Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA FILHA, MEU TORMENTO

Click to Download this video!

Bem, gostaria de não entrar em muitos detalhes pessoais, apenas dizer que sou negro e desde 2004 tenho vivido o maior tormento de minha vida. Sou casado, sou negro, tenho 46 anos, minha esposa tem 40 anos e somos felizes. Neste relato que envio a voces é sobre nossa filha Ana que no ano citado acima completava 19 anos. Ela não que ria um presente específico e sim uma Festa para seus amigos. Mesmo contrariados eu e minha esposa aceitamos. Ana no auge de seus 19 anos tem 1,67 altura, pesava 45 kg, coxas grossas, seios pequenos e o melhor uma bundinha de dar inveja a qualquer menina de sua idade.

Ah... ela pediu que comprassemos sá para ela uma champanhe e botassemos na geladeira que ela iria tomar sozinha. Bem, chegou o grande dia, tudo pronto, liberei algumas cervejas, e aí a festa começou em nossa garagem. Eu e minha esposa ficamos confinados ao nosso quarto mas, sempre de olho em qualquer excesso. Beijinhos aqui, maozinhas ali, risinhos ao lado da garagem, as meninas comentando no banheiro. Os meninos se exibindo para Ana que aquela noite estava uma gata. Bem eu e minha esposa em nosso quarto estavamos bebendo e assistindo filmes. Lá pelas 02:00 hrs Ana aparece em nosso quarto e diz: "olha a festa tá acabando e preciso que papai leve alguns amigos em casa, pois estao bebados. Assim o fiz, peguei o carro e fui levar duas amigas e dois amiguinhos. que moravam num bairro distante. Apás entregar todos em suas casas voltei já preocupado em arrumar a bagunça que estava, mas qual minha surpresa: Ana e minha esposa estavam em estado de alccolismo total, ou melhor coma alcoolico. Pensei e agora? O que faço? Ana em nossa cama e minha esposa tbem. Chamei minha esposa insistentemente mais não obtive. Chamei Ana, mas qual nem se mexeu. Olhei ao lado da cama e lá estava a champanhe que ela havia me pedido. Aí foi que observei a roupa que ana usava naquela maldita noite, um top branco, mini saia rosa e sandalias altas. Ana esta va com suas pernas semi abertas e pude ver sua calcinha, desculpem mas fiquei excitado. Ajeitei minha esposa na cama e peguei Ana no colo e levei para seu quarto. Ela nem se mexeu. Chegando lá botei-a na cama, mas como todos nás aqui em casa temos por hábito não dormirmos com roupas de uso diario. Lembrei e agora nunca fiz isso.

Mesmo contrariando minha educação, comecei a despir minha filha, nossa que seios lindos, o top deu um pouco de trabalho para tirar. A sandalia saiu com facilidade, mas quando fui tirar mini saia, que loucura, eu não sabia que ela se depilava todinha. Excitado, mas me controlando, virei de lado para soltar sua saia melhor e vi sua calcinha melhor ainda. Que visao estonteante. Sua xaninha e maravilhosa. Sem nenhum pelinho e sua bunda é um manjar dos Deuses. Não resisti e acariciei de leve. Tentei sacudir Ana para ver se ela não acordaria, voltei ao meu quarto e ví que minha esposa dormia profundamente. Então voltei para Ana cheio de ideias. Me abaixei ao lado de sua cama e comecei a beijar sua xaninha, que sabor, meti a lingua com calma e fui explorando aquela maravilha, ma spreocupado para que eu não fosse surpprendido. Ana mexeu-se na cama e como ela dorme de bruços, imaginem qual a parte que ficou pra cima? Sim, sua bunda linda, maravilhosa, carnuda, aquelas coxas quentes. Como eu já havia baixado sua calcinha até o meio das coxas pude acariciar sua bundinha com muita calma. Cai de lingua na bunda commuita tesão e meu pau latejava dentro de minha bermuda. Fiquei dando um banho de lingua em Ana por uns 20 min. Ana balbuciou umas duas vezes algumas palavras desconexas. Meti um dedo em sua xaninha mas não me aprofundei pra não ser surpreendido. Apos tudo isto fui ao banheiro peguei um toalha e a limpei.



Bem pela manhã ela não comentou nada, apenas ela e minha esposa reclamaram com dor de cabeça e não tive mais nenhuma chance de realizar meu desejo que possuir Ana por inteiro. Agora ela arrumou um namorado e estou vendo meus desejos irem por terra, pois não tenho coragem de me aproximar dela, nem sei que tipo de artimanhas utilizar. Um amigo disse que dá sonífero pra mulher dele qdo ele quer sair pra putaria. Já pedi o nome do sonifero mas ele sempre desconversa. Amigos isto não é um conto e sim um pai desesperado que talvez esteja pecando mas, eu estou apaixonado perdidamente por minha Filha Anal.Se algum de vcs que ler meu relato e tiverem sugestão escrevam. Vou agradecer a todods vcs.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


f****** a filha da empregada pornô liberadoo pau do meu irmao era muito grande nao cabia na minha boca, contos eroticoscomtos eroticos minha esposa nao queria ir na casa de swingEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porraConto erotico sogra peituda 70 anosconto eróticos O EMPREGO QUE MUDOU MINHA VIDA parte 5comi minha filha pensando que era a minha mulhercontos eroticos minha esposinha e o inquilino velhoMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhoscontos eróticos menininhaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuvoyeur de esposa conto eroticodando o cuzinho pro pintinho contosMeu primeiro menage a trois conto veridicocontos dando no banheiroCoroas casadas trepando com novinhos contoscontos erotoco menininha na trilhacontos eroticos sou casada o velho da chacara sozinhoContos entiadas apanhando para submeter ao sexocontos eroticos eu e mamãe fodidas na fazenda Minha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contosver cantos erotico mulher casada dando pro caminhoneirocontos eróticos com manobristaminha novinha tarada contocontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comigeovana tira a calcinha e da a bucetacontos esposas putas castigadas no cuminha mulher tá ficando conclusão tem alguém comendo contos eróticoscontos fiz o cuzinho da mamãeHOMEN RABANDO OUTRO HOMEN NA AREIA DA PRAIA VIDEO GAYentei no quarto da minha primaurso velho peludo gay contosminha mulier sentou no pinto grosoconto eroticome comeram contos teentirei o cabaco do garotinho mimado de onze anosContos de estupro sem camisinhacontos eróticos de gay e titio e amigoeu deita pedi para meu irmão fazer massagem em mim contoler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tiopai minha vi de calcinha e contoscontos o moleque safado e dotado me provocava usando sungacomtos bdsm de empregadacontos eroticos filha obedientecontos eroticos seduzi uma mulher e roubei elaconto zoofilia fazenda a forca sexocontos eroticos de encoxadaspor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguavideo de se eu pega ella arranco os cabeo dellaminha cunhada e japoneza diz que meuirmao tem pinto pequeno aminha e grande e grossa pornoContos eroticos danadinha rocacontos eroticos nupcias blogspotfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticofilme aconzinha pornconto erótico assediaram minha mulher na ruazoofilia gay extraordinárias bizarrosmeu genro me fez gosar contosjoanachupando. picaconto macho fica pelado contos eróticos massagemporn contos eroticos rodizio na casada em barPorn contos eroticos o mulato amigo doo filhoNovinha Bebi porra do meu amigo contoFoderam gente contos tennscontos eroticos marido mandando mulher saragarota da buceta grande cetado nado negãoFlagra plugTia dando o cu para sobrinho garotinho contos eróticosMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,moranade bct Grande batendo um pra amiga ela sentava no meu meu colo e adorava contos eroticos