Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA FODA, NADA MAIS QUE ISSO!

Click to Download this video!

Me chamo Henrique e sou um cara cabeça aberta. Apesar de ser discreto com relacionamentos, sempre gostei de uma boa putaria na cama. E isso cresceu muito quando eu a conheci uma mulher que virou minha cabeça, uma verdadeira devassa na cama, sempre pronta a experimentar tudo que o corpo tem a oferecer. Vou chamá-la de Sharon.



Era um homem casado e meu relacionamento não ia muito bem. Trabalho em uma loja especializada em vídeos pornográficos e minha clientela era 100% masculina. Até que me surgiu ela, linda, cheirosa e cabelos molhados... muito sensual. Sharon tem olhos verdes, cabelos cacheados, talvez 1,65 de altura, com um rosto angelical e um par de seios que seria capaz de rezar por eles. Ela chegou me interpelando sobre filmes estrangeiros, pois achava que as atrizes brasileiras fingiam orgasmos e contou-me sobre sua preferência por atores negros. Fiquei excitado com aquilo, mas procurei não demonstrar nada, afinal Sharon era casada e nunca tivemos um relacionamento práximo como vizinhos, pois ela residia práximo a mim.



A vendi um vídeo muito requisitado aqui, com atores negros e mulheres loucas. Passando alguns dias, me surpreendi com a presença dela novamente. Disse que gostou do filme e que gostaria de ver outros, se possível que eu a ajuda a escolher.

Essa visitas passaram a ser constantes, pois o marido dela sempre saia com os amigos e a deixava em casa. E aos poucos trocávamos confidências, totalmente sem pudor e falávamos muita putaria, aumentando mais ainda meu desejo em possuí-la.



Em uma manhã, o telefone toca e ao ouvir a voz dela, já fiquei de pau duro. Sá com a voz...

Ela me disse que havia sonhado comigo, a comendo de todas as maneiras, a penetrando gostoso, tudo que o marido dela não fazia a meses com ela. Disse que não aguentava mais ficar refém da masturbação e precisava de um pau metendo nela senão ficaria louca. Vi ali minha chance de comer aquela bucetinha que devia estar encharcada de tesão. E fiquei mais doido ainda quando ela disse que viria mais tarde a minha loja.



Ao longo do dia, fiquei imaginando como faria para comê-la aqui dentro, sem ninguém ver, sem o perigo de sermos pegos. Até que ela chegou e meu pau começou a mostrar sinal de vida. Fiquei receoso no início, talvez aquilo fosse apenas um desabafo, mas ela cheirava como uma cadela no cio, com um sorrisinho bem safado nos lábios. Pedi licença para guardar alguns produtos e quando voltei, a encontrei debruçada sobre a janela com uma saia jeans que deixava bem empinada aquele rabinho guloso. Verifiquei se não havia ninguém vindo e fechei a porta da loja. Sabendo de minhas intenções, a safada empinou mais ainda a bundinha e gemeu bem gostoso quando me ajoelhei atrás dela e enfiei minha língua naquele reguinho gostoso.

A putinha rebolava de uma maneira que minha língua enterrava mais ainda naquele rabinho. Nossa que delícia de mulher!!!

Cheguei sua calcinha para o lado e vi sua xaninha escorrendo de tanto tesão, implorando pra ser penetrada. Passei minha língua por toda aquela buceta até enfiar no cuzinho. Enfiava minha língua como se fosse um pênis, entrando e saindo. Ela gritou como uma gata selvagem quando enfiei um dedinho no cuzinho dela e comecei a morder seu grelinho. Depois disso ela se virou e meteu o dedo na minha cara dizendo que sá estava ali pra uma foda e nada mais. A agressividade dela me deixou mais louco ainda e ela disse para eu sentar que ela sá tinha 20 minutos até o marido chegar. Apanhei uma cadeira de praia que tinha na loja e sentei. Ela começou a rebolar e levantar aquela saia bem devagar. Disse que Não poderia tocá-la, nem beijá-la. Que sá queria meu pau dentro dela a fodendo bem gostoso. Igual a uma putinha...

