Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MARIDO DA MINHA PRIMA

Click to this video!

Comi o marido da minha prima
Este conto é verdadeiro e aconteceu quando eu tinha 19 anos. Eu era do interior e fui morar com uma tia na capital paulista para estudar. Lá morava uma prima, a Célia, que era a minha tara. Meu sonho era comê-la algum dia. Sempre espiava pelos buracos das fechaduras e ranhuras das portas para vê-la peladinha toda vez que se trocava. Adorava cheirar e lamber muito o fundo de suas calcinhas deixadas no cesto de roupas para lavar. Pena que ela se casou e se mudou.
Depois de algum tempo, ganhou um nenê e foi restabelecer-se do parto na casa da mãe. Pelas poucas acomodações na casa, decidiram que eu e o marido dela (nome fictício Armandinho) dormiríamos na casa deles durante aquele período.
Na primeira noite, assim que chegamos a casa dele, ele me ofereceu uma pequena coleção de revistas de sacanagem para eu ver enquanto ele se banhava.. Pelo tesão práprio da idade, minha virgindade, a proximidade tida com a Célia e pelas fotos daquelas revistas, minha excitação era gigantesca. Quase bati uma enquanto ele tomava banho.
Eu e o Armandinho tínhamos que dormir juntos numa única cama do casal. Combinamos ficar um na cabeceira e outro nos pés. Naquela noite eu não conseguia dormir tamanha era minha excitação e, pelo som da respiração do Armandinho imaginando que ele já estivesse dormindo comecei alisar meu pau para aliviar a minha tensão. Na posição que estávamos na cama o contato era inevitável. Sentia a sua bunda encostada na minha mão. Percebi que ele estava sá de cueca. Não resisti e, levemente passei a mão na bunda dele. Nesse momento ele pareceu acordar e fez um movimento que, para minha sorte, abriu um pouco mais as pernas. Esperei um pouco e, novamente, passei a mão. Como ele não rechaçou, me atrevi um pouco mais, enfiei a mão por dentro da cueca dele e rocei meu dedo no cuzinho dele. Ele continuou estático. Não demorou muito para eu explodir em um gozo intenso assim que consegui introduzir totalmente o dedo no cuzinho molhado dele. Para me limpar, alcancei minha meia e, em seguida, dormi.
Na manha seguinte, antes de ir para o trabalho o Armandinho me deixou na casa da minha tia. Passei o dia todo excitado ao lembrar o meu dedo enfiado no cuzinho dele.
à noite, depois do jantar, novamente fomos para a casa do Armandinho, dormir. Durante o trajeto ele contou que tomava certo calmante para ter um sono profundo e relaxante. Que se eu precisasse acordá-lo durante a noite, teria dificuldade. Aquilo me trouxe dúvidas: se seria uma autorização para minhas pretensões ou se realmente ele nem sentira nada na noite anterior.
Deitamos e assim que o imaginei dormindo, decidi ousar mais que na noite anterior confiando no tal calmamente. Fui para a cabeceira da cama, deitei ao seu lado e encostei meu pau na sua bunda. Muito tarado, aumentei o nível da sacanagem. Tirei o meu pau da cueca e puxei a cueca dele pra o lado para enfiar o meu pau no seu rego e roçar a portinha do seu cuzinho.
Isso fez com que eu rapidamente gozasse muito. Foi uma super gozada. Era muita porra espalhada na cama, na cueca e na bunda dele. Levantei-me, fui ao banheiro e peguei um punhado de papel higiênico para a limpeza. Assim que comecei limpar ele se virou, pegou o papel das minhas mãos e falou que esteve o todo tempo acordado, que tinha gostado da brincadeira e que gostaria de me satisfazer sexualmente.
Na hora me assustei e não consegui falar nada. Então, ele pegou no meu pau, mole com o susto e completamente melecado pelo gozo e começou a chupar. Mamou deliciosamente todo o meu gozo. Foi o primeiro boquete da minha vida e muito melhor do que, até então, eu imaginava.
Em instantes, meu pau estava duro como uma rocha. Depois de mamar bastante, ele ajeitou aquele cuzinho lubrificado com o meu gozo na direção do meu pau e forçou a penetração.
