Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA NOVA SUBMISSA

Click to Download this video!

Bem sou nova aqui e antes de contar como aconteceu a minha iniciacao,rngostaria de falar um pouco sobre mim, nao posso dar muitos detalhes pra nao evidenciar muito a minharn identidade entao vou usar o nome ficticio de Lavínia, bem, tenho apenas 21 aninhos, fisicamente sou magrinha com pele bem branquinha, tenho 1,58 de altura e 48 kg, apesar de ser magrinha tenho um corpo e rosto bonitos, com seios pequenos e bumbum grandinho, tenho cabelos e olhos castanhosrn escuros, cabelos a baixo dos ombros, geralmente me depilo completamente deixando perereca e bumbum sem nem um pelinho. enfim, desde mais nova, no inicio da minha vida sexual, sempre me excitei muito com a condicao de submissa, tive algumas experiencias com alguns caras q eram mais saidinhos e souberam se aproveitar um pouco mais desse meu lado. entao eu adorava quando me relacionava com alguem que me dominasse, assimrncomecei a evoluir minha vida sexual, passando a levar alguns tapas, assim tive a minha primeira vez com sexo anal, primeira vez que engoli esperma e adorava me submeter a isso apesar de nao gostar exatamente de anal e esperma, dificilmente fazia, e geralmente sá fazia qd o cara sabia ordenar, me dominar e exigir aquilo, então eu não resistia, fui passando a adorar me submeter a coisas desse tipo por ordens do cara, pena que era tao dificil achar pessoas assim. porem com o tempo fui vendo que era pouco, fui conhecendo mais coisas na internet e foi crescendo ainda mais dentro de mim uma vontade de ser de outro alguem, servir essa pessoa, e me submeter as suas vontades, por mais humilhantes e dificeis q fossem. conheci um pouco sobre BDSM e apesar de nao me identificar totalmente com as praticas vi q era um pouco do que eu queria, uma vida de escrava.rnconheci casos em que meninas eram tratadas como objetos pelos Donos, subjulgadas, humilhadas e maltratadas, tratadas como animais, e ainda nao sei pq fui me interessando ainda mais por isso, ficando com uma vontade louca de estar nessa situacao, entao comecei a buscar alguem que me desse essa vida. o ideal seria conhecer alguem na vida real, no dia a dia, mas percebi que seria praticamente impossivel. entao comecei a pesquisar e conversar com pessoas em salas de bate papo, e em alguns meses, descobri que ainda assim seria muito dificil encontrar a pessoa certa, a maioria so queria ficar brincando na internet e nunca tinha feito nada de verdade, so queriam q eu me exibisse na internet e os que tentavam algo real, simplesmente nao mostravam que sabiam o que fazer, apesar de tudo o q eu dizia sobre mim, pareciam nao entender o q eu procurava. e eu ainda tinha que tentar ser o mais discreta possivel, pois apesar desses sentimentos, ninguem da minha familia ou realmente prox a mim, tinham alguma nocao desses meus sentimentos, sempre me mostrei na sociedade uma menina normal e reservada, com alguns namoros serios. entao eu nao podia nem pensar em me expor assim a minha familia e tinha q ser o mais reservada possível, mas apesar de todos os riscos eu estava disposta a me arriscar um pouco pra transformar essa minha tara em realidade, tinha em mente que quando conhecesse a pessoa certa e tivesse realmente toda a certeza, me entregaria completamente a ela desde que a mesma estivesse disposta a manter a minha privacidade. Eu gostaria de me entregar totalmente de corpo e alma, ser totalmente um objeto de posse do meu Dono. Mas claro que teria que conversar e conhecer muito bem antes o candidato, comecando pela internet, depois tel, trocando fotos e videos com web cam, pra assim ter o maximo de certeza possível que achei a pessoa certa. ate então não tinha chegado nem perto disso ate o fim de semana passado, finalmente conheci um Dominador de verdade, que procurava e desejava exatamente alguém como eu. Assim vou contar a seguir como aconteceu minha iniciacao como submissa, conforme ordem de meu DONO.rnDiferente do que eu tinha planejado, em apenas um final de semana depois de conhece-lo já não resistia e já tinha certeza que eu pertencia a ele, nos falamos pela internet e depois por telefone, comprei um chip novo sá pra ele, ele falou de muitas coisas as quais eu seria submetida como serva dele e apesar de não gostar exatamente de tudo, sentia uma vontade enorme de vivenciar aquilo, e sabia que alem do que ele falou, ainda teria muito mais por vir quando eu estivesse nas maos dele.rnnos vimos por video isso tudo ainda no sabado, no domingo já não resisti e me exibi nua pra ele, ainda sem mostrar o rosto, mas mostrando todo o meu corpo (algo que fiz poucas veses) conforme ele ordenava, já me sentia dele. na segunda já tinha certeza, queria ser dele o mais rapido possível, nos falamos a noite e deixei que visse finalmente o meu rosto, não acreditava em mim