Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI PRO MEU AMIGO E PRO TRAVESTI DELE...

Click to Download this video!

Um amigo meu havia me chamado pra ir na sua casa, pra assistirmos uns filmes, jogarmos vídeo-game, essas coisas. Até aí, nada demais.

Ele mora sozinho, em uma dessas kitchnetes do centro da cidade. Ele tem, mais ou menos, 1,80 de altura, 26 anos e vou chamá-lo de "P".

Quando cheguei lá, ficamos trocando idéia, jogamos vídeo-game e saímos pra comer. Assim que entramos no elevador, um travesti entrou no elevador. Ele era realmente bonito! Tinha um corpo bem definido, rosto fino, quase enganava, se não fosse pelo gogá. Meu amigo me cutucou discretamente e, assim que descemos do elevador, vieram os comentários:

"Vc viu?"

"Vi. Quase engana, né?!"

"Pera aí! Já volto!" e ele foi lá conversar com o Travesti. Poucos minutos depois, ele voltou.

"Tá no esquema!"

"Vc tá louco, cara! Não vou sair com um travesti!" apesar do tesão que eu sentia pra transar com um. Mas sabe como é... tinha que manter as aparências.

"Tá bom... vc fica assistindo!" e acabamos voltando pro apê.

Chegando lá, os dois começaram a tirar a roupa. "P" tinha uma rola enorme. Eu nunca o vira pelado antes e aquilo me deixou com um tesão enorme. O travesti segurou naquela rolona e começou a mamar! Meu camarada me chamou e mandou que eu comesse o travesti! Mas fiquei meio assim e disse que não... ia sá ver... mas meu tesão estava aumentando. Então, o travesti tirou a roupa e ficou de pau duro! Nossa! Que rola enorme! Nunca imaginei que um travesti pudesse ter um mastro daqueles. A essa altura, já não conseguia mais disfarçar... até meu camarada se ligou:

"Vem cá! Vem participar da festinha!", disse o Travesti, mexendo na rola e apontando pra mim.

Fui até eles e meu camarada encheu a mão na minha bunda:

"Sabia que eu sempre fui louco pra comer o seu cuzinho?!" e começou a enfiar os dedos no meu cú. O travesti foi logo tratando de enfiar a rola na minha boca. Que delícia! Ele puxava minha cabeça com força, betendo com a rola no fundo da minha garganta, me fazendo engasgar.

"P" já estava com a rola na entradinha do meu cú e começou a forçar. O pau dele era enorme e grosso. Estava doendo, mas eu não conseguia falar com aquele mastro na boca. Então "P" começou a ficar nervoso. Pegou um vidro de oleo de cozinha e espremeu no meu cú. Fiquei com o cuzinho cheio de áleo.

"Agora sim! Quero ver se não vai entrar! Segura ele aí!" e ele começou de novo. O travesti segurou minha cabeça com força. deixando a rola bem enfincada na minha garganta. "P" forçou e entrou com tudo! Senti meu cú rasgando e lágrimas escorreram do meu rosto! Meu cuzinho ardia muito, enquanto ele metia cada vez mais rápido e com força.

"Já, já melhora!" dizia o travesti, enquanto me fazia chupar aquela rolona!

Aos poucos, a dor foi passando e arrisquei umas reboladinhas na rola do "P". Ele ficou com mais tesão, puxou minha cabeça pra trás e gozou na minha cara.

"Agora é a minha vez!" disse o travesti.

"Não... espera... deixa eu descansar um pouco!"

"Ah, queridinho... tempo é dinheiro e eu estou morrendo de tesão! Se você não aguenta, vai ter que pagar por eu ter vindo!". Eu estava sem grana e "P" disse que não iria pagar nada! Ele estava querendo era me ver gemer na vara do travesti! Tive de concordar! "P" se posicionou na minha frente, colocando a rola (que já estava dura de novo) na minha boca e fez igual ao travesti, colocando aquela rolona na minha boca, enquanto o travesti socava a vara no meu rabo. A pica dele era ainda maior e mais grossa que a do "P". Mas meu cuzinho já não doía tanto e eu estava adorando sentir aquela rolona no meu cú.

Quando o travesti foi gozar, ele me puxou, enfiou a rola na minha garganta e gozou! Ele gozou muito e me fez engolir toda sua porra.

Depois disso, "P" ainda queria mais. Ele não havia gozado de novo e ainda estava com tesão.

"Vamos tentar algo diferente agora!"

Ele pediu que o travesti deitasse na cama, em seguida, me fez sentar na rola do travesti, virado de frente pra ele.

