Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMIDA MINEIRA

Click to Download this video!

No ultimo fim de semana, viajei naquele trem que vai de Bh a vitoria, da vale.rnViajei pra desfrutar a paisagem, uma terapia contra o stres.rnNao era pra ser uma viagem para acabar em sexo. Alias já tinha marcado com uma amiga, ela ia me pegar e tudo pra curtirmos Vila Velha, onde mora.rnSentei perto de uma menina que mau tinha feito 19 anos. Cidy, bem nao me chamou muito atenção, como sabem estou com 36 e curto garotas mais velhas, e geralmente casadas e com filhas, com o tempo acontece de comer as filhas de sobremesa.rnMas ela como parece ser de toda a mineira, puxou o assunto e começamos a conversar. Ela muito expansiva, mostrava as unhas, falou do relacionamento de seis anos que tinha terminado, mostrou até as fotos de quando era pequena. rnMas meu interesse nao despertou, nem tinha caído a ficha, pois me preocupava com a idade parecia muito nova e estava acompanhada de uma prima. As duas eram umas loiras muito carnudas, ninfetas, porém bem infantis.rnEla perguntava as coisas e me obrigava a responde-las, onde morava, trabalho, etc.rnFalamos sobre a Serra do Cipo etc. Ela tinha um papo legal e ia deixando algumas fotos e videos de lado que pretendia esta fazendo.rnBem teve uma hora que eu esbarrei nela e percebi que ela estava sem sutiã.  E foi nesse momento que eu a deixei mexida, ela foi se encostando, se aninhando. Voce se importa? Eu respondi que nao. E fui me aproximando. E enquanto conversávamos eu pensei assim ela vai e dormir, e comecei a fazer cafuné na cabeça dela. Pois bem, teve uma hora que a blusa dela caiu para os lados e revelou seus peitinhos. Até aí nada de mais, eu mesmo consertei, mas aproveitei pra roçar nos bicos. Vi que ficaram durinhos.  Isso ocorreu ainda mais duas vezes. Na terceira vez transferi os cafunés para os seios, e aí eu vi que estava diante de um furacão, mas me contive. Cidy quero ver a tua identidade. Porque? Porque voce tem carinha de anjo e nao quero ser preso rsrs. Perai, deixa eu pegar, ta aqui. E agora, me da um beijo? Dei. E ela pediu, me toca como voce estava fazendo. Certifiquei-me da prima e retomei.  Atrevido como sou, abri a braguilha do seu jeans e quis conferir o seu molho, gostoso, virginal, quente, e ela vermelhinha. rnEu ia parar quando senti que devia aproveitar, eu guiei as suas maos até o meu mastro, e aí eu percebi que eu ia mudar meus planos pra o dia. Eu quero isso dentro de mim, coloca dentro de mim, bem baixinho no meu ouvido. Isso aqui e de verdade, ... rnE com aquilo comecei a pensar o que ia fazer, leva-lá comigo nao poderia porque segundo ela os pais nao deixariam. Depois de muita insistência e até pedi pra colocar o meu pau na boca, o que recusei porque ali nao tinha como, eu topei descer em Ipatinga, a cidade dela.rnAo chegar na estação, fui apresentado a mãe que foi buscar e que me ofereceu carona até um hotel. Tivemos que ir em dois hoteis porque estavam cheios. Resolvido o problema, marcamos de nos encontrar novamente as 19 horas.  Ela ia tomar banho e se arrumar, eu também. Aproveitei pra liga pra minha amiga de Vila Velha e explicar tudo, ia me atrasar, mais ia compensa-lá e ia levar um vinho. Escondi pra mim que talvez ia levar mais três pessoas comigo.rnTransei o resto da tarde com a Cidy, e foi como se ela tivesse sido desvirginada ali novamente. A noite ela tinha uma festa em família e eu fui convidado.  Gostei da família, do ambiente, mas a Cidy queria mais, estava descobrindo algo ali que nao curtiu antes. Queria sugar de tudo. Eu explorei. Na festa, a mãe da prima pegou ela bebendo o meu leitinho. E fez de um jeito que sá eu percebi. A tia era baixinha, esguia, uma Ruivinha sequinha, muito apetitosa, separada. Antes de voltar para o hotel, armei pra puxar papo. Na despedida, estalei um beijo "sem querer" com língua, o suficiente pra hipnotiza-lá. E disse baixinho e discretamente, te espero no hotel. Tudo na frente da sobrinha, que achou graça de tudo, mas pareceu nao perceber nada.rnEstava no hotel de volta (a Cidy nao pode vir por causa dos pais) e tocou o telefone do quarto, era a tia.rnAlo! Oi e a tia da Cidy, Marcelo!? Opa, fala. Deixa eu ser franco contigo, eu vou falar pro meu cunhado o que vc esta fazendo com a minha sobrinha, eu acho isso muito errado, e ainda dando encima de mim?! Retruquei, e porque vc nao tomou essa atitude na hora que vc viu ela me comendo!? Nao sei, fiquei assustada! E e molhada,nem!? Rebati. Nao! Quanto tempo voce nao transa!? Há... Nao te interessa!  