Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEGOU UMA CARONA E DEU O CUZINHO...

Click to this video!

Ana é uma mulher de 25 anos, casada deste dos 19 anos ela sempre guarda suas fantasias, vontade de conhecer coisas novas. Foi o que aconteceu com ela.rnrnEla trabalha como secretária bilíngue. Na volta do trabalho sempre pega uma carona com Talles, que trabalha na repartição ao lado, ele sempre muito gentil, atencioso com Ana, até demais, diga-se de passagem. Os dias se passaram e as coisas começaram a ficaram mais quentes. Ana percebeu um jeito diferente no olhar Talles. Ele olhava com desejo, e começou a elogiar seu corpo, dizendo que eu era muito atraente. Os dias passaram, as conversas foram ficando cada vez mais picantes, até que na sexta-feira ele mudou o caminho com a desculpa que chovia muito. Depois ele parou o carro em uma rua deserta, perto de umas árvores, o coração de Ana disparou, sentiu a voz de Talles tremula, estava dominado de excitação, ele dizia que se masturbava pensando nela, e que ia chupa-la todinha ali mesmo.rnrnAna sentiu um frio na barriga, Talles pegou na mão de Ana e colocou na calça dele, Ana sentiu aquele volume pulsando pela calça de Talles, então Ana abriu o zíper da calça de Talles e começa masturbado ele que gemia alto. Talles abaixou a saia de Ana deixando a mostra seu pequeno fio dental vermelho.rnrnEm pouco tempo Ana e Talles estavam no banco de trás do carro e Ana de bumbum pra cima. Ana sentiu os dentes de Talles arriando seu fio dental até meus pés, não demorou e Ana começou a sentir o calor de sua língua em sua xoxota úmida.rnrnAna delirava de prazer a cada golpe de sua língua, soluçou de excitação quando sentiu sua língua correr pelo seu cuzinho que piscava sem parar. Ana louca de excitação pegou no braço de Talles sentando-o no banco do carro e com suas mãos massageando o cacete de Talles passou a língua na cabecinha do cacete dele. Talles olha para Ana que colocar seu cacete todinho na boca.rnrnEnlouquecido ele chupar seus seios fartos e Ana geme.rnrnAi, Ai, Ai!rnrnQue gostoso!rnrnSeu safado chupão de minha xaninha.rnrnArromba sua amiga meu gostoso...rnrnTalles começou a golpear sua xaninha em uma estocada seca com seu cacete, lhe fazendo gemer como uma putinha no cio.rnrnAna sentia suas bolas batendo em sua bundinha, e seu suor caindo em suas costas. Logo seu cacete passeava pela portinha do seu rabinho, ela dizia:rnrn- Hummm! Hummm!rnrnQue pau gostoso!...rnrnMete! Mete! Mais! Mais!...rnrnQuero gozar! Quero gozar!...rnrnAi não, que cacete gostoso, você que arrombar meu cuzinho seu safado. Talles diz que sim e Ana pedi para Talles fuder seu cuzinho.rnrnFodi, fodi, seu tarado, fodi bem gostoso meu cuzinho virgem, meu marido nunca tocou nele, mas você chupou e merece foder ele bem gostoso.rnrnA chuva aumentou e Talles chama Ana para fora do carro e Ana vai. Ana fica abaixada se segurando na mala do carro e Talles passa o dedo na sua xaninha e no seu cuzinho e coloca na boca dele. Ele dominado pela tara enterrou de uma sá vez aquele cacete em seu pequeno rabinho, lhe fazendo chorar, Ana viu estrelas, sentia dor e prazer ao mesmo tempo.rnrnFicou tonta de prazer e tive um orgasmo.rnrnLouca ao sentir aquele jato de porra inundar seu rabinho.rnrn Ana ainda lembra-se do grito de excitação que Talles deu ao encher seu cuzinho de porra.rnrnQue cuzinho apertadinho!rnrnGostoso vou fode-lo todinho minha putinha. rnrnAna dizia:rnrnFodi-me todinha meu tarado e rebolando no cacete de Talles sentiu que tudo foi inesquecível.rnrnAna ao chegar à sua casa mais tarde teve de dar uma boa desculpa a seu marido. rnrnAna disse que estava com uma dor de cabeça muito forte, mas ao tomar banho ela fecha a porta e lembra-se da trepada que deu há poucos minutos e foi dormi com seu rabinho doendo, mas muito satisfeita, muito satisfeita pensando na práxima vez como será.rnrn rnrnObs: os nomes foram trocados para mantém a identidades dos personagens.