Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRIANGULO FAMILIAR - FINAL

Click to Download this video!

Eu Bruna(17) quero contar o final dessa experiência maravilhosa com minha mãe Helena(45) e irmão Gabriel(25), depois de termos ido dançar e num motel numa incrível noite de sexo em família.

Sabado de manhã, ainda garoava na cidade, fui a primeira a acordar, me desvencilhei dos braços de mamãe que dormiu agarradinha a mim (e Gabriel agarradinho á ela) e fui ao banheiro, tomei banho e quando voltei me deparei com uma cena muito linda. Gabriel deitado de barriga para cima e minha mãe de bruços, com a cabeça em seu ombro e formando um tipo de 4 com as pernas, com a perna direita esticada e a esquerda dobrada sobre as pernas do Gabriel, com sua vulva ainda inchada e peluda á mostra.

Não resisti e passei a acariciar aquela buceta ensopada e quente. Mamãe dormia pesado mas quendo dei por mim, Gabriel estama de olhos abertos observando minha travessura. Trocamos um sorriso e ele apontou para seu cacete adormecido, dizendo para eu coloca-lo na boca.

Obedeci, fui para o lado dele na cama. me ajoelhei e enquanto passeava com os dedos na xana de mamãe comecei a chupá-lo. Mamãe se mexeu e Gabriel aproveitou para mudá-la de posição, tirando-a de cima dela e colocando ao seu lado com a barriga para cima. Incrivel como ela não acordou mas o fato é que ela havia bebido um pouquinho a mais na boate e depois da noitada de transa, estava mesmo cansada, mas seu corpo ainda estava delicioso.

De repente Gabriel pede para que eu pare, se levanta e vai ao banheiro, pedindo que eu continue "brincando" com a mamãe mas tomando cuidado para não acordá-la.

E assim fiz, começei um banho de gato completo naquela morena de pele muito branca, muito peluda e com mamilos pretos, duros, deliciosos que eu comecei a chupar com mais força enquanto afundava meus dedos na buceta. Quando fui até sua boca e arrisquei um beijo ela correspondeu com sua lingua, estava acordada e passando a mão em minha buceta. Nos abraçamos e trocamos um beijo cheio de lingua e desejo, ela me agarrou com força e foi introduzindo o dedo em meu cu enquanto chupava meus peitos, quando eu ouuvi o Gabriel saindo do banheiro e disse a mamãe:-Xiiiii, ele vai ficar bravo que eu te acordei. No que ela de imediato reajiu:-Então faz e conta que eu ainda estou dormindo. E se colocou na posição oiriginal fingindo estar dormindo, sá prá ver o que Gabriel tinha em mente. Eu estava de 4, lambendo os lábios da xana de mamãe, Gabriel chegou por traz, me penetrou e começou a bombar num ritimo bem lento, fazendo minha xana se umidecer aos poucos e seu pau endurecer o suficiente. Comecei a tremer, mamãe se mecheu levemente virando de lado. Gabriel me puxou para o lado dela e começou a meter com mais força mandando eu lamber o cu dela, empurrei mamãe (que esboçava um pequeno sorriso no canto da boca) delicadamente para que ela ficasse de bruços, ela colaborou e já abriu um pouco mais as pernas deixando seu buraco traseiro á disposição. Abri bem sua bunda e comecei á cuspir e lamber em seu buraco preto e gozei, não consegui evitar um gritinho de prazer, mas mamãe se manteve firme no fingimento. Gabriel saiu de dentro de mim, trouxe seu pau á minha boca para que eu acabasse de molha-lo, e cuidadosamente foi montando em mamãe, enfiando seu cacete grosso naquele cuzão experiente. Mamãe se mecheu novamente, se colocando mais por baixo de Gabriel e sem abrir os olhos se erguendo, se apoiando em seus braços e falando baixinho:-Me agarra os peitos gatão, me fode com vontade. Gabriel percebendo a brincadeia não se fez de rogado, se lançou sobre seu corpo agarrando seus peios super duros, chupando seu pescoço e metendo em seu cu com uma vontade incrivel, urrando como um cavalo e sua fêmea.

-Bruna, ordenou mamãe-lambe as bolas e o cu do Gabriel, enfia um dedo no rabo dele, vai dar mais tesão.

