Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPEI A CABEÇONA COM O CUZINHO

Click to Download this video!





Depois de várias tentativas e investidas de um campanheiro de viagem, ao chegarmos no hotel, não aguentei esperar chegar a noite e começar uma foda sensacional.



Com a boca não, quero que você chupe meu pau com o cuzinho. Comecei a entender quando sentou-se sobre as pernas, virando a cabeça para trás e apoiando-se no chão com as duas mãos, com o pau empinado parecendo uma estaca. Molhe bem a cabeçona. Ajoelhei-me e comecei a saborear a chapuleta grossa e saltada. Coloquei na boca, pressionava os lábios e a língua, entrava e saia. Aquilo enxia minha boca. Senti uma corrente elétrica pelo corpo inteiro. Queria chupar mais tempo, mas ele puxou minha cabeça e ordenou: faça a mesma coisa com o cuzinho, mas sá na cabeça, hien.



Virei a bunda, me ajeitei bem, fazendo uma verdadeira ginástica, empinei, abri as nádegas comecei a chupar aquele instrumento com o cuzinho. Demorou um pouco, consegui fazer a cabeçona, taufe, entrou. Fiquei tempo parado para sentir, meu cuzinho se amoldou à cabeçona. Começou a piscar, a morder o que ele mais gosta. Senti um arrepio em toda a coluna dorsal e estremessi, gritei aiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Tire bem devagarinho. Fiz um lento movimento para a cabeça sair, doeu um pouco, mas uma dor de tesão, prazer e submissão. Engula novamente, assim, assim, essa tua "boquinha" tá muito gostosa. Assim, vai, vai, chupe a cabeça com a boca desse cuzinho, chupe. Aprendi logo o movimento e cada vez ganhava maior habilidade. Robolava, abria bem e engulia com prazer. Quando a chupuleta estava dentro, apertava, contraia o cuzinho. Aiiiiiiiiiiiiii, que delíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiicia, mexia, entrava e sai, gooooooooooozei pelo pau, enlambuzando o chão. Continue chupando. Continuei mexendo, mexendo, entrando e saindo, chupando com o cuzinho.



Agora eu quero comer, enxer teu cu de porra. Você vai ser minha menina. Fiquei de 4 pronto, já que o meu cuzinho estava devidamente lubrificado e com tesão, não havia gozado ainda. Adoro gozar pelo cu e de pau mole, é o momento mágico de dar, ser possuido como uma mulher. Ele posicionou a cabeça e entrou com certa facilidade. Me pegou pelos ombros, puxou bem forte e enterrou tudo de um vez sá. Eu vi estrela e gritei aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. A grossura da cabeça foi rasgando, arrancando minhas pregas, uma enorme pressão interna, senti invadido na profundeza do anus. Fiquei automaticamente com a bunda empinada, sem controle. Espere, espere, espereeeeeeeee eu me acostumar um pouco com tudo isso. Ele abriu minhas nádegas com as mãos e empurrou mais, soltei outro gritinho uuuuuiiiiiiiiiiuiiiiiiiiiiiiuuuiiiiiiiiiiii, agora de tesão. Com a pica bem lá dentro de mim, ficou parado, mas pressionando, amasando minhas nádegas. Senti que estava tremendo, meu corpo não conseguia parar.



Passado longo dois ou três minutos, sei lá, consegui contrair apertar o pau. Contraia, empinava e escancarava mais a bunda. Meu pau encolheu, recolheu-se inteiro. A sensibilidade estava no cu, desde a entrada até as entranhas. Sentia pulsar tudo lá dentro. Cada piscada, o pau pulsava. Rebolei ligeiramente, pressionando a bunda sobre o seu pau. Foi o sinal para ele começar um movimento, primeiro lentamente, depois forte e rápido. Alternava rápio e devagar, eu sentia um calorão ao longo do ânus. Tirou bem devagarinho e empurrou forte, meu cuzinho era sá contração, da entrada até o final, pressionei mais contra o aquele pau delcioso e grosso e gazeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, hummmmmmmmmmmmm, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, que loucuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuura. Assimmmmmmmmmmm, assimmm, que gostoso esse pau, como é bom gozar pelo cu!



