Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MULHER MIJONA

Click to this video!

A vida da gente é mesmo uma caixa de surpresas temos que estar preparados pra tudo e pra todos nunca saberemos o que iremos encontrar pela nossa frente principalmente na parte sexual.



Deixe eu me apresentar antes de narrar o que me aconteceu há 2 meses atrás.

Me chamo Vagner, tenho 34 anos e sempre adorei uma aventura sexual gosto do imprevisível é por isso que não para de buscar sempre novas aventuras é muito gostoso acordar no outro dia lembrar e dizer não acredito que fiz isso ou que ma aconteceu aquilo isso me faz sentir mais vivo.



Estava em casa sem fazer nada até porque minha mulher estava de férias pro interior. E foi quando uma amiga colorida que tenho me ligou me convidando pra ir num barzinho com mais sua colega e já que estava sem fazer nada topei de imediato

Foi ai que ela me apresentou Mara desde a primeira vez que a vi fiquei fantasiando mil coisas Mara é loira, 37 anos, 1, 63, 48 kilos uma mulher num corpinho de menina e isso bastou fiquei com um tesão enorme.



Nos apresentamos e fomos para um barzinho Country, eu como não sei dançar fiquei sá assistindo Mara e minha amiga dançando, até que Mara de tanto insistir acabei topando dançar, foi o que eu precisava para me aproximar mais dela, meu tesão era tão grande que acabei ficando excitado ao sentir sua mão encostada em minha costa foi quando abaixei pra pedir pra para mas com a proximidade de nossas bocas o beijo foi inevitável e incontrolável, deixamos nos tomar com nossas bocas úmidas e quentes aquele beijo também revelava uma atração de Mara que mais tarde seria revelada.



Bebemos e beijamos durante um tempão, até que minha amiga nos disse que tinha um motel bem na rua de trás do barzinho, olhei para Mara e com um olhar de cachorro vira-lata disse.

- Vamos, e ela meio sem graça aceitou.

Chegando ao quarto pude percebe que Mara estava com muita vergonha

Fui tomar banho e a convidei para ir também, a vergonha dela era tanta que eu mesmo a ajudei a tirar sua calça.

Mara me disse que estava meio sem jeito porque apesar de me achar interessante, jamais pensou em ir comigo pra cama no primeiro dia e que pra ela era tudo assustador mais excitante também, foi quando já estava terminando de tirar sua calçinha e me deparei com uma bucetinha toda raspadinha, com os lábios bem grandes e rosados era uma gracinha de buceta.



Tomamos aquele banho gostoso, peguei Mara no colo e a levei até a cama, retirei sua toalha e ela mal podia me olhar tamanha era sua vergonha, pedi pra ela relaxa senão não iria conseguir aproveitar.



Cai de boca nos seus seios que eram perfeitos e fui descendo com a língua passei pela sua barriquinha, onde percebi que ela sentia um grande tesão e foi quando cheguei à sua bucetinha onde chupei por uns 20 minutos pra ver se ela gozava na minha boca, mas pelo seu nervosismo ela não iria conseguir, partimos para um 69 foi quando me deparei com um cuzinho lindo todo lisinho mandei minha língua nele percebi que Mara se torcia de tanto tesão e me pedia pra parar. Começamos num papai-mamãe e fomos para na mesa, me tesão era tão grande que acabei deixando vários hematomas de tanto apertar Mara, foi quando percebi que ela queria brincar um pouco me jogou sobre a cama e me mordia inteirinho sentada em meu cacete num movimento continuo subia e descia até que percebi que seu gozo escorria pelo meu cacete, e Mara não parava de gozar foi quando percebi que ela também alem de gozar estava fazendo xixi ao mesmo tempo.



Tentei me levantar mais a sensação era estranha que ao mesmo tempo era gostosa foi quando Mara aumentou seus movimentos e ao olhar sentir uns respingos em meu peito que chegavam até meu rosto foi ai que me dei conta que ela já tinha me dado um banho de xixi e gozo misturado e gozei alucinadamente.



Ficamos uns 5 minutos nos recuperando do nosso êxtase, pois eu não acreditava no que tinha me acontecido foi uma sensação tão indescritível que pedi a Mara que da práxima vez queria que ela fizesse xixi no meu rosto.



Tivemos que retirar todas as roupas de cama pois, todas tinham sido molhadas, foi quando pedi para comer seu cuzinho e Mara me revelou que seu cuzinho era virgem e que seria melhor deixar para a práxima vez. Mas isso eu conto no práximo relato.



[email protected]









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de sogra gravida transandocontos eroticos transformado em putameu tio me dava a mamadeiraconto erotico chantagieiconto erotico princesa aronbada na favelacontos eroticos bia e as amigasa menina contos eroticocontos eróticos de bebados e drogados gayscom oito anos tio lavou minha xaninhaDesvirginando a sobrinha de 18 anossambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maucontos enterra tudo devagarinho no meu cuzinhogenro da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticosgordinho nerd gay contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysconto a vizinha tetuda casou mas seu casamento t maumenininha conto eroticowww.comxvidio.br movinha do recife chupa rola fato realmeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposaconto estuprando a exconto sentei no colo do lekeContos eróticos de gay comi a bunda do meu tiocontos eróticos esposa sodomizada no metrômeu marido me arombou a xoxotacontos adorei a lingua no meu cuzinhoContos sou viadinho dos tios e amigos delesrapazes peladoes se exercitando na academiaconto real meu vizinho me agarrouconto estrupando o cu da menininha novinhanovinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho Fredmamei no peito até ficar vermelhoe produzir leite contosvídeo de bocado de mulher dançando de fio dentalcontos me ensinaram a bater uma siriricacontos eróticos com vizinhaconto erotico no colinhoa minha primeira vez com sexo canino contosver contis eroticos de incesto passando oleo na maeMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticosdedada esposa corninho rindo otário contoa minha mulher e o casetao cavalarContos eroticos(colei velcro com a vizinha e gostei)fui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoconto de incesto de pastor estrupadogordinha contando suas trepadas c ontocontos eroticos silvana no casamentonão anãozinho chupa meu paucontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigohttp://okinawa-ufa.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlcontos como presenciei um cachorro fudendo uma cadela até engatarcontos comi minhas gemias zinhascontos de Huum Pauzao papai ..ai mete vaiminha vozinha tava chifrando meu avo com o mendigo contoContoseroticoscomsogroMinha esposa arregaçadasvídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo analcontos eroticos a negrona Meirefui arrombada porvarios contoschantageada contoscontos eróticos consolo pau e plugconto erotico arrombei o travesti do baile funkxvidio mulher xota de cabritaduas irmas gozando juntas conto eroticoconto minha tia so anda de calcinhacontos de coroa com novinhoMinha mulher gosta de mostra a buceta pros meus amigos ai eles comem Ela contos eroticosmulher e homem dançando bem agarradinho e funk sensualcontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primaContos eróticos gay meu amigo da bumda grande sempre deu o cuconto erotico eu e minha sobrinha de menor no matinhowww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliacontos arrombando casadamarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexoconto erotico cachorro grudado na mulherWwwloira casada negro da borracharia na casa dos contoscontos erotico sou cazada beti punheta pro meu amigo pornoporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fide