Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU LOURA GOSTOSA NA AFRICA 2

Click to this video!

Eu loura gostosa na Africa 2rnrnPessoal, vou seguir contando as minhas tranzas com os negros na Africa. Desculpas se eu exscrevo portugues errado, mas apezar de morar aqui no Brasil hà 3 anos ainda tenho alguns problemas.rnDepois do ter tranzado com os caras do conto n° 1 eu e minha amiga fomos dançar na discoteca do hotel e jà na entrada tinha um macho de 1,90 cm, muscoloso com uma mao enorme e bem cheia de calo. Eu olehi para ele como jà tirando a roupa dele e ele percebeu logo logo! Depois de uns 19 minutos incontro ele dentro da discoteca que me estava oliando. Fui atè ele e conversei um pouco e disse a ele o numero do meu quarto. Confeci mais 4 caras que trabalhavam na discoteca e todos jà sabiam o numero do meu quarto. Acho que os caras com os quais eu tranzei disseram a eles. Isso nao me chateou, mas facilitou as coisas.rnSai da discoteca às 2 :30 da manha e fui para o meu quarto, mas nao encontrei o cara que estava na porta. Tomei meu banho e logo depois ouvi alguem tocar na porta do meu quarto. Abri e era ele. Mandei ele entrar e ele logo foi me sgarrando. Adoro homens decididos! Passou a mao na minha bunda e nos meus peitos. Ele tinha uma mao muito cheia de calos e isso me deixa louca. Ele abriu o ecler da calça dele e eu meti a mao. Senti o cacete dele durissimo e tao gordo que nao conseguia fechar a minha mao. Tirei o pau dele para fora da calça e fiquei logo com tesao quando vi aquile cacete enorme curvo para cima com uma cabeça gigantesca. A base do pau dele era super grande. Eu estava louca para chupar aquile cacete negro. Ele segurou os meus cabelos e me fez ajoelhar na frente dele. Con dificuldade coloquei o cacete dele na minha boca mas so entraca a cabeça e nem toda. Eu labia o pau dele todo. Quercia engolir o cacete preto dele mas nao conseguia. Ele me fez levantar, me jogou na cama. Ele estava tao exictado que rasgou a minha calçinha. Eu estava toda molhadinha e nao via a hora de ser violentada por aquile animal macho gostoso. Quercia que ele me arrebentasse toda. Ele abriu as minhas pernas, cuspiu no pau dele e comecou a colocar dentro da minha xoxotinha loura. Jà estou toda exitada uma outra vez somente contando isso. Vi aquile caralhao desparecer devagar devagar na minha bucetinha rosinha. Doia, mas tava super gostoso. Eu abri as pernas para deixar quele cacete rasgar a minha bucata toda. Quercia que ele entrasse ate desaparecer todinho. E assim foi. O cara virou um animal! Mi fodeu como um cavalo faz com a sua egua. Senti ele bombardar a minha rachadura. Paremia que eu ia explodir. Ele tirava o cacete quase todo para fora e depois enfiava todinho dentro. Eu gemia de dor e prazer. Ele chupava os meus seios braquinhos. Eu via aquela cara super preta com aquela lingua vermelha passando nos meus seios, mordendo o bico do meu peito. As maos dele passavan no meu corpo, aperta os meus seios e a minha bumda. Ele me colocou em pè coma s maos apoiadas na parede e por detraz de mi mele enfiou o cacete na minha bucetinha que agora jà estava toda aberta. Ele entou todinho e com força. Que gostoso! Os africanos sao bem animais quando fodem e isso me deixa louca com muito tesao. Ele me segurava em uma maniera que eu nao podia me mover direito. Boqueou os meus braços e me puxava os cabelos para traz. Com a outra mao ele tava tapas na minha bumda e me falava na lingua dele que eu nao entendia nada. rnEle me largou e me disse quei ria enfiar na minha bunda. Eu fiquei com medo, mas sou puta demais para dizer nao! Passei um lubrificante no meu cù e ele começou a enfiar um dedo, depois dois e ate 3. Deitei na cama, abri minhas pernas e coma s maos eu abri a minha bunda para ele entrar todinho. Estava com medo, mas eu quercia ser rasgada. Ele passou mais lubrificante no pau dele e começou a enfiar. Porra! Que dor e que prazer. Aquile cacete era tao duro que entrou no meu cù todinho. Eu pedi para ele ficar parado atee