Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO EM UM QUARTO DE HOTEL.

Click to Download this video!

Bruna e eu nos conhecemos de forma casual, nossa ligação e extremamente profissional, somente troca de e-mails, informações associadas aos nossos setores, eu no Rio de Janeiro e ela em Minas Gerais.



Com o passar do tempo Bruna começou a se aproximar e de certa forma nos tornamos amigas, dividíamos dúvidas, sonhos, coisas do dia a dia. Pelo o que me passava não era feliz no seu relacionamento com Karina, alguém que não lhe dava o valor que merecia, relacionamento de quatro anos que havia fatores que não a deixava sair do mesmo. Sentia Bruna frustrada sexualmente. Eu por minha vez tinha um relacionamento de cinco anos com Fernanda, que apesar de muitas brigas e erros nos dávamos bem, havia sexo, carinho e desejo.



Bruna se achava feia e pelo que vi nas fotos enviadas, de feia ela não tinha nada, boca carnuda, seios pequenos, mas empinados, perfeitos para devora-los, cintura delicada, bunda empinada e tinha jeito que ainda não havia sido explorada. Do jeito que eu sacana que sou, amo!



Sempre tive tesão pelas morenas, mas me peguei em uma situação completamente diferente, brincadeira do destino eu não sei, o que sei é que me peguei completamente excitada por uma mulher de pele branca e de cabelos claros.



Ela me mandava fotos cada vez mais ousadas em uma delas ela tirou nua de costas, focando somente a sua xoxota. Nossa que close, nunca vi um grelinho tão lindo como o dela, perfeito, rosado, inchadinho e via-se que estava excitada com a brincadeira, chegava a brilhar de tão molhada que estava, já imaginei minha língua brincando com ele. Apesar de toda essa provocação tentei de todas as formas não passar dessa ponto, mas, ela não permitia, me pegava tocando por ela e algumas vezes ao transar com a Fernanda, fechava os olhos e pensava nela, coisa que doía depois porque Fernanda sempre alegava que o sexo estava melhor.



Ao chegar no trabalho em uma plena segunda-feira fico sabendo que teríamos um curso aonde o meu setor era obrigado a comparecer em São Paulo e para meu delírio a empresa dela também iria. Perfeito pensei, vou levar Bruna para cama, tenho que tê-la pelo menos uma noite.



Rumo ao congresso, mal conseguia prestar atenção no que tal palestrante falava, sá pensava nela. Liguei por diversas vezes para o celular e nada, caixa postal. Já estava perdendo a esperanças quando ela me liga, nossa senti minha boca secar, minha xana chegou a latejar ao ouvir aquele sotaque gostoso. Marcamos de nos encontramos em um bar, pedimos dois chopps, ela sentada ao meu lado, acho que o bar todo sabia que estávamos doidas de desejo uma pela outra. Eu sacana que sou peguei a mão dela e por debaixo da mesa coloquei dentro da minha calça e disse no seu ouvido baixinho: " Olha como você me deixa!!" Não conseguimos ficar nem quinze minutos no bar, fomos direto para o hotel aonde ela estava hospedada, dentro do táxi já descontroladas beijava sua boca, apertava seus seios e ela o mesmo, esquecemos completamente do taxista que literalmente depois daquela corrida iria tocar uma em nossa homenagem!



No elevador, a encostei à parede e a beijava gostoso, o beijo era perfeito, levantei sua blusa e cai de boca naqueles seios, durinhos e deliciosos! Dentro do quarto mal tirei minha roupa ela caçava meus seios, fartos, ela adorava peitos se perdia neles, abaixei minhas calças e mandei que me chupasse. Aquele olhar de obediente me deixava com mais tesão por ela. Nossa e que chupada maravilhosa, tentei segurar o gozo, não queria que aquela boca parasse de explorar minha xana, mas teve uma hora que não aguentei, gozei, cheguei a ficar com as pernas bambas de tanto prazer que Bruna me proporcionou. Levantei Bruna de forma explosiva lhe joguei em um sofá que havia no quarto, passei minha mão nela, super molhada, meus dedos chegavam a escorregar, abri bem as pernas dela e comecei a chupar, minha língua passeava pelo grelo lindo, super inchado que ela tinha, minhas mãos inquietais procuravam a sua boca, ela chupava meus dedos, que percorriam seu seios e sua barriga. Minha língua passava pelo seu cúzinho, sentia ele vibrar com a linguada, eu queria ele pra mim. Coloquei ela de quatro e aquela bunda empinada, passei mais uma vez a minha língua na sua xota linda, molhei meus dedos e a penetrei, nossa e como era apertadinha, parecia uma virgem, fiquei quase um minuto sem me mexer e ela rebolava lentamente, gemido gostoso que aquela mineirinha tinha. Comecei um vai vem de leve, meus dedos encharcados de tão molhada que Bruna estava, segurava ela firme pela cintura e com a outra a comia gostoso! Ela começou a pedir mais e comecei a meter com mais força, segurava seu cabelo e falava coisas gostosas, eu via seu sorriso safado quando virava para ver a comendo. Ela gozou e quase gozei junto com ela! Deitadas na cama, ela me disse que queria mais, sentou em cima de mim passava sua xota em meus seios e depois procurou a minha boca e minha língua entrava todinha dentro dela, que cheiro, que gosto Bruna tinha! Gozou em minha boca Deitou de bruços ao meu lado, fiquei por minutos admirando aquela mulher e queria mesmo era come-la por trás, deitei-me em cima dela, e comecei a esfregar minha xana entre sua bunda, fiquei super excitada e mais uma vez gozei em um esfregadinho maravilhoso, comecei a beijar sua boca e disse que queria come-la por trás, ela disse que nunca havia feito, eu disse que seria a primeira, passei meus dedos mais uma vez em minha boca e comecei a meter devagar, era muito apertadinho, gostoso demais, Bruna gemia, sei que estava doendo mas também percebi que o prazer era imenso, ela gemia e aos poucos ela se adaptou, enquanto explorava seu cuzinho ela tocava uma siririca deliciosa. Depois de gozar não sei se foi pela siririca ou pela comida por trás, relaxamos tomando um bom vinho e conversando sobre o curso que não havíamos entendido nada, porque será?



