Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MACHO GORILÃO

Click to Download this video!

Essa é uma histária grande, mas se vc ler até o fim, vai ficar com muuuuuito tesão!!!!!



Sou uma Cdzinha passiva lisinha, uma boneca, sem pêlos, uma bundona grande com marquinhas de biquini, rabinho depilado, cabelinho curto oxigenado que já foi comprido e uma fome por negão macho e pintudo. Se vocês já leram minhas outras histárias procurando em Lisa2 ou Lisa já sabem, né? então, hoje vou contar minha aventura com o homem mais pintudo, gostoso e macho de todos, um animal que sá de pensar eu passo mal, que vou chamar aqui de Salva, porque era de Salvador,e trabalhava na distribuidora de bebidas onde era meu colega.



Desde que comecei a trabalhar lá, não pude parar de notar aquele carregador, um negão 4 X 4, com uns 40 anos, alto, forte, musculoso mas também um pouco gordinho e com um cara de safado. Ele era bem tosco e grosso com as pessoas, daqueles que mexe com as colegas chamando de gostosa e dizendo coisas pr elas como "se você cair na minha rede vou quebrar a cama, você vai se apaixonar". Ele era muito forte e aquilo realmente me dava tesão, velo levando caixas de engradado com facilidade. Eu estava sem ninguém pra me comer naquela época e ele virou a fantasia do momento. Comprei um dildo preto e ficava me excitando em casa sozinha, imaginando se um dia teria chance de ter um homem daquele dentro de mim. Tinha uma época que meu tesão por ele era tão grande que se passasse perto, já ficava molhada e o cuzinho ardia e eu passava mal, sá melhorando se me masturbasse.



Um dia minha chance chegou. No trabalho fico bem disfarçada, parecendo apenas uma bichinha bem comportada. Os carregadores convidaram o pessoal da administração pra uma crvejada, também fui convidado, porque alguns deles queriam comer as meninas e eu era amigo delas. Fui junto.



A cervejada foi numa sexta-feira depois do expediente. Nos fundos da distribuidora, havia uma construção de uma parte nova da empresa, eles fizeram a cervejada e linguça lá. É ábvio que tudo o que queria era que o Salva estivesse lá. E estava! quando cheguei, ele já tinha bebido bastante, e logo começou a mexer com todas as garotas. Quando a noite chegou, estávamos todos numa sala em construção bebendo e escutando música e vi os rapazes aos poucos ficando com minhas amigas. O Salva estava quase pegando à força uma amiga minha que tinha tesão por ele, mas como era casada, deixou ele tirar uma casquinha e foi embora. O Salva estava muito bêbado, mas ficou atiçado.



Já era bem tarde e as pessoas começaram a ir embora. Daí sobrou sá eu e ele. Perguntei pro Salva se ele queria uma carona pra casa e ele aceitou, mas disse antes que a gente tinha que terminar um barril de chope. Eu já estava passada de tesão, mas tinha algo preparado pra que desse certo quele negão me comer! Disse que estava com calor, apesar do frio que fazia, eu disse que era por causa da churrasqueira, então fui no banheiro e troquei a calça por uma bermuda enterrada de jeans que revelava meu fio dental e as marquinhas. Ele estava sentado num banquinho. Ofereci-me pra pegar chope pra ele e aceitou. Me agachei pra encher o copo no barril do chão e fingi que não estava conseguindo tirar o chope, por isso fiquei de quatro, fingindo fuçar algo e arrebitei a bunda.



- Salva, não to conseguindo, vem aqui me ajudar.



- Eu não, prefiro ficar aqui olhando...



- Olhando o que?



- Essa tua bundinha!



Fiquei sem ação. Comecei a rebolar devagarinho.



- Aiii, vem me ajudar! - disse, sem jeito.



Ele veio e quando estava se agachando em minha direção, não resisti e segurei no volume ennnoooorme de sua calça.



- Aiii Salva!!!!! e não resisto.



Com o susto, ele me deu um tapa que dái até hoje, mas depois me fez levantar pelos cabelos e começou a esfregar seu puzão na minha bunda. Era inacreditável o volume que eu estava sentindo. Então me levou até uma sala escura da construção, abaixou as calças e......