u me acostumar, mas o animas gostoso nao quiz. Ele começou a foder o meu cù devagar e depois mais rapido e com força. Caralho! Estou pensando em colocar agora o cacete de borracha que eu tenho no meu cù, pois estou toda molhadinha. O cara me arrombou todinha. Me colocou de joelho na cara coma s mao no colchao como uma cadela. E fodendo o meu cù ele puxava os meus cabelos e dava tapas na minha cara. Passei a mao na minha boceta e senti que estava toda aberta. Ele começou a foder a minha bunda com mais violencia at eque me encheu o cù de porra africana. Quando ele tirou o pau de dentro de mim eu senti come se eu estivasse esvaziando. Ele segurou a minha cabeça e me fez eu chipa o pau dele. Apertei a base do caralho que ainda estava bem duro e saiu mais porra. A porra branca que escorregava naquele cacete preto me deu vontade de lamber ela. Limpei o caralho do negro todinho. rnEle se vestiu e foi erbora. Eu nao quiz tomar banho pois quercia dormir com a porra do negao no meu cù. E assim foi. Foi dormir muito cançada mesmo! Acordei com o cù doendo, mas muito contente. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulheres gemendo metendo em baixo do cobertorcontos eroticos gretei quando minha bbuceta edtava sendo arregassadaloira resebi anal depois de treinamentoContos eroticos gays. comendo o moleque na van escolarchama Laura para ir comigo lá no a f*** com gaycontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhoos policias comero minha muler porno contos eroticohomem rasga cu de garotinho contosmuhleres quecavalo tramsa com animalsou casado mas fui dominado gaycontos eroticos velho na praia de nudismofotos de coroas branvas.dr sutian e.causinha na camsxvidio transas arrecei casadoscontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismosobrinha de 9 contosContos erotico amei a fantasia de meu marido mim fode com a pica dele e um penes de borachacdzinha dedos no cu esposa contoteta gostosa contos eroticosminha professora me deu carona e pegou mo meu cacetecontos eroticos-melhores amigosConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoocontos incestosna infância cache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos mulher carinhosacontos eroticos me exibi nua pra elachupando até ela gozar dirá cx aoddormi com meu irmao contoscontos eroticos dormindoContos De maridos q empresto a esposacontos eroticos comendo o cuzinho da minha esposabem novinha virgem chorando najeba gigante contosContos erotico suruba com meninas pequenas e vigemszoofilia gay extraordinárias bizarroscontos-meu cuzinho quer teu pauconto porno peoes no cioAdorei meu primeiro anal contos eróticoscontos podolatria irmacontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraoconto cavala loca por sexocontos gay meu filho gostosoeu adoro meu macho zoofiliacontos de coroa com novinhocontos orgia com maecontos eroticos-melhores amigoscontos eroticos cavalo leitea buceta da jega contosconto erotico paraliticoenteadinha contosdormindo ao lado conto eróticocontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandocontos eroticos incesto vovômulher amarrada no curral para o pone com elaConto puta fode com o vizinhoComi minha tia historia veridicasentei na rola do padrinho contos eróticoscontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu coloconto erotico comeu a visinhaRelatos de gay quie derao ao pedreiro saradocontos erótico sou evangelicacontos siririca com doceMeu pai me comeu conto erotico gaycontos eroticos em audio de envangelicas que gostam de dar o cucontos gay meu primo pauzao vir iconto erotico comeu a visinhacontos eróticos da quarta-feira de Cinzasbeijo no umbigo contosgozando vendo a tia lavando roupacontos ela queria e eu queria comermeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machocontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidocomendo cunhada asm que minha mulher saifiquei com a buceta ardisa pela grossa rolacontos eróticos orgias biComtos casadas fodidas em cima da mesa por desconhecidos