mesma, sabia dos riscos, mas sem saber porque, confiei nele, afinal já tinha visto o rosto dele, não era bonito, mas tambem não era feio, tinha 46 anos, bem mais velho q eu, era alto e forte, mas não era sarado e tinha um pouco de barriga, totalmente diferente do q uma menina da minha idade costuma procurar num homem, mas ele tinha tudo que alguém como eu podia procurar em um DONO. Na terca ?combinamos? (na verdade já foi uma ordem, e eu enlouquecida de tesao e vontade já estava pronta pra obedecer) que nos encontrariamos já na quarta a noite, e assim finalmente eu me entregaria completamente a ele, meu novo DONO. Ele já tinha deixado claro que a partir dali eu seria objeto de posse dele pra ele fazer o que quisesse comigo, eu não poderia contestalo e teria que estar sempre pronta a servi-lo mesmo q a distancia, ele me confirmou q saberia separar minha vida pessoal e que nunca iria me expor a meus familiares, amigos, ou pessoas práximas. Me passou as instrucoes de como eu deveria ir, roupas a usar, como me higienizar, e local q nos encontrariamos, enfim um livro de destalhes e exigencias...rnrnContinua no proximo conto, ainda hoje. Esse foi apenas pra falar um pouco sobre mim, espero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de enteadascontos eróticos Soninha do vovô parte2contos eroticos de como meu amigo me comendodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticovoyeur de esposa conto eroticoas antigas Sophie travestis masturbando na salacontos eroticos cunhadaconto erotico eu sempre te ameiconto erótico idosa casada e vizinhoSou casada fodida contoconto gay meu tio sacudoContos punheta no garoto constrangidode calcinha na frente do meu pai contosContos eroticos dopou a sogra e estuprou elacontos eróticos relatados por maridos chegando em casa e pegando o fraga interracial 2contos erotico viajando com paiConto eroticoesposa d vizinbocontos de incesto de maes treprando com filhoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos João o velho comedorprimeira vez que fui chupada por um homem casado eu virgemminha cunhada uma p*** contos eróticosconto erotico de garoto pelados com prinoIrmas casadas taradas carentes sendo enrabadasvidianho quis me da e nao resisticontos arrombei minha mae com mega rolaoConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhaFoderam gente contos tennscasada da bunda maior de todas contosconto chantageei minha irma evangelicacontos eróticos brincando na piscinaloira louca por pau gg contoscontos eroticos com escravas sendo humilhadaf minha familia em grande orgia contos eroticosContos escrava sexual do patraocontos erotico-você fodendo muito meu cuzinhocheiro de mulher conto eroticopai do meu amiguinho, conto gayTennis zelenograd contocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos veridico de desejo realizadocontos eróticos locador com comeu a inquilinahomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarContos mae da minha namorada perguntou me punhetoCasadas na praia contocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casawww.fotos piças de camioneirobucetagandofui enrabada no velório do meu marido contos eróticoscontos eroticos. esposo duvidou da esposamae jenmendo muito alto filho comendo mae no quartocontos cu da minha prima escondido no paiolcontos eroticos me fodram sem o meu namorado percebercontos verdadeiro irma envangelicacontos eróticos enteada me provoca eu goza dentroe Deus que cavalo inteiro transando ai ele tem pinando amolecer botar a mão na orelha Ela empinacontos eroticos cu maconheiraEstupro gay conto gay pedreirocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html entreguei minha esposa de bandejadeixa eu ver seu peitinho contoscontos minha mulher e a sua irmacontos eroticos na praiabucetas lindascontos eroticos excitantes- a filhinha choronacontos punheta no negroconto erotico como gravidez a minha tia seios gconto mamo rolacontos de encesto marianasou evangelica e meu marido flagrou eu dando para um velhao contosContos eróticos garotinha com garotosChantageei minha tia escrava lesbica contocontos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposacontos emquadrinhos comi a minha irma casada esafada. com a sainha curtadeixa eu te chupa contoscontos eroticos caminhaoeu e minha namorada senpre transamos logo que acordamos contos eróticosconto erotico real eu meu tinha comemos minha tiaSobrinha da calcinha cheirosa contoeroticocontos eróticos surpresa travesticontos erotico prima matutacomi varios cu na casa de sungconto gay na academiacontos de coroa com novinhodormindo escondido na casa da namorada conto eróticoacontos eroticos o estuprador me fudeu covardimentevideos de motoristasbatendo punhetascontos minha mulher pagou minha divida com a bundacontos eroticos minha mae e meu irmao conto pono de mulhe deiixa seu ammate negao tira sangue da suuua fiilha