Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO EM UM QUARTO DE HOTEL.

Click to this video!

Bruna e eu nos conhecemos de forma casual, nossa ligação e extremamente profissional, somente troca de e-mails, informações associadas aos nossos setores, eu no Rio de Janeiro e ela em Minas Gerais.



Com o passar do tempo Bruna começou a se aproximar e de certa forma nos tornamos amigas, dividíamos dúvidas, sonhos, coisas do dia a dia. Pelo o que me passava não era feliz no seu relacionamento com Karina, alguém que não lhe dava o valor que merecia, relacionamento de quatro anos que havia fatores que não a deixava sair do mesmo. Sentia Bruna frustrada sexualmente. Eu por minha vez tinha um relacionamento de cinco anos com Fernanda, que apesar de muitas brigas e erros nos dávamos bem, havia sexo, carinho e desejo.



Bruna se achava feia e pelo que vi nas fotos enviadas, de feia ela não tinha nada, boca carnuda, seios pequenos, mas empinados, perfeitos para devora-los, cintura delicada, bunda empinada e tinha jeito que ainda não havia sido explorada. Do jeito que eu sacana que sou, amo!



Sempre tive tesão pelas morenas, mas me peguei em uma situação completamente diferente, brincadeira do destino eu não sei, o que sei é que me peguei completamente excitada por uma mulher de pele branca e de cabelos claros.



Ela me mandava fotos cada vez mais ousadas em uma delas ela tirou nua de costas, focando somente a sua xoxota. Nossa que close, nunca vi um grelinho tão lindo como o dela, perfeito, rosado, inchadinho e via-se que estava excitada com a brincadeira, chegava a brilhar de tão molhada que estava, já imaginei minha língua brincando com ele. Apesar de toda essa provocação tentei de todas as formas não passar dessa ponto, mas, ela não permitia, me pegava tocando por ela e algumas vezes ao transar com a Fernanda, fechava os olhos e pensava nela, coisa que doía depois porque Fernanda sempre alegava que o sexo estava melhor.



Ao chegar no trabalho em uma plena segunda-feira fico sabendo que teríamos um curso aonde o meu setor era obrigado a comparecer em São Paulo e para meu delírio a empresa dela também iria. Perfeito pensei, vou levar Bruna para cama, tenho que tê-la pelo menos uma noite.



Rumo ao congresso, mal conseguia prestar atenção no que tal palestrante falava, sá pensava nela. Liguei por diversas vezes para o celular e nada, caixa postal. Já estava perdendo a esperanças quando ela me liga, nossa senti minha boca secar, minha xana chegou a latejar ao ouvir aquele sotaque gostoso. Marcamos de nos encontramos em um bar, pedimos dois chopps, ela sentada ao meu lado, acho que o bar todo sabia que estávamos doidas de desejo uma pela outra. Eu sacana que sou peguei a mão dela e por debaixo da mesa coloquei dentro da minha calça e disse no seu ouvido baixinho: " Olha como você me deixa!!" Não conseguimos ficar nem quinze minutos no bar, fomos direto para o hotel aonde ela estava hospedada, dentro do táxi já descontroladas beijava sua boca, apertava seus seios e ela o mesmo, esquecemos completamente do taxista que literalmente depois daquela corrida iria tocar uma em nossa homenagem!



No elevador, a encostei à parede e a beijava gostoso, o beijo era perfeito, levantei sua blusa e cai de boca naqueles seios, durinhos e deliciosos! Dentro do quarto mal tirei minha roupa ela caçava meus seios, fartos, ela adorava peitos se perdia neles, abaixei minhas calças e mandei que me chupasse. Aquele olhar de obediente me deixava com mais tesão por ela. Nossa e que chupada maravilhosa, tentei segurar o gozo, não queria que aquela boca parasse de explorar minha xana, mas teve uma hora que não aguentei, gozei, cheguei a ficar com as pernas bambas de tanto prazer que Bruna me proporcionou. Levantei Bruna de forma explosiva lhe joguei em um sofá que havia no quarto, passei minha mão nela, super molhada, meus dedos chegavam a escorregar, abri bem as pernas dela e comecei a chupar, minha língua passeava pelo grelo lindo, super inchado que ela tinha, minhas mãos inquietais procuravam a sua boca, ela chupava meus dedos, que percorriam seu seios e sua barriga. Minha língua passava pelo seu cúzinho, sentia ele vibrar com a linguada, eu queria ele pra mim. Coloquei ela de quatro e aquela bunda empinada, passei mais uma vez a minha língua na sua xota linda, molhei meus dedos e a penetrei, nossa e como era apertadinha, parecia uma virgem, fiquei quase um minuto sem me mexer e ela rebolava lentamente, gemido gostoso que aquela mineirinha tinha. Comecei um vai vem de leve, meus dedos encharcados de tão molhada que Bruna estava, segurava ela firme pela cintura e com a outra a comia gostoso! Ela começou a pedir mais e comecei a meter com mais força, segurava seu cabelo e falava coisas gostosas, eu via seu sorriso safado quando virava para ver a comendo. Ela gozou e quase gozei junto com ela! Deitadas na cama, ela me disse que queria mais, sentou em cima de mim passava sua xota em meus seios e depois procurou a minha boca e minha língua entrava todinha dentro dela, que cheiro, que gosto Bruna tinha! Gozou em minha boca Deitou de bruços ao meu lado, fiquei por minutos admirando aquela mulher e queria mesmo era come-la por trás, deitei-me em cima dela, e comecei a esfregar minha xana entre sua bunda, fiquei super excitada e mais uma vez gozei em um esfregadinho maravilhoso, comecei a beijar sua boca e disse que queria come-la por trás, ela disse que nunca havia feito, eu disse que seria a primeira, passei meus dedos mais uma vez em minha boca e comecei a meter devagar, era muito apertadinho, gostoso demais, Bruna gemia, sei que estava doendo mas também percebi que o prazer era imenso, ela gemia e aos poucos ela se adaptou, enquanto explorava seu cuzinho ela tocava uma siririca deliciosa. Depois de gozar não sei se foi pela siririca ou pela comida por trás, relaxamos tomando um bom vinho e conversando sobre o curso que não havíamos entendido nada, porque será?