Gemeu um pouquinho e reclamou do tamanho do meu pau, mas com a minha ajuda ele entrou até o fim. Num vai e vem delicioso e em muitas chupadas, me fez gozar mais cinco vezes naquela noite. Naquela época, o uso da camisinha não era considerada necessária.
Nas vinte e duas noites que se seguiram, ele sempre me fez gozar entre quatro e seis vezes por noite. Foi minha putinha e ensinou-me tudo sobre o sexo. Pena que a minha prima decidiu voltar para casa e nunca mais rolou nada entre eu e o marido dela.
Agora, já estou com 48 anos, já me casei duas vezes, já transei com mais de quinze mulheres e posso dizer que ninguém me fez gozar tão gostoso como o Armandinho. Depois disso perdi o tesão pela Célia. Minha saudade é do marido dela. Ainda sonho em ter uma oportunidade para falarmos sobre isso e voltar a gozar muito na boca e no cuzinho dele. Leia isso Armandinho.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto travesti me enganoucontos eróticos- virei mulher do meu paiconto eróticos espiando o meu paipediu para o marido lamber porra contosdei pro estranho na academiacontos eróticosporno encejo com sogro e sogra pra serularcdzinha enrabada pir coroas contoscontos eroticos cu da enteadaconto porno puta suja de estradameteu a pica gigantesca na passista deliciosacontos eróticos massagemnao resisti a buceta da minha maecontos eróticos passando o pau no cuzinhocontos esfrega buc gozada corninhoContos porno de irma que traem com grandeconto eróticos peõesso contos de comendo a menina pobre da faveladividindo a enteada teen com o filhopassagem erótica eu vou a loira gostosona na f*** boaContos de putas safadascontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingcontos eroticos, venerava meus mamiloscontos comi minha mae e o travestiputaria todos diss contobricando de video game apostado com os amigos contos eroticosrelato rasgou o c* de tanto levar rolamulher transando com dog contoscontos comi minha mãeContos eroticos o bucetao cabeludo da minha tia velhaporno mamei tanto o peitinho q inchouconto transei com meu pai na despedida de solteiraContos eroticos empregada humilha a patroatouro estrupado uma. gostosa e ela fica muito esitadaconto gosto de usar roupas femininascontos eroticos elizandracontos gay estrada calcinhaPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidoO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticocontos erotico com mim afilhada sem calcinhapeito bicodu sexcontos de coroa com novinhocomtosgay comi o cuzinho do meu irmaoArrombei a casada crente contosContoseroticosnafazendag****** na xoxota da prima beijoscontos-fiz amor com minha irmaboa fodaxvidiopornô brasileiro fui trabalhar na casa da minha tia e comi minha prima de baby dollcontos eroticos meu enteado se vestiu de mulher pra mimcontos nao tinha camisinhavelho peludo safado contos eroticospintudocontosnovinhaengolindo ate o talo contoscontos er peitinhos em formaçaocontos eroticos de mulher casada cagonacontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagouconto tia gostosa de microcalcinhacontos eroticos syrubasbabunda linda de calcinhaConto erotico comi minha aluna virgemcontos eroticos fico toda meladavideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversáriosogras e madrasta fazendo boquetes rapidoscontos eróticos caseiros com o filho rapaz do patrãocontos eroticos de tia masturbacaoafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contosesposa bebada se abrindo apos a farra no bar conto"ficava mexendo no pau"video porno 45cm de rola na filhinha dormindoviciadinha em dar o cu contosContos eroticos namoradasela me endinou a roçar grelo com gtelo/contocoleguinha liberal gay contosContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmâmeu pai batendo punheta.eu foi fala com ele e ele madou eu bate pra elecontos eroticos vovocontos a mulher casada aiiiiiiiiiiii meu cuuu ai vou fala para meu maridoloira cris casada fode com negao contos eroticosContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casada[email protected]contos descobrindo minha xaninhacontos dormi de fio dental e me ferreifudeno cu da manu e ela gritando de dorContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliaconto de dei o cu para uma pica grande do meu patrão que me rasgoucache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html Velhos na farmácia chupando seios contos eróticosxv leke dormindo .com madrstavideis porno cim gueis com caucinhas no cu rebolando no pirocaocontos eroticos putinha pagando a conta do paiconto erótico esposa foi parar no hospital com a buceta sangrandosou mega bunduda.contos eroticos