"Pera... tá doendo!"

"Doendo?! Agora que vai ficar bom! Relaxa!"

Eu sentei na rola do travesti, deixando que ela entrasse quase toda no meu cuzinho, em seguida, "P" veio por trás e começou a enfiar no meu cú.

"Ai... vcs vão me arregaçar! Pera... tá doendo! Ai!", mas "P" não quis nem saber! Continuou a enfiar o pau no meu cú, enquanto o travesti dava umas estocadinhas pra ajeitar melhor meu cuzinho pro "P".

Ficamos alí por mais alguns minutos até que os dois gozaram, enchendo meu cuzinho de porra!

"P" tirou o pau do meu cú primeiro. Em seguida, me levantei. Minhas pernas estavam bambas, e senti uma enorme quantidade de porra escorrendo pela minha perna.

Depois que nos recompomos, "P" me contou que já transava com o travesti a algum tempo, e que, como estava louco pra me comer, ele precisava de uma desculpa. Daí, ele armou tudo com o travesti.

Fiquei puto com ele, mas fiquei de boa, pois, pra mim, foi uma experiência maravilhosa. Repetimos a dose mais algumas vezes e chegamos a fazer um Gang-a-Bang, mas depois eu conto.

Depois disso, sempre que posso, gosto de dar pra caras bem dotados e, sempre que posso, adoro participar de bacanais onde eu possa ser o prato principal.

Se quiserem, me escrevam:

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay afeminadosver contos de lesbicasassistir o video completo socando o anchinho no cu e na buceta da mulherBoquetinho da cunhada recatada contoseroticoscontos eroticoscasada na massagemcontos eróticos gay meu primo cumeu meu cu no sofacontoseroticosdemeninascontos eroticos comi minha madrinha na cama do meu padrinhorelatos cuzinho na marrajogadora de pau pau de borracha na bucetinha da noraporno meu primo e um jegue minha mulher adorouvirei puta assumida eu confessocontos perdir a virgendade com policialfui putinho do padre gaycontos eroticos esposa me deucontos erotico cumendo o cusinho danielacontos gay meu paiComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paicontos eroticos so eu e meu gato na chacaracontos eroticos verdadeiro primo bem dotado da minha mulher pasa ferias em casaminha sogra foi estuprada e gostou contoscomtos estrupada por pivetesMe comeram ao lado do meu namoradocoroas de sainha curtinha mostrando obusetaoperdi a virgindade com peão contoscontos eroticos engravideixvideo porno cavalu comedo aeguaconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocacontos eróticos orgias bivideo porno de sogra chama o genro para sua casa par dar par eleConto erotico desejos de minha esposaContos eroticos... Cunhada usando um vestidinho curtowww.tirei o cabaço da irmã caçula na casa da vovó.coma pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contocontos eroticos dando a xota para o meu primo e o amigo dele na casa delecontos eróticos João o velho comedorcomo dopar uma mulher e fazer sexo contocontos gay negrinhosento desde cedo gay contocontos comiminha primaas amiguinhas da minha filha pequena contos eroticosseduzido contoscontos marido atolou a geba grossa no cu d esposa na pescariameu filho me fodeu com raivatracei minha irmã contosporno fode minha buceta vai étoda sua vaiahhhhcomi minha filha no carro contolevei cunhada a passear videoscontos eroticos porno gay mijo amarelocontos eróticos bebadacontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenaconto estava de biquíni cavadinha e ecitada na praiagozando so no cu da leilianefiz dupla penetração com colegas pois meu marido não quiz conto gay meu irmão sacudiu o pau dele pra mim contos de casadas que gostam de fazer broches e engolir esporraDei pro Angolano Contos Eroticoscontos sado marido violentosconto: conheci um caralhoContos erotico uma cadela para toda matilhacontos veridicos de mulher casadachantagiei a colega de trabalho e comi ela contosConto de putaria com todos os machos da favelacontos eróticos de pai e filhacontos eroticos,eu e minha maniia de mini saiacontos erotico com minha sobrinha mais novaContos eróticos meu pai limpavá minha buceta no hospitalConto herotico em futibolbjodelesbicasandalia superalta conto eróticoo pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contomeu lobo gostosoConto de casada estrupada pelos pedreiros e gostandocontos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolasfiz sexo pra passar de semestre contoscontos meu maridogosta q conto minhas fantasias n seu ouvidibhocontos eroticos estruprada pelo irmao beudacomto erotico massagista erotica colocando dedo no cú da menina virgemminha enteada inocente conto eroticoContos eroticos comadredeixei meu irmão exitado conto.incesto