Adormecemos e lá pelas tantas da madrugada acordo e acredite pensei que estivesse sonhando, Bruna nua de bruços dormia, não resisti acordei chupando mais uma vez sua xana, ela sorriu, passamos o resto da noite transando!



Hoje me pergunto quando será o práximo curso?



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Como me tornei a cadela do meu padrato contos eróticoamiga coloca a cabeça dela ensima da xana delaContos comi a racha da minha maecontos eroticos entre prima e primo na infanciaCasada narra conto dando o cuamigocontoseroticosmulher de vertido con as pern.a reganhdaso as japonesinha cabiceiras trasandocontos erotico gay punheta no cuzinho do netinho pequenoconto erotico flaguei meu marido masturbando nosso dogcontos eróticos pagando com a filhacalcinha pedreiros conto eróticosEmpregada Triscando no meu pau contocontos erótico arrependimentos e chorandoContos eróticos te amo tiocontos estava louco pra dar o cu acabei dandocontos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travesticonto sou homem e dei o cu para meu sobrinhoconto enfermaria cheiro sexo intensodando pro genro. contos eróticoscontos eróticos minha esposa ficou pelada na frente do sobrinhoporno minha rotincontos eroticos tapou a boca porno conto meu primeiroamorcontos eróticos eu meu melhor amigoConto minha mulher pegou eu dando o cuContos titio comendo a sobrinha bem novinhaComto lesbico fragante fazendacontos eroticos seduzi meu cunhado e tomei sua porrawww.goroa nis Sogra fudendowww.contos de gozadas na marranovinho delirando na primeira gozadaassisti vídeo porno de mulher de chortinho curto depano fino ela dentro de casageovana tira a calcinha e da a bucetacontos eróticos mulataporno fodi minha meninhaconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiaver contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionáriosMinha bucetinha não aguentaria aquela grossura todasono no cu das duas safadasconto como foi que eu chupei a bucetinha de uma loirinha de cinco aninhoschupando coroa empinadinha boa de f***tirei o cabaço delecontos eróticos punheta da primacontos eróticos gay taxista Santarém ParáMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente delecontos de coroa com novinhocontos eroticos o tio safado e pintudomeu grelo est louco de tesaocontos com sogras acima de 50anos pornôcontos eroticos estourando a bucetinha minusculacontos eróticos minha esposa e os dois n***** africanosContos excitantes sou gaúchasarrando na pica com short cavadocontos eroticos a1. vez da bichinhawww.cunhadaraspadinha.com.bresfregando na mãe de shortinhocontos comendocontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoera menina meu primo batia punheta pra mim olharcontos eróticos de bebados e drogados gaysporno gorda pula em cima do rosto da amigacontos eróticos de bebados e drogados gaysfogosas do funk de sainhaDominando ela contosaproveitaram meu cu comeram fuderamconto gaycacetudos e contos eróticospapai me ensinou chupar buceta conto eroticocontos eroticos colega da faculdadeCasadas com tio contosbumbum de mocinha injecso porno contoe foi assim que comeram minha esposaWww.garotinhasafada.compoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casacontos vizinha novinha mas ja bem.desenvolvidacasadas baxias di calsias na zoofiliasexto de roupas sujas contos eroticostirei o cabaço delecontos eróticos - encoxada no elevadorSe masturbando conto com fotoEmpregada Triscando no meu pau contocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoContos eróticos mae medrosaempinoi o cu e levou rrolaspapai - contos eroticosarrombado; contos gayContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2contos encesto na praia de nudismoburrinha zoofiliaminha mulher confia em mim eu filmei joguei na internetcontos de coroa com novinhoo tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhaContos eroticos cofrinho pique escondeMinha mae me pediu foder elemeu marido arrumou um macho pra me engravidar