E assim fui para a bunda do Gabriel e começei a lamber seu cu peludo chupar as bolas do se saco que balanava muito na trepara em mamãe, dei meu dedo indicador para ela chupar, ela o deixou ensopado de saliva e aos pouquinhos fui introduzindo no cu de meu irmão, que reajiu exatamente como mamãe esperava, seu pau ficou mais duro e ele passou a foder com mais força. -Tira, tira que eu vou gozar porra! Gabriel mandando livar seu buraco. Levantouu mamãe deixando-a de 4, agarrou nos seus cabelos e encheu seu cu de porra. Quando acabou, mamãe me chamou prá junto dela e juntas acabamos de chupar os restos do gozo do Gabriel.

Tomamos banho, café, nos vestimos, nos abraçamos como uma família e fomos para casa. Conversamos muito sobre o acontecido, que ficou como nosso segredo, e até hoje nunca mais se repetiu...até hoje! FIM.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


lésbicas se ralando incerta com bucetaconto erotico com meu sogro peladoXvidio irmã sozinha paigozando pelo cu contos eróticosFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carascontos eroticos de casadas traindo com sogrotravesti pau duro contosconto viadinhoAcordei com o pau dentro da minha bucetacontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiacontos eróticos de upskirt em escoteiraO que e aclauzaconto de mulher transando com meninos novinhoscontos sexo com minha jeguinhacontos eroticos com velhohomem roludo e bom demais conto eroticovideos de mulheres mamandoleitee no peito da outraEsposa com amigos na chacara contosContos eroticos transcontos eroticos micro bikini da esposa durante passeio de lancha com amigosconto porno gay cinemaarromba esse cu contosconto erorico eu era cadela do meu macho ele me fudia segurando minha colerameu namorado rasgou minha bucetinha e eu tava mestruada, conto eróticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafudendonosicontos eroticos sou viciada na pica do meu filhocomendo tieta contos eróticos conto cutuquei pai na bundia delaNovinha Bebi porra do meu amigo contoconto erotico coroa 60contos eróticos vi meu marido mamandocomendo cu da geizielicontos eroticos subistituindo o marido da minha filhaContos eroticos ai mo seu pau ta me matando mete ai ai deliciosa aiiContos eroticos meninas x gorilascontos eroticos com cachorosContos filha fica de calcinha perto do paifui toma banho na casa da tia eu confesono motel eu tirei o cabaço da buceta da minha cunhada ninfeta loirinha conto eróticoswing porno mulheres vao sem calcinhacontos minha mulher vendo meu tioesposa perdeu a aposta contosConto erotico banho maecontos eroticos casada infelizshortinho apertado curto abraçadinhoCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contosamarrada sexo contos eroticoconto erótico sexo com violênciacontoseroticomenininhacontos eróticos de bebados e drogados gaysesposas depiladas na picina contoscomi uma contoconto de sexo com estrupo em família rasgei o cu de meu avô sem docontos eróticos caseiros com o filho rapaz do patrãominha cunhadinha e virgens peguei a forcaContos pornos-esporrei na comida da cegacontoseroticospapaiCasadoscontos-flagrei.Contos titio comendo a sobrinha bem novinhaConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigocontos eroticos o velho me comeu aforçaEnfiando na bundinha ate eta sentirrelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhascontos sado marido violentosContos eroticos minha mulher nao resistiu caiu de boca no pau de meu primosvirei puta assumida eu confessocontos novinha rabuda deu p paixvideo tia estava minjando no mato e estrupada aforçaconto erotico mostrei minha calcinha por dinheiromeu pai me castigou me comendi econtolevei rola pica piroca contoConto casada com cornoFoderam gente contos tennscontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elacontos de crossdresser me seduziu e me fez putacasa erótica gato na luzpagamento da terceira parcelaconto eróticos comeu o cu a força e amarras fscontos eróticos verídico de ginecologista e grávidaconto erotico na cama com a cunhadameu pai me estruprou odiei contos gaycontos casa de praia com dois garotosDei pro amigo maconheiro do meu filho contoscontoa eroticos estuprocheiro de mulher conto eroticopeguei minha sobrinha do interior matutinhaconto coroa gordinhacontos eroticos de gays desconhecidoscontos eroticos ninfeta detalhadocontos eroticos dos leitores comeu meu cu boceta a forcaConto erotico chorei com o cacete do cavaloconto erotico chantageada pelo deficientecontos eróticos do primo negrinho dotado chupando a buceta da primacontos genroqueria comer meu anelzinhoConto erotico chorei com o cacete do cavaloconto herotico engravidem uma branquinhaconto erptico na mesacontos eroticos sogro filho e noracontos eróticos porra escorrendo coloco papel higiênico na calcinha