Nossa! que pau lindo e grande! sério, devia fácil ter uns 26 cm, muito grosso, com um sacão peludo, uma cabeçona enorme, sua barriga peluda, as coxas....aiiiii. Fui lambendo tudo bem devagar, a glande, a base, tentando colocar tudo na boca em vão, ele era muito grande! eu não resisti e com as gemidas dele, gozei com a boca em seu pau.



Daí ele queria mais, mas a gente nem tinha camisinha, mas ele foi passando a mão áspera na minha bunda, enfiando o dedo e meu cú, e tentou enfiar e qualquer jeito, em pé mesmo, no escuro, mas não dava, nem ia entrar fáciol aquilo. Então o convenci de ir comigo em casa.



Quando chegamos, fui entrando na sala e ele já veio por trás como um animal, e fomos para o quarto. Ele tirou toda a roupa e eu coloquei rapidinho um calcinha fio dental que tenho que esconde meu pintinho mas não esconde nada de minha bunda. Ele se ajoelhou com o pau levantado na cama, que visão maravilhosa, parecia um gorila selvagem, um macho!!! um machão!!!! foi me pegando e me fazendo ficar de 4 e chupar seu pau. Sá foi aí que notei como ele era grande, pois na construção ele não tinha ficado totalmente duro, mas agora estava como uma pedra e não cabia direito na boca, sá a cabeça e olha lá, e ele foi passando a mão em meu cú e enfiando o dedo e meu cú ardia de tesão, mas estava com medo também. Eu já tinha me lambuado bastante e ele tentou colocar a camisinha, mas sua grossura não deixou o pau entrar nela! que visão, aquele macho musculoso mais velho que eu negão, peludo e muuuito pintudo, lambuzando o pau com KY e dando tapinhas na minha bunda com sua mão áspera. Então arrebitei o máximo que pude e ele foi tentando enfiar a cabeça. Com muito custo entrou um parte dela e eu gemia de prazer e dor, meu cú piscando enlouquecidamente, e ele segurando minha bunda e forçando a entrada.



Depois de algu tempo entrou a cabeça inteira e um pouco mais, ele estava quase me rasgando de tanta grossura, era um pau descomunal, doía muita,dor, muuuita...



De repente começou a ficar muito bom e ele foi enfiando devagar até que pirei de tesão e ele foi titando e enfiando a cabeça, daí enfiava até metade e ficou fazendo isso até me agarrar com os braços e me fazer entir seu corpo inteiro em cima do meu como um garanhão, e entao foi fodendo cada vez com mais força, e ele gozou dentro de mim, mas não parou de foder.



Então deitou de barriga pra cima, me segurou como no colo,com o braço enlaçando minhas pernas, e foi enfiando quela jeba!



- AAAAAAiii tesãõ!



- Que bunda gostosa! que cuzinho gostoso!



- Me commmmmeeeeee!



Daí e colocou de ladinho e foi enfiando e batendo seu saco na minha bunda e babando no meu corpo, me segurando com força, uma pegada de macho mesmo, selvagem, me dando safanões na cebaça, na bunda. Então me fez deitar, levantou minhas pernas e as colocou em seus ombros e começou a dar as enfiadas mais gostosas da noite, e eu senti todo seu peso em mim, me amassando e me levando às alturas. Eu rebolava e gritava tanto, chorava tanto, gemia tanto que foi um milagre os vizinhos não reclamarem!



Não aguentei e gozei.



le tirou o pau e gozou mis uma vez no meu rosto, e daí ainda me fez sentar nele! mas isso doeu, era muito grande aquele macho, não sá o pau! e eu estava muito esfolada.



Quando terminou, colocoua roupa e foi embora, me deixando desfalecida na cama. Sua selvageria parecia de um gorila, ele fodia forte e gostoso, e demorei pra me recuperar do rombo que ele me deixou no ânus. Mas foi uma delícia, o macho mais completo e ativo que experimentei.



Depois disso, Salva me ignorou por meses, mas um dia me chamou no canto, me levou até o depásito fechado e me fez chupar seu pau até ele gozar, enquanto ficava bbando na minha bunda gostosa, nas marquinhas de biuini que ele tanto elogiava, enfiando um dedo no meu cu. Uma vez tentamos ttansar escondidos no meio do expediente, mas seu pau era tão grande que não dava pra dar uma rapidinha assim.