E desligou! Uns quarenta minutos se passaram e toca a porta, era ela.rnPerdão! Fui grossa! Mas e que nao acho certo com a minha sobrinha. Quer que seja com voce!? Ela recuou surpresa, ia dizer nao, mas já estava em seu pescoço. Nao, nao isso e incesto, traição, adultério, ... E conseguiu se desvencilhar. Ia pra porta pra saída. Voce nao quer ir embora, e vou ser bem sincero, vou te comer, e vou te ensinar a comer a tua sobrinha e a tua filha. Ela saiu correndo e fui atras, eu queria e teria aquela mulher pra mim. Ela entrou no carro, de reflexo eu também. Sai do carro ou eu chamo a policia. Policia! Foi contida por um beijo. Voce esta maluco!? Para! A cidade toda vai ver... Parei, nao insisti. E voltei para o quarto, mas sabendo que consegui deixa-lá excitada.rnVi pela janela que ela demorou muito dentro do carro, fui ao estacionamento e ela deixou eu entrar no carro. Fiquei ali respeitando o silencio dela, mas aproximei-me perto o suficiente para encontro dos lábios, e dos meus dedos em sua perna. Já nao havia resistência. Preparada! Sibilou qualquer coisa parecida com eu quero, me tira daqui. E fomos para o hotel. Eu a cúrtia, quando o celular tocou, era a filha, ela atendeu: estou transando, estou transando, ta gostoso filha, muito boooooom!!!! Ela deixou cair o telefone. Estava gozando. Se recompôs e retornou pra filha. A histária fica muito grande, mas resumindo nos tornamos bons amigos, claro rolou o quarteto. E quando eu fui pra Vila Velha, me acompanhavam com a promessa de apresenta-las a alguns machos... Seria o primeiro grupal delas. [email protected] Estou no ashley madison.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cachorro do pau grande comendo a mae conto eroticoFamilia inteira fodendo com negoes conto biliguei o aspirador na buceta contosCasada viajando contosrelatos de meu cachorro me desvirginouconto erotico fodendo madrinha rola enormecontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacontos eroticos primeiro empregocoroas ponheteiras e chuponasbem novinha virgem chorando najeba gigante contosconto erotico de shortinho provocando molestada por pivetewcontos eroticos calcinha mijadaprovocações de mãe parte 2 conto eróticocontos eroticos consegui comer aquela bundamuhleres quecavalo tramsa com animalcontos pornos passando gel aquece na bucetaincesto filho comeu mao no dia fertil contos eroticoFudeer minha avover dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladosou a putinha do bairroHOMEN RABANDO OUTRO HOMEN NA AREIA DA PRAIA VIDEO GAYpai tirá cabeça da filha novinha contoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhadeixo minha esposa trabalhar num bar de mini saia contoconto eroticos maduras e filhas na putaria caralhudosconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliacontos eroticos a namorada arrependidaccontos eróticos fudendo sapatao gostosa casadaconto incesto mestruavameu irmaozinho tarado.contosconto erotico viadinho de calcinha dando paramorador de ruaconto erotico sodomizado biconto erótico: festa da mamÃecontos erotico comido a forcaGay passiva com dois negoes contosMinha cunhada bebada querendo da pra mim contoconto porno so danda molequeteta gostosa contos eroticosokinawa-ufa.ruhttp://tennis-zelenograd.ru/conto_8496_a-salva-vidas-e-o-garotinho.htmlFui penetrado com violênciaContos crossdressermetendo a tora na garotinha novinha contosContos eroticos comeco na infanciao preto fodeu-me contoFoderam gente contos tennsporno as carrinhokinhaviadinho loirinho bundudo minha mae putinha contos eroticoscontos eroticos maes de amigosconto gay sendo estuprado em que a dor é maior que o prazercontos eróticos fode ai rebola vadia isso abre isso aí que pau grandeminha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façoConto porno vi mamae sendo sarrada no busaoensinei a bater punhetaconto erotico flagrei minha mae dando pro meu irmaominha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façocontos calcinha da minha tia coroacontos de incesto arrombaram meu cu com forçacontos eroticos primo da esposaviadinho boquete na escola contoescrava sexual contos eroticos tenniscasa dos contos painho sou gaySou casada e bem putadeixo minha esposa trabalhar num bar de mini saia contocontos eroticos apanhandocontos menage peitoes vailevando minha sobrinha pra escola acabei comendi contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico traindoarido sem quererFernanda jeitim nuapai sempre brincava com seus filhos de tirar a toalha e sair corrwndo e um certo dia fez sexo com sua filha no banheiro contos eroticoseu com dez e virgem tive meu primeiro orgasmo com meu tiosendo assediada na sala de aula contos eroticosenrabado no campingmarido esposa e travesti enquanto marido dormir travesseiro na lava na bunda da esposa delecontos:sou casado mas gosto de calcinhas fio dental uma. noite eu esqueci e dormi de calcinha e minha esposa fragoucontos eróticos dotadoconto erotico minha mae me ensinando a transarvídeo de gorda lavando o rabo ensaboadocontos eroticos chupei rola e virei mulherzinhacontos eroticos sou mulher do meu pai gaycontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primaRelato minha mulher no shopping sem calcinhaA bucetinha da filha do patrao contoeroticobebado me comeu eu gosteiminha prima me seduziuContos eróticos juveniscontos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundaestudando com contos eroticosliliane sabe quero seu cualuguei minha buceta contos eroticosvi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos cheiro de rolaquase matei amiga da minha mae contos