Adormecemos e lá pelas tantas da madrugada acordo e acredite pensei que estivesse sonhando, Bruna nua de bruços dormia, não resisti acordei chupando mais uma vez sua xana, ela sorriu, passamos o resto da noite transando!



Hoje me pergunto quando será o práximo curso?



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Historias erotica de pai que da castigo a filhaconto erótico gay brincandocontos erotico quando fui com uma revistA DA ABUSADAContos eróticos mae do meu amigominha calcinha no banheiro contoscontos eroticos dando pros 5 irmaoscontos eroticos de comedores gozando dentro da esposaensinei minha filha a transarcontos eróticos fui Penha a força por doiscontos eroticos madrasta enteada namoradocunhadinha danadinha contosconto gay bebado fui fodidoconto erotico mae negra coroa dando cucontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissoconto erotico a patroa e fachineirocontos de cú de viuva carente e crentedei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocache:P48YiJM5RGkJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_orgias.html contos eróticos sequestradores treinadoContos eroticos homens estuprano gravidaseuconfessocunhadacontos necessitava de rolacdzinha esposa corno contocontos velha sogra da cucontos erotico virei viadinho da escolahumberto de pau duroViadinho Estuprado Na Frente Da Mãe no assalto Contos EróticosCornos by contosconto de enteadaFoderam gente contos tennsContos eroticos papai mamae e as gemeas conto erotico sem tetoconto erotico travesti passeano na pracacontos eroticos de enteadasuma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandocontos eróticos - dando carona pra duasGarotinho lisinho e comido pelo amiguinhoquero ler contos eróticos lojista gostosadedada esposa corninho rindo otário contocontos/ morena com rabo fogosocontos eróticos n***************** e g******conto viadinho dadeiroContos eróticos de bebados gayscontos eroticos sou casada a segunda orgia para meu maridocontos eroticos de fui fudido junto com minha mulhercontos personal acoxando a cavala na academiaContos eroticos mulher cuzeiraconto erotico de entidas e gravidaminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticostenho traços femininos cu conto eroticoconto erotico menininhas virgemconto erotic pegand a calsinha da sograconto erotico comendo esposa e sogracontos de bucretao grandecontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhoschavinho xxxSou casada mas bebi porro de outra cara contosvolume na calça encoxadaContos eroticos cuzinho dificiltoquei sem querer na bunda de minha sogra contos eroticosnovinha de 13com peitinhomenina centaba no colo do pai conto eroticocontos eroticos meu alunocumendo a prima vingwmMinha namorada ela mandou minha cunhada abri bem suas pernas ela disse pra eu tirar o cabaço da buceta da minha cunhada conto eroticocontos erotico eu sou filho adotivo comi minha tiamae batendo puheta no filho dorminocontos comendopai quero atencao contos eroticosboqueteira gaucha contocomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contoloira casada malho e adoro negao contosesposa no motel com amigos contocontos eróticos encoxada no ônibuscontos gay afeminadospeguei cunhada certinhatitio caralhudo noivo corninho esposa putinha contosporno com a vizinhaxvcontos eroticos sai com minisaia e com plug anal no cuconto erótico "Meu sobrinho veio passar 3 dias comigo. Ele tem problema uns probleminhas e "conto erótico lésbica humilhada puta tratadacontos eróticos de bebados e drogados gaysMinha esposa arregaçadas