Um dia ele sumiu, foi mandado embora e nem apareceu pra se despedir.



Nnca mais esquecerei o macho mais completo: o Salva!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos comendocontos erotico comeram minha bunda na festacontos arrombando casadagožano na buceta da irmancontos eroticos com mulheres de 60 anoscontoseroticos ai papai fode esse cu todocontos como se come uma putaPuta desde novinha contosminha tia mim viu de pau duro e mim deu sua buseta gostosa e boamontede mulher e homen fagendosexoconto gay ensinando amigo fudercontos de mulheres que levam na cona e no cuminha primeira transa lesbica com minha irmazinhacontos eróticos comi a mulher do meu amigo e ele me comeucorno cu veado negao conto erotico esposa dedos no cu consoloconto praia de nudismo com a esposa continuaconto erótico gay com estuprowww.xconto.com/encestoprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiaconto erotico com crentevidio porno um loko da cabeça cumeu a força uma gostosa na cademiacontos eróticos de gay comi a bunda do irmão do meu colegamulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaocontos eroticos filha pequenaconto erotico gravida molequeconto erotico minha mulher no assaltocontos:casados virando cdCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contosmeu irmao me comeu gravida conto fotopornotrasandocomatiaO amigo dele me comeu contosCasadoscontos-flagrei.Meu irmão mandou eu deitar com elefui assistir filme acabei chupandocontos erotico pirocaocasa dos contos eroticos tia e primafui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos fui ver o predio o porteiro me comeucheirinho.gostoso da bucetinha contosnegrinha virgem sendo violentada pelos tios contosTrai meu marido e o cara comeu meu cu aforsa vou contar como foicontos eroticos comendo o cachorro da ruacontos eroticos de mae comprando calcinha fio dental atolada no cu pra filhabuceta toda escancarada putariaConto erotico forçada a ser lebisca ou chupa ou leva porrandacontoeroticodonacasacontos eroticos festa a fantasiaconto o jumento comeu minha esposacontos erotico eu minha e o meu amigo baianoo peneu do furou teve da boceta pra o borracheirorabo gigante de velha de 55anos transar com netoConto gay comendo a porquinha zoofiliadividi minha mulher com outro comto eroticoCasada viajando contosNovinha Bebi porra do meu amigo contoconto aquela mulher mexeu na minha buceta cu teencontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeVovo rabuda e seus contos eroticoscontos ditanto meu noivo bater punheta dei o rabo pra outroconto erotico gay cuzinho cagando piscando matoconto erotico: estrupeiconto adoro cu de casadao despertar de.minha mulher por pretos contoscasa do conto erotico velhascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casapenis torture alargando a uretracontos eroticos troquei marido pela vizinhacontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestia minha mulher e o casetao cavalarcontos eróticos cu saindo pra foracontos erótico meu pai meu cafetao contoscontos eroticos exibida tomou sem do no rabocontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosurso velho peludo gay contoscontos eroticos dono de mercearia comendo a casadaconto erotico fazia tudoque meu tio mandavaporno club contos eroticos de meninos gaysContei para meu marido que dei para o negaoconto engravideu minh sobrinhameninas nova levando pica dormindo e gemendo altocomtos arrobadacontos eroticos incesto lesbicas zoofilia eu, minha mae e o cavalomeninas com bucetinhas piticas pornoConto porno descobri q minha mulher tinha um caso com o chefecontos eroticos fodir ater perde a vondefiz surpresa pra minha esposa com o meu amigo fudelidadecontos eroticos minha esposa mi deu de presente a sua sobrinhaconto erotico incesto sonifero filhaContos eróticos cumendo minha mãecontos eroticos sou coroa viuva e dei minha buceta pra um muleque roludocontos ela me feminizoupezinhos da amiga da minha mae contos eroticocontos punhetei meu irmao gemeo quando ele dormiacontos eroticos de incesto: sou cadelinha do meu filho 2Contos minha mulher adoraconto eroticoo virgindade