Ele ainda não havia gozado. Agora mexa, rebole no meu pau, quero enxer o teu cu de porra. Empinei mais, abri e comecei a rebolar, rebolar, mexer, empurrar o cuzinho contra o pauzão. Fazia um movimento lento, empinava e enterra tudo no meu cu, sentindo a pressão da picano. Rebolava, mexia, gritava. Goze no meu cu, goze, enxa meu cu de porra. Quero engulir tudo pelo cu, enfia. Urrava, contraia. Eu queria gozar pelo cu novamente. Meta, meta cavalão, meta na sua potranca, meta, quero comer essa vara inteira pelo cu. Aiiiiiiiiiiiiiii, aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, enfia asssssimmmmmmmm, gozeeeeeeeeeeeeeeee, enxa meu cu de porra, enxa. Senti o volume crescer mais nas entranhas, agora, assim gozeeeeeeeeeeeeeeeeeee, gozeeeeeee em mim, contraindo o cuzinho, mordendo a pica. Ele gozou e eu também. Foi a minha melhor foda. Ele falou a mesma coisa.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tentando comer a sobrinha contoscontos eróticos minha esposa me confessou tudoconto erotico inserto po acasocontos eroticod de gordinhas q gosta de dar o cuhttp://okinawa-ufa.ru/conto_24058_eu-e-minha-madrinha.htmlcomendo as duas filhar contoscontos gay bundinha com marquinha de biquinicunhado crente casado,contos eróticoContos primeira chupadaContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãopapai comeo meu cusinho virgintravesti.coza.com os.dedos no seu cufilho dotado fudendi o pai desejosecretos.comSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos gordinho primeira vezmeu cao meu machoZoofilia com mais drenabarrigudos barbudos velhos contosContos: namorada safadacontos dançando no meu paucontos comiminha primacontos eroticos meu marido e o vibradoros nomes dos geladinho do ice lokocontos eróticos mulheres da b***** grandeEjaculando no utero da morena safada contos eroticoschupar mulher elaeleconto erotico patrao pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos eroticos fui no puteiro de de cara com minha tiaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoscontos eroticos dividindo a namorada com um estranhoPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetacontos eroticos de empresarias no hotelcontos eroticos incesto cunhadaContos eroticos/dp com a ninfetinharelatos de ninfetas q foram arrombadas no carnaval[email protected]contos de cú por dinheirocontos erotico quando fui com uma revistA DA ABUSADA o mineirinho que me cativou 2Contos eróticos gay homem enfiou cu pivetinhoViadinho Sou Uma Putinha Contos EroticosContos eroticos amigo do meu marido me pegoupornô o homem que nuca viu uma boceta quando viu endoidouconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigaconto esposa exibe clubcontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãominha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contoCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticoas.gostosas.cimasturbando.duas.vesescontos meu tio caminhonriro socou a rola no meu cuzinhoconto erótico de padre transando com Madrecontos xupo pau desde novinhoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eróticos punheta da primaboqueteira gaucha contomorena bronzeada na locadora pornôdedada esposa corninho rindo otário contowww.contos eroticos madrinha virgem da cu cagandosequestradaxvidioconto erótico somos meio nudistaspapai me ensinou chupar buceta conto eroticoporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoas busetao.mas abertos e mas gostozas do mundo porno ater das eguascontos de cú por medovídeos pornô muller que esta usando vestido de veludo analcontos eroticos com a velha vizinha cabeludaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos porno fiquei apavorada guando o cara me encoxou com meu marido ao ladocontos eróticos isso bate, bate mais aiii aiContos o carcereiro comeu minha bucetavidio.da meninas do corpiho gostozucontoseroticos as 2 filhas daminha visinha vierao brincar com minha filhinha wuen brincou foi eucontos minha mulher foi fodida na praça por estranhoscontos abobrinha na bucetacontos eroticos comi a velha beataContos eróticos que rola grande no meu cu zinho apertadinho