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha irmam vendo meu penis enduresendo pornoTennis zelenograd contocontos de mulheres q se masturbamContos-esporrei na comida da cegaconto eróticos com velhinhacontoesposanuairma feiz sexo comigo eu gozei na boca delaconto erótico assediaram minha mulher na ruacontos eróticos salvando as aparênciascontos eroticos dona zefaconto gay acordado pelo dotadocontos eroticos fudendo a mae travestivídeos e contos eróticos de gays novinhos bonitos afeminados perdendo a virgindadepeoes de rodeio batendo punheta escondidodei minha buceta para os amigo do meu filho contos eroticovideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadacontos eroticos de estuprosno carnaval de ruaconto veridico gozada dentro xoxota recifecontos eroticos de enteada que transou aos cinco aninhos com padrastoconto eridico puta velhaconto fala todas solteiro cornopornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genrocontos eroticos submissa meu dono cortou meu grelocontosmeu marido quer fode meu cu mas to com medoconto erotico corno puta e paicontos eroticos casei com um velhocontos comedor de travestiscontos eróticos de amigos com mts mamadasfingi que estava dormindo e cimetam meu cuirmãozinhos safadinhos fazebdo safadesaa arte de apanhar contos eroticowww.contoseroticos .com.br confossoesbuceta virgem sendo chupada e descabaçada por coroas contoscontos eroticos sou casada realizei o desejo do meu sobrinhocomi minha enganado contos eroticossou travesti eu tirei a virgidade da minha amiga ela chorouconto eu e meu sobrinho metendo vai fode o rabo da titiaContos gravida de outro marido adorouconto erotico mulher rabudatesao chefe quero eleComtoerotico 8 aninhosestoria de cantos erotico minha tia sentou no meu colo e comi elaconto chicoteda na bucetameteu o dedo na minha bundinha contoconto erotico travesti passeano na pracaConto erotico meu marido so na puneta o pal dele nao enduresecontos eroticos meu primo me comeucontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiaContos incesto filha calcinhamedica seduzidapor lesbica historiaspintinho na bunda contoscontos fodendo senhora negranamoradalesbicamelequei a bucetacontos eróticos pequenacontos eroticos esposa camisola os amigo maridocontos tive um orgasmo na bicicletachorei no cacete conto homocontos eróticos eu provocava meu primo novinhonoiva orgia contossou crente casada mais sou putacontos eróticos cheirando a bunda de minha sograjoana meu sogro comeu cucontos o sindicocontos linguada homemcontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eróticos as fantasias de minha filha filha com um desconhecido na praiacontos sexo incesto amo meu filhoConto cu afrouxadocontos eroticos submisso gayConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoocontos de menininhas sentando no colo de homenspeguei no pauzao do primo que durnia sou tarada contocontos de esposas putasContos eróticos dei a bucetinhacontos eroticos de meninas novinhas adolecentes transando com homens maduros e bem dotadosContos de safadesas desde pequenaa primeira f*** com travestibuceta cabeluda bunda inchadinha Pintadinha da Moniquinhapau expulsa pau do corno da buceta contosacampando com o garotocontos eroticosContos inserto com as subriascontos erótico brincadeira papai e mamãeconto erotico viadinho brincando vestiu calcinha e shortinhocontos eróticos e fetiches paguei boquete no meu irmãocontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosaconto erotico do viadinho de calcinha na casa do tioconto erotico chefe do meu marido me bolino por de baixo da mezacontos de corno acampandocontos eroticos gay vadiaesposa na praia de nudismo passa lama contomeu marido me arombou a xoxotame amarro nos peitos delaComto pego em fraganteconto menina safadinha anosmulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandomulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteiroxvidio puta arreganha as perna p leva rola no.fundo