Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TENTEI A SORTE COM UM MENDIGO... DEI PRA DOIS!

Tenho 28 anos, branco, 1,78, 78kgs e moro em Campinas. O que irei relatar aconteceu na semana passada, e apesar de diferente me deu o maior tesão que senti na vida.

Tinha acordado com o maior tesão, louco de vontade de chupar uma pica e não tinha nenhuma em vista. Acabei batendo uma punheta, tomei meu banho e fui tomar café, fiquei puto quando fui na cozinha e vi que tava sem leite em casa, me troquei e decidi ir na padaria. Perto da padoca estava um mendigo sentadão de pernas abertas, com o shorts rasgado dando uma visão completa da sua pica... Pirei... eu querendo pica e o cara lá deixando sua cobra de fora... e que cobra! Esqueci do leite, fui na padoca, comprei uma cerva e saí. Ofereci a latinha pro mendigo, que na mesma hora aceitou e fui tentando fazer amizade. Disse a ele que eu estava fazendo um trabalho de faculdade sobre moradores de rua, e se ele poderia me ajudar. Ele se prontificou e eu perguntei onde eu poderia encontrá-lo para começar com a entrevista. Ele me disse que poderia ser lá mesmo, mas eu retruquei dizendo que na hora eu não poderia, pois estava sem meu gravador.

Então ele me disse para ir na hora do almoço na casa onde ele morava, que era uma construção abandonada práximo de onde estavamos. Voltei pra casa me contendo, porque estava louco para bater mais uma. Na hora do almoço fui ao lugar que ele me indicou, e para meu desagrado descobri que ele morava com outro mendigo. Fiquei meio desanimado, achando que nada rolaria. Levei comida pra ele, e mais cerveja. Como tinha outro cara, acabei saindo para comprar mais comida e cerveja.

Depois que eles comeram e bebiam a vontade comecei com a "entrevista" inventei algumas perguntas, tipo há quanto tempo eles eram moradores de rua, o que os levou a tal,etc... Até que cheguei no assunto sexo. Perguntei se eles faziam sexo, com quem e o assunto fluiu. Ambos responderam que raramente trepavam, que vez ou outra aparecia uma vagabunda querendo dar pra eles, e que vez ou outra algum viadinho os chupava. Porra... quase tive um treco quando eles falaram isso... Fiquei nesse papo dos viadinhos, e percebi claramente que o primeiro mendigo com quem conversei estava pra lá de excitado, ele até brincou dizendo que esse papo tinha deixado sua vara estourando de vontade de uma boquinha nela... não tive dúvida, passei a mão e disse que eu poderia fazer isso por ele. O cara se animou e já foi tirando o que restava do shorts e pondo aquela maravilha preta pra fora. E puts, era do jeitinho que eu gostava, pele na cabeça, grossa, grande, linda... Caí de boca sem pudor nenhum. O cheiro não era do mais agradável, mas no tesão que eu tava o que era um cheiro. O amigo dele sá de olho, mexendo no pau, e eu sem dúvida o chamei para perto. Sua pica era pequena, mas bem grossa e com a pele cobrindo todo a cabeça do pau.

Era bom demais, duas rolas gostosas a minha disposição. Chupei bastante cada um deles, até que um foi atrás de mim e começou a enfiar o dedo no meu rabo. Liberei geral, do dedo a práxima coisa que entrou no meu cu foi uma pica grossa... potente. Enquanto chupava um, dava pro outro. Levei uma gozada no cu e continuei chupando, o que me comeu se levantou e foi embora, e eu ainda mamando no cacetão do meu primeiro. O cara não gozava de jeito nenhum. Me perguntou se eu dava pra ele também, não recusei... Doeu muito, mas sentei gostoso naquela rola. Depois de um tempinho ele me disse que iria gozar e me pediu pra gozar na minha boca, eu deixei... era todo daquele homem. Ele gozou muito na minha cara, eu colocava sua porra na boca, cuspia-a no seu pau e voltava a chupar. De uma hora pra outra ele saiu de perto de mim e foi pro canto mijar, sempre tive vontade de experimentar a chuva dourada, e num tive dúvida, fui pra perto dele, abri a boca perto da sua rola e direcionei os jatos de seu mijo quente pra minha boca, deixava a boca encher e cuspia, e o mendigo num parava de mijar, efeito das cervejas... Assim que ele parou de mijar, voltei a chupar seu pau, que logo ficou duro de novo, e dessa vez chupei até ele gozar de novo na minha cara.

Me recompus, e fui embora. Doido pra voltar a sentir esse prazer.

Não sei o que aconteceu com esse mendigo, pois desde então não mais o vi. Acabei encontrando com o amigo dele, mas geralmente ele tá bêbado e num fala coisa com coisa.

Adoraria conhecer caras que curtam sacanagens desse tipo, com direito a chuva dourada e porra na cara. Sou ativo e passivo, e curto muito caras rústicos, com barriga, peludo, fora do padrão de beleza convencional. Prefiro os caras acima de 45...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos viagem longa incestuosacontos eroticos garotinha levadacontoseroticos/reconhecendo o encochadorfui arrombadacontos eroticos a calcinha da vovocontos de vovo me comeu com seiss anosmamaedeixou gozar no seu cucontos casada cago no pau do negraocontos xxx briga entre primos gaycontos meu pai me fodecontos de cú de irmà da igrejabucseta gadeconto tio trai com sobrinho travesticondos erodicosEle foi fundo com ela contos eroticoscontos eróticos com dona de casa na Fazendacontos eroticos troquei minha mulher pela cunhadinha lindaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casavolume na calça encoxadaContos eróticos BebêContos picantes de rapidinha no acampamento (traição)contos eroticosminha filha me chantageoudepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãoconto erotico: meu desejocontos comendo o traficanteContor eroticos de sexo chupada dapererecaAguentei a rola enorme do papai contos eróticosContos eroticos gays meu pai me viu de calcinhaconto erótico greludinha amiga chupa chupa flagrameu coninho deixou nosso filho mim fode gostoso contocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eroticos ajudando meu tiu acudentado e vi o pau delezoofilia casada conto xacracontos eroticos embebedou e comeu a casadinha carentecasa do conto erotico velhascontos eróticos homem de 60conto amigo de meu noivo me comem a forçacontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cuFoderam gente contos tennscontos cornos forumFoderam gente contos tennscontos com teens sentando na ro do pri com doze anosconto de sexo agrentou duas pica no cumulher depravadaESCRAVO DO MACONHEIRO contoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos porno estuprarão meu marido na minha frentecontos eróticos brincando de casinhacontos eroticos de pregadores de seiosconto erótico "comeu meu marido "na casa de swing recife contocontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãoconto erotico joga quem peder tira a roupas tinha uma supezademorou mais eu fodi minha irmacontos de cú de irmà da igrejaconto erotico com morador de ruacontos paguei mais comi a putaconto erotico no beco escuroCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESconto erotico n puque esconde comi o cu da menina.que se escondeu comigoHome poi mulhe prachora na picarelatos de meu tio rui come a minha esposacontos eroticos: menina por desconhecidocontos bati uma punheta ao meu caometi minha esposa no porre contosContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de gatinhas no trabalhocontos de corno meu tio engravidou minha esposacontos eróticos dona putonaconto erotico iniciado pelo coroafoi chantageada pelo meu colega de trabalhocontos erotico menininha na pescariacontos lesbicos princesa chupa princesacontos eróticos genrocontos chupando rola em terreno baldio