Ela chegou a calcinha para o lado, enfiou o dedinho na buceta e deu pra eu chupar. Nossa, lambi igual a um cão. Depois disso ele fez a melhor cavalgada que uma mulher já tinha feito. Gozou como uma cadela e gemia bem baixinho, com medo de que alguém ouvisse. Dizia que precisava muito daquilo, de um pau em que pudesse sentar, gozar... Gozei muito, enchi a bucetinha dela de porra e depois disso, ela se levantou como se nada houvesse ocorrido, me agradeceu e foi embora. Foi uma foda e nada mais. E que foda!!!!!!!!



Esse é o primeiro conto de outros que relataremos aqui, eu e a Sharon.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos.eroticos.crentizinha.abusada.no.cuzinhoque corpo gostoso por traz daquela pureza evanjeljca mais eu comi contoscontos eroticos de puta sendo estrupada no estacionamentoyoutubeconto ertico meniniha ia brincar ni visinho exxvidios defisietimeu filho me comeuFetiche pelos pezinhos da minha amadatirei o cabaço delemeu vizinho casado me comeu mestruad contoaContos curtos excitantes de coroa estrupada e gostandoFotos sexoespiando mamae brazil gratiswww.fotos piças de camioneiroconto erotico com meu sogro peladoconto erótico de corno chupador de arrombadaContos de incesto menina pequena com medo da chuvachantageei e comi a secretaria"anelzinho aberto" gay contodevorou contos eróticoscasada dando pra cinco contosporno cm sogra coroa loira ejeroescrabas q fodemsubmetido a chantagem para ajuda o marido contos eroticocontos pornos irmas naturistascontos eroticos mulher testemunha de jeovácontos eroticos de enteadascontos erótico amiga da escolafui estrupada pelo filho conto erótico contos eróticos comendo grama grávidacontos erótico pelo idade que bunda pequena sentou no meu colo incesto analcontos eróticos no trabalho    Bucetas aregaladas e raspadibhacontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbpassou a pamadinha e epurrou no cu da esposacontos erotico transai com uma negona vizinhabuceta com muito tesao goza na primeira estocadacontos amiga faculdade nudismocontos eróticos eu meu melhor amigocasa dos contos eroticos adoro levar ferrocontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cuContos eróticos coroa casada na praiacontos eróticos do tio malvadomulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandochantagiei a negra contoconto cutuquei pau na bundia delacheiro calcinha mar massagem conyocontos eroticosmeu namorado me encoxando camisinhanora bunda gostosa provacando sogro conto eroticocontos eroticos patroa praia nudismoconto erotico negra a cabou com a buceta na siririca regasou a bucetaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeugostei quando minha mulher contou que deu a buctinha para pedreiro roludoconto erotico viadinho de calcinha dando paramorador de ruacontos eróticos de i****** mãe na b***** da filha novinha assim permite-se a rolacontos amarrada plug analporno pesado arrombando relatosconto erótico "comeu meu marido "fudendo as eguinhas e.novilhas na fazenda contos eróticosContos eroticos garotinhaContos eroticos urologista bom de bocaconto erotico com pai velho coroa grisalhomorando sozinho com irman gostosa contoCamila minha enteada Tirei o c***** dela bem gostosocomi a adilhada novinha loira olho azul contoSou casada fodida contohonme infinando a rola na bumda da moletirei o cabaco do garotinho mimado de onze anoscontos dando pra um sessentãome cumera porque tava sem calcinha negros cotosconto herotico sequestrada amartada e humilhada pela minha amigaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contossou separada dei a buceta e o cuSexo com a tatuada contocontos eróticos de casadas evangelicas vagabundas dando tudo por tesãocontos em ilhabela com minha mulheresposa torcendo de biquini em casa conto eroticocontlo erotco para pagar uma divida pedi minha mulher para se vestir como puta