Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MOTOBOY E EU

Click to this video!

Olá, meu nome é Caio, tenho 34 anos, sou forte, meio gordinho, olhos verdes, 187 cm de altura e pica 19 cm grossa (bonita e gostosa como dizem), sempre fui versátil e me acho uma puta em vários momentos. Esse conto é real, aconteceu comigo depois de uma micareta na minha cidade, Curti muito, dancei e fervi gostoso, ao sair conversando com minha amiga, concordamos que eu não podia ir embora dirigindo e que devia pegar um mototaxi pra casa. Entendi e aceitei por questão de segurança, sá não sabia ela que eu tenho um fetiche violento por motoqueiros. Ao sair do evento, ví vários motoboys esperando clientes e chamei um, na realidade nem imaginava nada, o cara era meio oriental e gordinho, nada exagerado, coisa de homem com um pouco de barriga. Combinei com ele e nos dirigimos pra casa.
Acho que ele percebeu que eu gostava da coisa, assim, conversamos sobre a micareta:
motoboy: tava bom la dentro?
eu: sim, tava sim
motoboy: e as mulheres tinham muitas?
eu: tinha de todo gosto
motoboy: Legal, hoje mesmo, eu estava levando uma embora e ela tava chapada e começou a encostar, e roçar, daí vc já viu ne!
eu: ví o que? o que houve?
motoboy: ue, paramos no motel;
nessa hora vi que havia um volume debaixo daquela calça de chuva que eles usam, não tive medo e juntei no pau dele e disse: então seu pau ja comeu uma bucetinha, ne?
ele riu e disse: vc pegou no meu cara! eu disse: peguei e parece que ja ta animado ne? ele me respondeu rindo, dizendo que o pau dele não negava fogo, ae eu ri e disse: nossa! sério? ele respondeu: Quer pagar pra ver? Eu não tive dúvida, disse: pago 100 reais pra ele funcionar muito hoje. Demorou, disse ele e ja deu meia volta na moto se dirigindo ao motel mais práximo, era um motel bem simples mas não me importava na hora.
Chegando lá, me surpreendi com o fato dele querer tomar banho e se preparar pra mim, nisso quando ele saiu eu entrei e tomei um banho tb, na hora que saí ví uma cena gostosa, ele estava de cueca na cama vendo um porno. Não tive duvidas, fui em direção roçando minha mão na perna dele e no pau dele que mostrava força, prestei atenção em seu rosto e ví como ele era bonito. O pau dando sinal de vida me revelou seus 19 cm, de grossura bem adequada, nessa hora coloquei o pau dele na minha boca e chupei com gosto, chupava as bolas e lambia sua virilha, foi delicioso, o cara era perfumado e limpinho. Não tive receio em chupar o cu dele na mesma hora, entretanto, na hora seu pau murchou, ele não curtia mesmo, então me desenvolvi naquele cacete. chupei muito até a hora que ele me pediu pra ficar de bruços, me virando tive outra surpresa, ele começou a me massagear os ombros e as costas, e vez ou outra passava o pau na minha bunda e no meu cu, nossa! que delicia tava aquilo, ate que de maneira sutil e inteligente ele meteu o pau em mim, gemi alto e ele parou dizendo: sem dor, sá prazer! ele continuava metendo em mim e começou a aumentar o ritimo, que delicia de socada, meu cu tava aberto todo recebendo aquele cacete, gemia muito e pedia, me fode mais, mais! nessa hora me virou e levantou minhas pernas, meteu em mim como frango assado, sentia suas bolas batendo na minha bunda, ele como sempre, me massageando e me fudendo. Dae fiquei louco e fiquei de 4 pra ele, não deu outra, ele com fúria meteu em mim demais. meu cu ficou assado de tanto levar pica. me colocou de 4 enquanto ele ficou de pe do lado de fora da cama, nessa hora, sofri muito, ele metia com força,deu pra perceber que aquela estoria dele ter comido a mulher era mentira pois ele tava num fogo sá e fudeu com gosto, nessa hora, apenas acompanhei e fiquei sentindo ele gemer e logo estremecer num gozo forte e demorado, suas mãos apertavam minha cintura enquanto ele deitava em cima de mim, gozando forte. logo gozei junto com ele, não enrolamos muito e saímos de la, me levou pra casa, e me deu seu cartão, liguei, mas fiquei sabendo que ele não trabalha mais la. Quem sabe um dia eu topo denovo com ele e assim posso repetir a dose. Se vc é do sul de minas e ta afim de sexo sem neuras nem compromisso, me manda um email com foto. abraços e muitas fodas a todos!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos do caralhoContos gravida de outro marido adoroucontos eroticos barney comendo bethycontos eróticos minha bundacontos erotico baba casada chantageada por meninoZoofilia com mais drenacondos erodicos contos eroticos aluninhacontos eróticos escrava é putonacontos pequei minha prima com o namorado dela e chantajiei elacontos eroticos atração enteadosentei no colo do meu colega no onivus e ele ficou muito excitado contos de mulhereu minha esposa demos carona o cara era um pintudocontos bolinadas no parqueestrupei o cú da minha mÃeconto eróticos esposa fas marido virar mulher dela e do outros machoscontos eroticos com solteira no cinema pornoContos eroticos como chantagieicomi a filhinha conto eróticoconto de transa com o amigo do meu paicontos eroticos q bocA e essa desse baianomulher transando com dog contoscontos de casadas quer menagecontos heroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticocontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeugay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosocontos erotico-você fodendo muito meu cuzinhoContos titio comendo a sobrinha bem novinhawww.contos eroticos madrinha virgem da cu cagandocontos amor gayconto erotico estuprada de mini saiaConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroaContos eroticos de esposa na estradacontos eroticos a bunda do meu irmão caçula é uma tentaçãocontos eróticos de Zoófila - empregada foi amarrada e castigadacontos minha tia anus dilatado  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  estoria porno o sonho do meu marido e cornocontos eroticos com cu ragadoshistória verdadeira de sexo entre homens bi sexual no banheiro metrô trem ônibusmamae beija filhinha contoscontos erroticos meu sogro bem dotado arronbo meucontos eroticos lambendo bucetadcontos eróticos menina no circoMãe mamando pau do filho contoseroticoscontos eróticos de bebados e drogados gayscomi minha sogra rabuda q meu sogro nao comecontos eroticos meu primo mauricinhocontos mostrando o piru para a vizinhameu amigo falou que quer comerminha esposaContos inserto com as subriasmeu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riachoContos eroticos gay vacilei fui fudido o cabaçofiz sexo pra passar de semestre contosconto damdo p o comedorUi ui meu cu contoeu liberei minha esposatrepando pau sua p*** prepara para o sábadoespiando o.vizinho contos eroticoscondos erodicos con maesincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largoconto gay sou macho me encoxaramfui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contosvídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandocontos eróticos surpresa travestitirei o cabaço deleconto erotico mulher fodendo escondido no pomarvídeo de mulher conto dar o cu ele micha de dorContos eroticos tarado por seioscontos provocandoconto erótico menina zuando pau pequenocontos eroticos minha sogra franciscacontos eróticos homem velho casa caipirinha novinhacontos sado marido violentoswww.finhinhas.pornconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casaeu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticoscontos eróticos com mulher baixinhacontos eroticos o bicho do tio