquei com um pouco de nojo mas chupei aquela buceta peludacontos eróticos zoofilia f****** cadelinha de ruaTravesti surpresa contosContos de safadesas desde pequenaMe Faz um Cafuné conto gayContos eróticos.com/Enrabei a Floracoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso AlegreContos eroticos comeu o cu da irmã q estava entalada debaixo da camacomi minha prima velhinha contoContos eroticos curtos com detalhes por detalhes falas e falas eu era uma menina virge de 12aninhos e um tarado me comeContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadasContos eroticos encesto na adolescênciacontos eróticosmae solteiracomendo i gozano deto da negá no salão de carnaval 2017Mãe mamando pau do filho contoseroticosnegao e o seu caralhocontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primacontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAiaconto comi a buceta da mae do meu amigocontos minha mae viu meu rolao no bamhocontos eróticos coni minha filha e seu amigo gaycontoseroticos desde pequena adoro dar o cuzinhoconto tio trai com sobrinho travesticonto erotico nenhum pelinhoconto erotico de escrava lesbvoyeur de esposa conto eroticoputaria todos diss contocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos com fotos esposas com a buceta cheia de porra de negrosTreinamento de cachorros para zoofiliacomto erotica erotico feinhaconto tia gostosa de microcalcinhahome afuder mulher com penis mais grandecontos eroticos no onibus coroa passando a mao no meu paubrinquedos eróticos para estender o buraco do anusconto de mulher casada crente com filhocontos eroticos sonho americano 2papai enfia no meu cuzinhotransei com amigo da minha filhacontos de gay passivo dando pro machostrip poker contocarlão socando ate as bolas no cu da vadiao lubrificante feminino é melado e pegajosocontos eróticospagando minha primeira dívidao ocu e bucetacontos eroticos esposa e primocontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casadeserto conto heterocontos me vinguei com o meu ex namoradoconto erotico arregaçadagarotinha de 9 aninhos me deu a xoxotinha dela contostiti do cu apertado emnencaixando na buceta meladaContos a amiguinha fielmedica seduzidapor lesbica historiascontos eroticos mae desnaturada 2conto erotico levei rola do meu amigocomtosgay comi o cuzinho do meu irmaoConto erotico de incesto cuidando das amiguinhas da minha irmacontos ex com amigosadoro os fio dental da minha irma e os shortinhos adoro o vibrador dela no meu cuzinho afeminadoconto erótico de pai fazendo o filho gay patinhafomos cem calcinha e fomos fodida por puzudos dotafos no bar contocomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhoscontos completos quentes esfregando so pra judiar pedindo mascontos hot festa no iateConto doente mental gozeicontos-no colo de papai na praia de nudismoContos eroticos feia mais com rabzocontos eróticos 2 meninos comeu minha mulhercontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveionconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camaTennis zelenograd contomenino tarado contosContos cai de boca na buceta da minha avoconto mulher do amigocontos eróticos tia no puteiroconto tirei a virgindade da crente no matoscontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhoConto erotico bunda a enteada mas velha.eu adoro usar calcinha hoje sou travesti fresca afeminadadando/o cabaço pro titio conto exitanteminha tia tava dormindo gozei nela contoslembranças contos eroticosContos porno fui atacada pornao contar para ninguem da familia. Quando eu achei que o papo ia terminar ali, ela me fez a pergunta que levou a tudo: perguntou porque eu tinha tanta coisa sobre lésbicas incestuosas no pc? Quando ela me perguntou isso, confesso que pensei em desconversar, mas aí pensei também que ela não faria essa pergunta à toa. Aí comecei a falar que aquilo me excitava muito, que gostava de ler sobre aquilo. Sem brincadeira, acho que a gente deve ter ficado uns 10 segundos em silencio ali na cama, depois que eu falei isso. Uma olhando para a outra. Aí, ainda bem, ela tomou a iniciativa, colocou a mão na minha perna e perguntou: Você pensa em mim?  Meninas virgem estuprads pela zeladorminha filha chantagista contosbeijo no umbigo contoscontos eroticos dei p meu clientehomens velho gay contosconto gang bang com crenteele implorou e eu engoli sua porraChat Amo sexoavivohomens velho gay contosporno bundas muitissimo leve ou seja mole